O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!
Avatar pua

Criador do tópico

Fractal

Entusiasta

#360951 O bloco econômico da Europa teve início em 1950, promovido após o término da Segunda Guerra, pois o setor produtivo se encontrava destruído, ocorreu então o Plano Marshall que consistia no apoio dos Estados Unidos para a reconstrução dos países europeus, porém a principal intenção norte-americana era a de expandir a sua área de influência na região e coibir o avanço da União Soviética.

Além desse fato foi proposto por parte de franceses e alemães uma integração entre alguns países europeus para que não houvesse futuros conflitos, herdados do rancor entre os países em confrontos anteriores.

Imagem

A formação ocorreu de forma lenta e gradativa para atingir o nível que se encontra atualmente. Por ser o bloco mais antigo, com mais de 50 anos, e que influenciou no surgimento de outros blocos econômicos como NAFTA, MERCOSUL e APEC, a União Européia se apresenta em um estágio avançado.

Na União Européia existem instituições supranacionais que são responsáveis por tomar decisões que ultrapassam os limites territoriais, essas são incumbidas de decidir acerca de assuntos de ordem econômica, social, ambiental e militar.

A União Européia busca hegemonia mundial, isso fica caracterizado a partir da posição de destaque do PIB diante do cenário internacional, provando que o bloco atingiu sucesso na integração. Um fator muito importante propiciado pela eficácia da União Européia, devido à prosperidade inibe o surgimento de conflitos. A inserção de países da ex-União Soviética reforça o fato de que o bloco tem muito a crescer, e o mais importante é que o bloco poderá acabar com a distinção entre Europa Ocidental e Oriental.

União Européia versus Estados Unidos: o crescimento do bloco europeu coloca em risco a hegemonia americana, pois a UE promoveu uma expansão comercial com todo o mundo, além do mais a moeda que circula no bloco superou o dólar, esses foram motivos para que os EUA perdessem parte de sua hegemonia.

Atento aos acontecimentos os EUA buscaram uma integração de mercado, na qual foi criada o NAFTA (Acordo de Livre Comércio das Américas do Norte) além de colocar muito empenho na elaboração e implantação da ALCA, esse acordo iria servir para subordinar os países Latinos, além de impedir uma possível integração entre o MERCOSUL e a União Européia, tudo isso para que os EUA garanta sua hegemonia nas Américas e no cenário mundial.

O bloco Econômico da União Européia, apesar da prosperidade, enfrenta vários problemas, dentre eles a desigualdade econômica entre os países membros, desigualdade de infra-estrutura, além de outros problemas como os terroristas separatistas e partidos xenófobos que colocam em risco a democracia.

São preocupantes alguns desafios de ordem social como o crescimento da taxa de desemprego, que hoje na União Européia já atinge cerca de 8,3% do total do PEA (População Economicamente Ativa), são 27 milhões de pessoas sem emprego.

Os fatores que elevaram as taxas de desemprego foram dentre outras, transferência de empresas para países subdesenvolvidos em busca de mão-de-obra mais barata e incentivos fiscais e de outras naturezas e também o grande número de imigrantes que se tornaram concorrentes em busca de uma vaga de trabalho.

Essas questões preocupam as autoridades, pois o elevado número de desempregados reflete em um aumento de recursos destinados na aplicação de medidas sociais (aposentadorias, seguro desemprego etc.).

Alguns países como a Dinamarca e Reino Unido não aderiram ao Euro (moeda que circula na União Européia), pois não querem abrir mão de suas moedas, além disso, esses países não acreditam que a moeda não se sustente assim por muito tempo, outro motivo que desagrada às pessoas é em relação às exigências do tratado que determina corte em gastos sociais, diminuição de funcionários públicos, ampliação do tempo de serviço, aumento da idade mínima para se aposentar e a perda de vários direitos trabalhistas conquistados.

Por Eduardo de Freitas

http://mundoeducacao.uol.com.br/geograf ... ropeia.htm

ANÚNCIOS