Artigos e Técnicas com base em PNL ou Hipnose.
Não necessariamente voltada a sedução
Avatar pua

Criador do tópico

Dr. Love

PUA EXPERT

#687318 Pistas oculares Esse é um dos pontos em que a PNL erra feio.

Para quem nunca ouviu falar: http://en.wikipedia.org/wiki/Representa ... ssing_cues
(Ou qualquer livro do Bandler, do Connor ou de outro praticioner)

Já tinha visto o Paul Ekman dar uma visão totalmente diferente sobre essas pistas oculares. Elas variam muito de pessoa para pessoa e não existe nada padronizado sobre o olhar em relação ao tipo de pensamento em seres humanos. O que você pode observar é o padrão em cada pessoa e a partir daí inferir algo com base em alterações.

O Derren Brown também dedica uma parte do livro "Tricks of the mind" para meter o pau nessa concepção da PNL, reiterando o que Ekman fala. A maioria dos mentalistas partilha dessa opinião.

Enfim, criei o tópico para divulgar esse artigo: http://www.plosone.org/article/info%3Ad ... ne.0040259

Que mostra alguns experimentos testando a hipótese dessas pistas oculares e chegando a conclusões contrárias.

Abraço

ANÚNCIOS

Avatar pua
vldzz

PUA EXPERT

#688114 Isso depende muito da interação que voce ta tendo com a pessoa, creio eu que é uma 'calibração' que voce adquire com a patrica. Já reparei varias veses isso, que as veses a pessoa pode tar olhando algo, ou simplesmente pensando.
Avatar pua
ModeONE

Veterano - nível 10

#688126 No cd que estou escutando "Relationship academy CD4", o cara diz sobre pistas oculares e que dependendo da pessoa ser canhota ou destra, os movimentos oculares mudam sim de posição e é claro que uma pessoa pode ter um comportamento visual com postura auditiva, acredito também que isso não é totalmente certo, vária sim de pessoa pra pessoa, mas é uma dada base muito importante. O cara é mestre em PNL e ele disse que quando foi pra uma cidade, não me recordo da cidade, mas disse isso mesmo que você disse, os movimentos oculares da pessoa não conhecidia com o que ela falava. Entretanto, acredito também que se o cara for um mestre em Linguagem corporal(Expressões faciais), PNL e Hipnose ele seria um mestre na indução tanto como o Darren brown senão melhor.
Salvei o site aqui e depois vou dar uma lida.
OBS: Era você que tinha postado um site aqui á um tempo atrás, que falava sobre a desmistificação da PNL ? Se eu não me engano o site era em português, tinha achado bastante interessante, se eu não me engano o cara apenas julgava o bandler e o grinder e não apresentava sequer uma prova, tinha falado um pouco sobre espelhamento apenas.
Avatar pua

Criador do tópico

Dr. Love

PUA EXPERT

#688649
Fractal escreveu:Dr. Love, muito obrigado, lerei o artigo assim que puder. Dica de grande valia.


A hipótese do estudo foi meio furada. Não fizeram uma pesquisa muito detalhada sobre a PNL e afirmam que, segundo os pratticioners, olhar para um lado é mentir e para o outro é falar a verdade, quando, na verdade, não é bem isso que acontece.

Por sorte, o desenho foi adequado. Eles mandaram estudantes entrarem numa sala, colocar um telefone numa gaveta e observar o que havia na gaveta. Depois, eles relatariam o que aconteceu lá dentro, falando a verdade ou mentindo. No caso da mentira, eles teriam que inventar imagens mentais, então, segundo o mapa da PNL, eles olhariam para cima e para direita ao imaginar os objetos e para cima e para esquerda para lembrar dos objetos, o que não foi verificado no estudo. http://www.mrs.org.uk/intelligence/ijmr54%281%292012

Nesse outro link tem o mapinha. Observe como eles apontam direita com "construído" e esquerda como lembrado

Só coloquei esse artigo para ilustrar, porque vi no twitter na Erika Rosenberg (uma das autoras do FACS e uma das pesquisadoras mais eminentes do mundo em expressão emocional e comportamento não-verbal)

vldzz escreveu:Isso depende muito da interação que voce ta tendo com a pessoa, creio eu que é uma 'calibração' que voce adquire com a patrica. Já reparei varias veses isso, que as veses a pessoa pode tar olhando algo, ou simplesmente pensando.


A questão não é essa. É que a direção em que elas olham não segue o padrão proposto pela PNL.

ModeONE escreveu:No cd que estou escutando "Relationship academy CD4", o cara diz sobre pistas oculares e que dependendo da pessoa ser canhota ou destra, os movimentos oculares mudam sim de posição e é claro que uma pessoa pode ter um comportamento visual com postura auditiva, acredito também que isso não é totalmente certo, vária sim de pessoa pra pessoa, mas é uma dada base muito importante. O cara é mestre em PNL e ele disse que quando foi pra uma cidade, não me recordo da cidade, mas disse isso mesmo que você disse, os movimentos oculares da pessoa não conhecidia com o que ela falava. Entretanto, acredito também que se o cara for um mestre em Linguagem corporal(Expressões faciais), PNL e Hipnose ele seria um mestre na indução tanto como o Darren brown senão melhor.
Salvei o site aqui e depois vou dar uma lida.
OBS: Era você que tinha postado um site aqui á um tempo atrás, que falava sobre a desmistificação da PNL ? Se eu não me engano o site era em português, tinha achado bastante interessante, se eu não me engano o cara apenas julgava o bandler e o grinder e não apresentava sequer uma prova, tinha falado um pouco sobre espelhamento apenas.


Não vou entrar em uma discussão sobre epistemologia e filosofia da ciência aqui, mas tenha em mente que a opinião de um especialista não constitui uma evidência tão forte. As impressões desses caras (e do Bandler, do Milton Erickson, do Derren Brown, do Corinda, do Ekman, do Connor...) se baseiam nas experiência pessoais deles. Assim, eles vão acertar muito coisa e também errar muita coisa. Para afirmar algo assim em definitivo, você precisa de um desenho de estudo rígido.

Não fui eu quem colocou esse site, mas não tenho uma opinião muito boa sobre os dois. Eles pegaram o que já existia sobre sugestão, copiaram os padrões de linguagem usados na hipnose, apropriaram-se do conceito de rapport e espelhamento e colocaram tudo junto com uma roupagem pseudocientífica e um nome invocado. Muito marketing e pouca inovação. O que admiro neles é que já vi muita gente mudar de vida com a PNL, ganhar auto-estima e segurança.

PS: Devem existir caras (mentalistas, mágicos e hipnólogos) muito melhores que o Derren Brown "na prática", mas o que admiro nele é a inteligência e lucidez diante do que ele faz e do mundo. Virei fã depois de ler o Tricks of the Mind e vi que ele tem uma visão diferenciada e uma curiosidade aguçada na série The Experiments, em que ele explora assuntos controversos nesse campo e buscou ao máximo documentar tudo de forma honesta, trazendo até mesmo acadêmicos da área de forma neutra para participar do show.
Avatar pua
>>Psychokiller<<

Entusiasta

#712191 Realmente neste caso a PNL está errada, a captação de informações relembradas ou de informações criadas não tem relação generalizavel com os movimentos oculares como propunha a PNL, a premissa de que o movimento ocular para a direita significa que a pessoa está criando informação e que o movimento ocular para a esquerda significa que a pessoa está relembrando informações se mostrou falsa em pelo menos dois estudos diferentes sobre as pistas de acessos visuais.

Foi comprovado também por estes estudos, como falsa a teoria de que pessoas canhotas teriam os movimentos oculares inversos em relação a pessoas destras, os resultados não se mostraram generalizaveis ou/e a favor desta teoria.

Porém isso não descarta por completo a teoria das pistas oculares, um outro estudo por exemplo comprovou que o movimento ocular está relacionado sim com respostas a perguntas referentes a termos sensoriais.

No entanto como propõe o Dr.Love, melhor do que se basear em teorias generalizaveis de comportamento, é fazer o seguinte, observar o padrão comportamental de cada pessoa, e a partir daí inferir algo com base nas respostas dela.

Os Próprios Richard Bandler e John Grinder aconselham isso, eles aconselham a ler as respostas das pessoas de forma peculiar, confiando-se no feedback que recebe de volta e reagindo a ele, abandonando-se assim as generalizações.


Algo interessante que eu aprendi nos meus debates com membros aqui do fórum contrários a PNL foram as seguintes críticas válidas:

A primeira é que boa parte da base teórica da PNL está solidificada sobre pressupostos não falseaveis, ou seja, ainda não podem serem testados cientificamente.

A segunda é que algumas das teorias da PNL já foram comprovadas falsas mediante experimentos científicos, como neste caso das pistas de acesso visuais terem sido comprovadas ineficientes quanto a método generalizavel de detecção de mentiras, e mesmo após algumas teorias terem sido comprovadas falsas, a PNL não se preocupa em divulgar amplamente os resultados destes estudos ou se defender abertamente em relação a eles.

A terceira crítica é referente ao fato da PNL não deixar claro as referências e influências que deram origem a suas técnicas e pressupostos, por exemplo, a principal técnica da PNL se chama modelagem que consiste no ato entrevistar ou de observar um modelo excepcional no que faz, em ação, identificar os padrões comportamentais de sucesso daquele modelo, mapea-los e copia-los afim de representa-los de maneira fácil para que outras pessoas possam assimilar aqueles padrões a elas própias afim de obter os mesmos resultados do modelo de sucesso. O que acontece é que muitas vezes os livros ou cursos de PNL não deixam claro a referência do modelo que deu origem aquela técnica que estão ensinado, ou seja, omitem o autor que deu origem aquela técnica, e na maioria das vezes os estudantes de PNL acabam achando que foi a PNL quem criou aquela técnica a partir do nada, enquanto na verdade ela apenas a copiou de uma outra pessoa, a modificou um pouco e deu-lhe um nome diferente.

Por tanto as críticas do Dr.Love são válidas.

A PNL por exemplo tem vários modelos, Milton Erickson (Hipnose) Virginia Satir (Terapia familiar) Fritz Perls (Gestalt Terapia) Gordon (Metáforas) Beck (Terapia cognitiva) Alfred Korzybski (semântica geral), Von Bertalanfy (cibernética) Waltzlawick (Comunicação) B.F. Skinner (Condicionamento operante) Pavlov (Condicionamento clássico) Noan Chomsky (lingüística transformacional), Gregory Bateson (teoria de sistemas), Vaihinger (Teoria do “como se”), Kruse (construtivismo), James (Linha do tempo) Russel (Níveis lógicos) Edward Hall (escritor sobre percepção e realidade subjetiva) o psicanalista Paul Watzlavick (teoria dos sistemas e sua aplicação em terapia), e muitos outros modelos.

Todos estes modelos foram entrevistados ou observados em ação enquanto Bandler e Grinder os modelavam, tanto suas teorias quanto sua metodologia de trabalho, o problema é que a PNL de hoje em dia não deixa muito claro quem foram suas influências assim como fazia no seu ínicio quando eram mais éticos, e por isso hoje acaba passando a impressão de que eles criam as coisas do nada, enquanto na verdade eles copiaram de modelos bem sucedidos já existentes, em alguns casos a PNL da um UP grade na técnica é claro, mas ainda assim não deixa de ser um modelo, e como tal, merece dar os créditos e referências ao modelo original, nem que seja para servir de ponto de partida para aqueles que quiserem estudar em separado o material destes autores originais que deram origem as técnicas usadas hoje pela PNL.

Eu por exemplo me interessei em estudar alguns destes modelos em separado, como Milton Erickson, Virginia Satir, Alfred Korzybski e Gregory Bateson, por enquanto, comecei pelo Dr. Milton Eriskson, já li dois livros sobre ele, assisti a palestras e pretendo comprar um de seus livros originais, e mais pra frente pretendo ler sobre alguns dos demais modelos que inspiraram a PNL, o problema é que eu demorei para descobri-los, e isso teria sido mais fácil caso todos os livros ou cursos de PNL deixassem claro os modelos que influenciaram a PNL.

:ae
Avatar pua
Cheddo

Veterano - nível 1

#712207 pow cara... é serio que alguem aqui acredita que se a mina olhar pra cima ela pensa e pra baixo ela ignora ?

Tem tantas outras micro expressoes que vem juntas com esses olhares e que entregam muito mais o que a menina quer passar do que somente os olhos !
Agente se comunica com muito mais do que 1 só expressão !1

Nunca usei essa coisa dos olhos e sim a BL da face inteira pra interagir!
Nem aconselho e tal !

Quando a ciencia tende a ser muito especifica ela tem maior chance de errar...