Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua
FelipeFT - DOADOR

Veterano - nível 9

#1001610 Achei válida e interessante sua teoria, mas como você mesmo observou: não exagerando e a recompensando e a punindo quando merecer, seria como a famosa técnica do espelho. Mostrar o que sente sem ser meloso ou parecer carente pode ser considerado uma DVS, mostra que você não tem medo de se envolver e é sincero e bem resolvido com seus sentimentos.

Vou botar em prática essa teoria e analisar os resultados.

Abraços e evolução

ANÚNCIOS

JUNIOR2019

Aprendiz

#1001615 tratala com todo o carinho, respeito e afeto que você acredita que ela MERECE. ELA TEM QUE MERECER O TRATAMENTO.

não adianta ser romanticuzinho carinhoso, não acredito que ela ira se apaixonar por isso, acho que ela vai te achar um idiota APEGADINHO,e vai sentar na rola de um destacado que a trata mal.
Avatar pua
fwardkoff - MEMBRO EXCLUSIVO
#1001633 Realmente não há problema algum em demonstrar o que sente pela sua namorada desde que não o faça de forma excessiva porque aí acaba ficando grudento demais e mulher nenhuma gosta de cara grudento. Você não precisa apenas fazer elogios mas também pode tomar atitudes que a deixem mais fascinada ainda por ti.

Existe aquele velho ditado:

"As pessoas só dão valor quando perdem"

E podemos trazer este ditado para o contexto do artigo, se você ficar 100% do tempo em cima da HB ela vai se encher o saco de ti e vai criar um efeito contrário do que queremos porém se você ocasionalmente se afastar ou dar uma "sumida" ela irá sentir sua falta e é aí que ela vai dar mais valor ainda pra ti, vai ver o quanto a tua companhia é boa e faz falta (e é aí que ela realmente se apaixona).

Pra nós não nos apaixonarmos temos que ter muita cautela, realmente lendo parece que é algo simples mas na prática sabemos que não é porque quando estamos num relacionamento geralmente é porque gostamos da pessoa e portanto a relação meche com sentimentos, eu não vejo um problema em se apaixonar mas vejo um problema em deixar essa paixão falar mais alto do que a razão, temos que ter em mente que por mais que gostemos de uma garota há certas atitudes que reprovamos.

O lance pra não se apaixonar é simplesmte ser racional, isso requer experiência e pra ter experiência apenas vivendo e quebrando a cara. No meu primeiro namoro eu era um cara extremamente apaixonado, realmente fui bem idiota mas agora sou um cara que domina meus sentimentos e sei que gosto muito dela mas me ponho em primeiro lugar sempre, sei separar as coisas e consigo controlar muito bem essa paixão, conseguido deixar de lado a hora que precisar.
AlamonB

Veterano - nível 9

#1001648 E aí Willian, beleza?

Em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelo artigo e dizer que suas teorias são muito enriquecedoras.

Devo dizer também que concordo em partes com você.

Bem, na minha opinião, eu vejo que a paixão depende das duas pessoas em questão e depende muito mais da CARÊNCIA que a pessoa apaixonada sente... Depende mais disso que da habilidade da outra em conquistar.

Segundo li tempos atrás, uma pessoa só se apaixona pela outra depois que está completamente "curada" da paixão anterior. É um mecânismo da natureza e sendo assim, pouco se pode fazer pra evitar. Ainda assim, eu acredito que o fenômeno é muito mais COMPLEXO.

Concordo quando você diz que se deve despertar boas sensações na mulher.
Paixão é encantamento. É uma emoção muito poderosa, mas você deve saber dosá-la.
Você tem que ser INTENSO demais quando está com uma mulher. MUITA INTENSIDADE EM POUCO TEMPO. Isso, você deve se afastar, deixar o gostinho de quero mais. Quando você é INTENSO e ao mesmo tempo vago e misterioso, com certa dose de ausência, a mulher passará o tempo dela sozinha pensando em você.
É como um vício. Paixão é um VÍCIO. Mas lembrando que ainda depende da carência da outra pessoa.


Obrigado pelo artigo man. Abraço.

Criador do tópico

@Willianmonteiro

Veterano - nível 1

#1001663
AlamonB escreveu:E aí Willian, beleza?

Em primeiro lugar quero parabenizá-lo pelo artigo e dizer que suas teorias são muito enriquecedoras.

Devo dizer também que concordo em partes com você.

Bem, na minha opinião, eu vejo que a paixão depende das duas pessoas em questão e depende muito mais da CARÊNCIA que a pessoa apaixonada sente... Depende mais disso que da habilidade da outra em conquistar.

Segundo li tempos atrás, uma pessoa só se apaixona pela outra depois que está completamente "curada" da paixão anterior. É um mecânismo da natureza e sendo assim, pouco se pode fazer pra evitar. Ainda assim, eu acredito que o fenômeno é muito mais COMPLEXO.

Concordo quando você diz que se deve despertar boas sensações na mulher.
Paixão é encantamento. É uma emoção muito poderosa, mas você deve saber dosá-la.
Você tem que ser INTENSO demais quando está com uma mulher. MUITA INTENSIDADE EM POUCO TEMPO. Isso, você deve se afastar, deixar o gostinho de quero mais. Quando você é INTENSO e ao mesmo tempo vago e misterioso, com certa dose de ausência, a mulher passará o tempo dela sozinha pensando em você.
É como um vício. Paixão é um VÍCIO. Mas lembrando que ainda depende da carência da outra pessoa.


Obrigado pelo artigo man. Abraço.


"Segundo li tempos atrás, uma pessoa só se apaixona pela outra depois que está completamente "curada" da paixão anterior. É um mecânismo da natureza e sendo assim, pouco se pode fazer pra evitar".

Bela observação. Não tinha parado para pensar nisso... Estou ficando com uma mulher que foi casada e ainda mantem contato com o EX por que tem o filho dele. Dai eu fiquei pensando... Sera que ela mantem contato com ele por causa do filho ou por que ainda gosta dele? O fato é que ninguém se cura de um relacionamento da noite para o dia neh? Boa observação!
AlamonB

Veterano - nível 9

#1001666
@Willianmonteiro escreveu:
"Segundo li tempos atrás, uma pessoa só se apaixona pela outra depois que está completamente "curada" da paixão anterior. É um mecânismo da natureza e sendo assim, pouco se pode fazer pra evitar".

Bela observação. Não tinha parado para pensar nisso... Estou ficando com uma mulher que foi casada e ainda mantem contato com o EX por que tem o filho dele. Dai eu fiquei pensando... Sera que ela mantem contato com ele por causa do filho ou por que ainda gosta dele? O fato é que ninguém se cura de um relacionamento da noite para o dia neh? Boa observação!


Passei por uma situação parecida com a sua. Namorei uma mulher que já havia sido casada e tem uma filha com o ex. Cara, depende de muita coisa, em alguns a paixão cura mais cedo em outras mais tarde. No meu caso, estou bem seguro de que ela não sente nada por ele porque eles já estavam separados havia mais de dois anos quando começamos a sair e ele sempre corria atrás dela, se ela gostasse, ela teria cedido bem antes.

Mas enfim, o que vem ao caso é que o artigo foi bem interessante, e os feeds sempre servem pra acrescentar à nossa experiência e conhecimento.
Avatar pua
DanielRO

Veterano - nível 9

#1001670 Gostei dessa teoria! Realmente é isso que faz a diferença, se quer fazer alguma coisa vá e faça. É igual abordar, se você ficar pensando em vez de abordar essa menina vai e fica na sua mente, voce sem querer se apaixona..
pois nao fez o que queria, abordar..

ENTÃO se quer fazer alguma coisa vai e faz, a oportunidade é única e a vida é curta..
vitor+

Veterano - nível 4

#1001674 Cara sacada foda !!
Eu mesmo tenho bastante isso de reprimir quando estou pessoalmente e quando chego em casa ficar imaginando, imagino que tenha perdido meu ultimo relacionamento por isso(não estou reclamando pois isso me proporcionou engajar mais no mundo pua e evoluir bastante) mas esse tipo de conhecimento seria otimo há um tempo atrás e seu topico me abriu os olhos pra um grande erro meu vou guardar isso comigo pros proximos relacionamentos.
Abraço !