Artigos e Técnicas com base em PNL ou Hipnose.
Não necessariamente voltada a sedução
Avatar pua
VanDiesel
#309753 EXCELENTE ! ! !

Muito bom mesmo. :ae
Nando
#310098 Eae, jahpz.
Beleza?

Pode ter certeza que esse post me ajudou.
O momento da ancoragem é, pelo visto, o momento mais importante e o mais difícil. Mas vou me aprimorar nessas tecnicas.
Valeu pelas dicas. Falou.
maateuus
#314555 Mas como é esses padrões de linguagem?como usá-los?não entendi aquela parte da curva de Gauss,como identificar quando está no meio?To achando a PNL um pouco confusa,realmente é difícil aprender?
lucasdemicheli
#330612 Ótimo post, mais tive uma dúvida!

Você fala da ancoragem, fala o momento certo de fazer, mais eu não consegui entender como fazer! Devo toca-la, falar alguma coisa, olhar nos olhos? como fazer para ancorar? o que fazer?

obrigado!
Avatar pua
Lothbrok
#330631
lucasdemicheli escreveu:Ótimo post, mais tive uma dúvida!

Você fala da ancoragem, fala o momento certo de fazer, mais eu não consegui entender como fazer! Devo toca-la, falar alguma coisa, olhar nos olhos? como fazer para ancorar? o que fazer?

obrigado!


Não sou o jahpz, nem sou pro em pnl, mas então, existem varios tipos de âncoras, as 3 principais são as Cinestesicas: onde você toca em alguma parte do corpo pra ancorar
Visual: vai ancorar tipo, algum objeto, ai quando ela ver esse objeto, vai sentir o sentimento
Auditivo: uma musica por exemplo.

deu pra entender +-? '-'
lucasdemicheli
#332520
Rusheed escreveu:
lucasdemicheli escreveu:Ótimo post, mais tive uma dúvida!

Você fala da ancoragem, fala o momento certo de fazer, mais eu não consegui entender como fazer! Devo toca-la, falar alguma coisa, olhar nos olhos? como fazer para ancorar? o que fazer?

obrigado!


Não sou o jahpz, nem sou pro em pnl, mas então, existem varios tipos de âncoras, as 3 principais são as Cinestesicas: onde você toca em alguma parte do corpo pra ancorar
Visual: vai ancorar tipo, algum objeto, ai quando ela ver esse objeto, vai sentir o sentimento
Auditivo: uma musica por exemplo.

deu pra entender +-? '-'


Mto obrigado, entendi + ou -... se tiver como eu gostaria de um exemplo prático, (ex: quando ela fizer tal coisa, vc toca na mão dela e fala tal coisa) tendeu? abraços!
Sinwish
#332858 Ignorem meu primeiro post

Gostei do artigo. Ele tem alguns detalhes que não tem no meu artigo. Como a parte de Metamodelo. Eu geralmente uso Perguntas de Metamodelo e a calibração para esclarecer uma questão que está obstruindo o andamento do set (com isso fica mais fácil retirar crenças limitantes do caminho e o set fluir melhor). Por exemplo quando a garota está virando o set eu pergunto: "O que te bloqueia na hora de me beijar?" ou o que "acontece se eu te beijar?". A partir dai eu uso linguagem hipnótica atrelada a um script (como os do Ross Jeffries). O set fica muito mais fácil de fechar depois disso.

A parte de ancoragem tb é boa. Tem muita coisa que eu não sabia direito (como o momento da ancoragem e esse conceito e ancoragem invertida). Eu geralmente o meu tom de voz como âncora.

Fiz um curso de PNL que resultou em 2 artigos sobre Rapport. Eles estão na minha assinatura. Vai ser bom quando você puder dar uma olhada (e ampliarmos, com isso, ainda mais os nossos Mapa Mentais).
fvasconcelos
#337504 Jahpz, achei que a parte que explica sobre a bussola não ficou "bem clara/ harmonizado/muito firme" ( hehehe ) quando se trata de como utilizá-lo em uma conversa.
Se der pra criar um exemplo simples seria legal..
E quando se trata de pessoas que falam uma determinada palavra que se encaixa em um determinado sistema representacional ( exemplo a frase "E aew, tudo massa?" se aplicando ao S.R. Cinestesico ) mas aquela frase/palavra é dita em seu circulo social, ou seja, é mais um hábito local/regional, devemos levar em consideração ? Pois eu vejo uma grande quantidade de pessoas falando palavras "Gírias" locais que se encaixam em um determinado S.R. mas que falam prq é costume do local...
VLW!