Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua

Criador do tópico

El Puto

Aprendiz

#1076504
rafael.luc escreveu:Acredito em que se tratando de FC pode-se se separa em dois tipos:
Baladeira espertinha (também encontrei apps kkk), KC é liberado, mas FC não, aliás 2 day é difícil tb em geral não é confiável. Como vivemos em um pais de "espertos" vc as encontra em bom numero. Acredito que se resolve jogando com ego.
Confiáveis: Se der KC rola FC questão de tempo apenas 2/3Day, acredito que essa seja mais comum no exterior...

Sim (risos)... Temos tambem aquelas que ja saem de casa pra dar.
Temos aquelas 9 e 10 que saem do pra fazer e não irao te dar ali, talvez em um after party ou em um segundo momento.
Da pra criarmos um artigo so falando dos tipos pra galera ter algumas referencias.

ANÚNCIOS

Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1076514
El Puto escreveu:Sim (risos)... Temos tambem aquelas que ja saem de casa pra dar.
Temos aquelas 9 e 10 que saem do pra fazer e não irao te dar ali, talvez em um after party ou em um segundo momento.
Da pra criarmos um artigo so falando dos tipos pra galera ter algumas referencias.


Mas eu parto do premissa de quem vai fazer ela querer dar é você. Posso estar errado mas como meu objetivo é finalizar, estou pouco ligando para o motivo que ela saiu de casa. Você tem que ter o comando da HB.
Atualmente eu acho menos provável eu levar uma que saia de casa para dar, pq conforme falei anteriormente, me tornei um pouco mais observador e essas não perdem muito tempo. Tem também aquelas que não sairam para dar mas no final da festa já estão com outro objetivo. Essas são fáceis de cumprir a meta pq elas nem se dão conta e já tão na sua casa. O interessante é que se você não comer nesta noite que elas lhe deram a chance, não será da próxima vez, pq elas queriam dar e talvez nem fosse para você.
Lembrei de uma que conheci certa noite que queria dar de qualquer jeito. As cinco da manhã, pegou meu endereço e disse que iria pra casa largar o carro, pegar um uber e voltar. Achei que já era, e 45 minutos depois meu telefone tocou com ela dizendo que estava na frente do meu apto. Essa queria dar e deu o dia todo. Depois nunca mais encontrei com ela.
Avatar pua

Criador do tópico

El Puto

Aprendiz

#1076516
Rica Villa escreveu:
El Puto escreveu:Sim (risos)... Temos tambem aquelas que ja saem de casa pra dar.
Temos aquelas 9 e 10 que saem do pra fazer e não irao te dar ali, talvez em um after party ou em um segundo momento.
Da pra criarmos um artigo so falando dos tipos pra galera ter algumas referencias.


Mas eu parto do premissa de quem vai fazer ela querer dar é você. Posso estar errado mas como meu objetivo é finalizar, estou pouco ligando para o motivo que ela saiu de casa. Você tem que ter o comando da HB.
Atualmente eu acho menos provável eu levar uma que saia de casa para dar, pq conforme falei anteriormente, me tornei um pouco mais observador e essas não perdem muito tempo. Tem também aquelas que não sairam para dar mas no final da festa já estão com outro objetivo. Essas são fáceis de cumprir a meta pq elas nem se dão conta e já tão na sua casa. O interessante é que se você não comer nesta noite que elas lhe deram a chance, não será da próxima vez, pq elas queriam dar e talvez nem fosse para você.
Lembrei de uma que conheci certa noite que queria dar de qualquer jeito. As cinco da manhã, pegou meu endereço e disse que iria pra casa largar o carro, pegar um uber e voltar. Achei que já era, e 45 minutos depois meu telefone tocou com ela dizendo que estava na frente do meu apto. Essa queria dar e deu o dia todo. Depois nunca mais encontrei com ela.

Comigo ja aconteceu situacao parecida. Eu tenho muita amiga e tem dia cara que elas saem pra bagunça mesmo, "querendo rock", igual dizemos aqui. O problema muitas vezes e que tem cara que chega muito putao e acaba ariscando elas e tem cara que nao sabe nem falar "oi" direito. Ai fica dificil rs
Avatar pua
DavidDraw

Aprendiz

#1076545 O que funciona bem, acima de qualquer coisa é jogo do texto, crie uma persona envolvente e estamos num momento (aqui no br) em que elas gostam de caçar ( inverta os jogos) seja a presa ( não sempre) demonstre uma certa ''violência'' sutil. Este é o jogo de app, sem custo e o melhor ao meu ver, pre conceitos com Tinder, Badoo apenas demonstram fraqueza emocional. Não importam os meios e sim o resultado. Ainda não me considero Pickup, mas sei que sou viciado em seduzir e conquistar, isso é diferente de desenvolvimento pessoal para um grande relacionamento.
Avatar pua

Criador do tópico

El Puto

Aprendiz

#1076546
DavidDraw escreveu:O que funciona bem, acima de qualquer coisa é jogo do texto, crie uma persona envolvente e estamos num momento (aqui no br) em que elas gostam de caçar ( inverta os jogos) seja a presa ( não sempre) demonstre uma certa ''violência'' sutil. Este é o jogo de app, sem custo e o melhor ao meu ver, pre conceitos com Tinder, Badoo apenas demonstram fraqueza emocional. Não importam os meios e sim o resultado. Ainda não me considero Pickup, mas sei que sou viciado em seduzir e conquistar, isso é diferente de desenvolvimento pessoal para um grande relacionamento.

No atual momento em vivemos é primordial o cara saber jogar com as redes sociais. Eu não gosto, mas é a evolução e temos que aceitar.
Concordo contigo.
Avatar pua
Rayinho

Veterano - nível 7

#1076665 Muito bom o post "El puto" já acompanhei alguns de seus posts e concordo com a maioria do que você fala.

Realmente o Brasil não é bom ser tão indireto porque a HB vai achar que tu é lezado mas tbm tem alguns lugares que não pode ser direct, acho bom o estilo de jogo do Playtool, mas bora combinar que o cara é playboy né (risos)
Avatar pua

Criador do tópico

El Puto

Aprendiz

#1076673
Rayinho escreveu:Muito bom o post "El puto" já acompanhei alguns de seus posts e concordo com a maioria do que você fala.

Realmente o Brasil não é bom ser tão indireto porque a HB vai achar que tu é lezado mas tbm tem alguns lugares que não pode ser direct, acho bom o estilo de jogo do Playtool, mas bora combinar que o cara é playboy né (risos)

Na epoca o que me deixou puto com o Playtool foi que ele nao ensinou ninguem o que ele realmente faz. Eu tive 3 amigos que fizeram BC com ele, na verdade quatro porque um foi no Workshop em São Paulo e os outros no BC em Curitiba.
O cara e social circle puro.
Ele conhece a galera mesmo! É algo que nao sei a razão dele nao ter ensinado e ter vindo com aquele monte de coisa.
O direct brutal arisca as mulheres tops assim como ser indirero dimais. A meu ver atualmente e questao de voce criar uma vibe com a galer e saber criar a tensao sexual porque assim voce continua sendo atraente e sem ariscar ninguem rs
Avatar pua
Fanatic

Veterano - nível 10

#1076677 Cara,

Eu enxergo de forma BEM diferente. Falo por experiência própria e por ter internacionalizado minha piroca.
Tcheca, alemã, espanhola.....

A diferença está na nossa própria cultura e no tabu que temos em relação ao sexo e que não temos em relação a todo o resto.
No exterior, o sexo é algo mais banal que uma demonstração pública de afeto.
É mais fácil você dar FC do que um KC na frente de todo mundo em uma festa quando jogando com uma gringa do que com uma brasileira. Claro, isso é uma média. Tem mulher que vai chupar teu pau antes de te dar um beijo hahaha

Assim, eu enxergo as diferenças mais culturais. Ainda, aqui nos temos um desapego muito grande. Por causa do nosso desapego por demonstrações públicas. Tipo, aqui aguarrar uma mina na frente dos amigos ou colegas do trabalho não significa nada, no dia seguinte cada um segue a sua vida e finge q o outro nunca existiu.

No exterior isso eh como uma cena final de seriado de 8 temporadas. La os caras se apaixonam, no encontro levam rosas...
Parece um pouco contraditório, e realmente é confuso. Mas lá o sexo casual eh uma forma de relação menos importante que um encontro.

Sugiro a pesquisa sobre o Hookup culture. Existem livros e documentários sobre o assunto.

Assim, passar a piroca em uma mina no Brasil eh uma conquista maior que comer uma gringa. Em Termos de dificuldade, o Rio de janeiro esta entre os jogos mais difíceis do mundo.
Avatar pua
romishino

PUA Avançado

#1076796 É muita falácia o que você diz

A questão é que tudo DEPENDE, depende de você, do seu estilo, do estilo de mulher que você procura.

Círculo social é fundamental mas não necessariamente grande, ser popular demais não é uma virtude, a questão é estar em algo pequeno que te conecte de forma avulsa às pessoas que você quer ter contato, que vão te oferecer algum benefício.

E isso é que dá sentido a coisa toda.
Avatar pua
Seys

Veterano - nível 3

#1076798
Rica Villa escreveu:Não entendo. Eu sempre vejo funcionar da seguinte forma. Se você for falar com ela e conseguir conversar perto de uns 15 minutos não tem erro. Claro que as vezes existe uma sútil forma de aproximação que você deve usar para ela "fugir" se não quiser nada. Bem depois disso é KC, que é apenas a introdução para o FC, a partir do KC é que você deve criar o cliam sexual nela, desta forma você mostra quem é, através do beijo e dos toques. Falar muito antes, vai atrapalhar se na hora do beijo você for menos do que ela estava pensando.
Meu objetivo quando vou começar a conversa é sempre o Fc. Por isso sem que tenho que vencer etapas, mas não fazer algo antes de ter ela na mão, de puxar ela pro seu colo e de convidar pra tomar a saideira na sua casa.
Para isso alguns detalhes são muito importantes:
primeiro trata-la como uma puta e não como uma dama, e para isso você não precisa ser um direitoso burro e preconceituoso contra mulher, na verdade você não deve falar nada e só agir na hora que suas mãos estão livres.
depois vem a parte mais importante, ser independente, mostrar para ela que na sua casa ela vai se sentir a vontade, pq lá tem tudo que vcs precisam.
Quando cumprir todas etapas, e em geral o Fc pode não acontecer, que você decide como vai fazer depois que ela for embora e pegar o telefone dela. Se ficar pensando antes de terminar o primeiro dia, saiba que pode nem ter o segundo dia. Também acho que foda adiada é foda perdida.
Escrevendo isso tudo me dou conta que o pessoal teoriza demais e usa uma fórmula única sem se adaptar com o que a HB diz. Quando ela me diz a profissão ou o que faz, eu vou ajustando e calibrando a minha linha de pensamento pra saber que lado eu vou. Outra coisa importante é que antes eu ia na primeira melhorzinha que aparecesse, e dia na noite significava não deixar a cama vazia. Hoje eu procuro escolher bem e se não tiver nada muito legal eu não vou por ir. A qualidade melhorou muito e as situações se tornaram muito mais fáceis.


Perfeito o comentário. É uma maravilha ler e crer que existe puas dessa qualidade por aqui. Compartilho do mesmo pensamento, acrescentando ainda observar a vibe que a mulher transmite durante a interação, automaticamente ajustando a sua com a dela. :sorri