Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua

Criador do tópico

PinkFloyd

Veterano - nível 9

#773406
Jacob Palmer escreveu:Realmente, acho que muitos não entenderam o Mystery Method. Para abrir um grupo não é só com opener. Para quem já assistiu o dvd dele, ele fala que abriu mostrando o dedo do meio.

O MM tenta te mostrar que é preciso passar pelas noves fases do jogo antes de acontecer um relacionamento. Independente do método que você utilize, você terá que passar por essas fases.

Você deveria reler o método e tentar compreender o conceito que o livro quer te passar.


Você nem se quer leu o post inteiro, fala sério cara.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Lucasmpx

PUA EXPERT

#790584 Cara, realmente eu gostei do seu tópico. Apesar do título expressar uma radicalidade, o desenvolvimento da sua idéia é bastante interessante, verdadeira e sincera.

Bom, eu ainda tenho costume de usar openers de opinião. Imagine uma lanchonete de universidade com duas ou três HBs conversando normalmente. Particularmente, eu nao chegaria em um grupo assim do nada com um opener internou ou situacional, muito menos o direto. A ultima vez (ante ontem) eu cheguei perguntando se com um amor se cura outro amor. Rendeu uma conversa muito interessante, e com um "face close" (nem me preocupei em closar, mas sim em abordar, apenas"

Ou então na universidade, duas HBs caminhando, eu passo delas, viro a cabeça colocando-a por cima dos ombros e lanço o opener sobre namorar um cara que ainda tem amizade com a ex. Eu estava tremendo igual a celular vibrando, exatamente por isso não closei, mas rendeu uma conversa bacana. Repetindo, isso com duas HBs em movimento. Nao consigo imaginar como teria tido uma conversa com ela com um opener situacional ou interno, era necessário para-las e conversar de fato.

Em resumo, concordo que no Daygame os openers de opinião podem ser interessante. Já num ponto de onibus, por exemplo, basta perguntar se tal onibus ja passou ou pergntar por horarios. Nunca tive problema em fazer a transição da conversa. Além disso, me sotaque levemente diferente ajuda muito.

Bom, já no night game, detesto openers de opiniao. O ultimo que usei foi:

EU: "nossa, moça, que mochila grande. Aposto que você tem uma arma aí para usar contra caras que começam a falar com você aleatoriamente"
HB: (sorrindo)"Precisa não, eu pratico taekwondo"
EU: "Sério, e já pratiquei taekwondo também, mas quando era mais novo praticava capoeira..."

Era numa recepção de calouros de História. A partir dela, eu conheci o pessoal todo, facil! Poderia ter usado um opener dizendo:

'Essa recepção de calouros é de qual curso mesmo? Historia?" (A festa estava sendo na própria universidade)

Também sou adepto de openers divertidos, como: (apenas o terceiro não é criação minha)

[justify][font=Times New Roman,serif]“Nossa! Que carinha de felicidade é essa? Ganhou na loteria e está escondendo o jogo, não é?”[/font][/justify][justify][font=Times New Roman,serif][/font][/justify] [justify][font=Times New Roman,serif]“Ei, tenho certeza que te conheço de algum lugar! Você foi na festa da farmácia? (inventar qualquer lugar. Ou dizer que parece uma pessoa conhecida). Ah! Mas tive a sensação que já te conhecia. Prazer, meu nome é...”[/font][font=Times New Roman,serif](Falar com bastante energia, como se realamente já a tivesse visto antes. Já tanto em festa quanto em academia, e deu muito certo)[/font][/justify] [justify][font=Times New Roman,serif][/font][/justify] [justify][font=Times New Roman,serif]“Oi, tudo bem? Eu estava ali olhando pra você, tenho certeza que eu até me casaria com você... você é uma mulher muito bonita... (independente da resposta dela... faça um sorriso cínico e espere uns três segundo para continuar) mas vi um ar malvado em você...então me divorciaria no outro dia e ficava com metade do seu dinheiro... não deixava nem seu poodle” – (Ja usei como rotina também, é muito bom).[/font][/justify] [justify][font=Times New Roman,serif][/font][/justify][justify][justify][font=Times New Roman,serif]“Oi, tudo bem? Bom, eu sou um cara tímido (sorriso sacana), mas vim falar com você para me tornar uma pessoa melhor (ou: mas não consegui resistir seu charme e tive que falar com você). Meu nome é...”[/font][/justify][/justify][justify][/justify][justify]Esses openers fazem parte da minha listinha de openers. Eu decoro mesmo alguns, principalmente para as primeiras abordagens. Depois que começa, com a adrenalina no sangue, tudo fica tranquilo.[/justify][justify][/justify][justify]Não lembro o nick do camarada, mas curti demais esse opener:[/justify][justify][/justify][justify][/justify][justify][font=Times New Roman,serif]"Ei, vocês acham que é melhor vir solteiro ou acompanhado pra uma festa como essa?”[/font]

Baseado nesse opener, vou bolar outros openes de opinião sobre festas, bares...sobre lugares, e que mistura o lugar a relacionamento (solteiro, acompanhado). Achei perfeito!

Bom, abração aí, espero ter acrescentado!
[font=Times New Roman,serif][/font][font=Times New Roman,serif][/font][/justify]
Avatar pua
Lucasmpx

PUA EXPERT

#790590 Esqueci de falar. Acho que no EUA os openers de opinião funcionariam muito bem já que as mulheres lá conversam mais tranquilamente. Aqui no Brasil, só de chegar perto a HB já sabe suas intenções (night game), e os caras aqui já partem do nada para o KC insistemente, ao passo que no EUA muitas vezes isso pode ser considerado uma atitude desprezivel.

Então, essa diferença cultural permite usar openers de opinião facilmente nos EUA. Creio oque essa seria uma das razões de ser enfatizado pelo Mystery em seu livro.

om, agora vou pesquisar sobre o David-x, me pareceu interessante o que falaram sobre ele!
MascaraInvisivel

Aprendiz

#790594 Eu vi uma coisa parecida no reality show do Mystery, ele viu um aluno fazer isso e chamou de opener sitacional(?)(uma coisa do genero) e disse que não era aconselhado, porque a conversa ficava por ai... mas nao sei...
Avatar pua
Cantrell

Veterano - nível 9

#790595 Eu acho que saquei a mensagem do Pink Floyd. Ele quis dizer que os abridores de opinião soam muito superficiais no Brasil, dando margem pra desconfiança do interlocutor, o que resulta muitas vezes no insucesso da abordagem. Brother, no começo dos estudos de PU em janeiro de 2010, me lembro que usei um openner de opinião e a gata me chamou de MONGOLÓIDE! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...eu nao aguentei e ri tb junto com ela! Mas depois fui calibrando nas outras intetrações pra parecer o mais natural possível, pois esse é o cuidado que se tem que ter com os abridores de opiniao. Eu partirculamente nao os uso mais, por compartilhar da sua mesma opinião. O segredo é tecer comentários no que esta acontecendo.

Sussexo! Imagem
Avatar pua
Devous - MEMBRO EXCLUSIVO
#790615 Realmente você ta certo, e as vezes é até mais facil incluir um opener de acordo com o momento do que algo que possa fugir ou ter nada a ver com aquele momento! Mas como nem tudo é tão facil assim, só resta a prática! Obrigado pelo post! ;D