Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua

Criador do tópico

DanJR

Veterano - nível 5

#1063953 Olá a todos!

Off topic:
Faz bastante tempo que não posto nada aqui no fórum, acredito que não consigo ajudar as pessoas dessa forma, já que o texto não é meu forte..
Conheço a comunidade a bastante tempo, e sempre estou a visitando.
Mas tem algo que vem me incomodando bastante, e não vejo mais ninguem que possa me ajudar além do pessoal aqui da comunidade...


Vamos ao caso! :bravo

No dia 20 de maio deste ano comecei a ficar sério com uma garota que trabalhava comigo numa empresa, no dia 13 de julho [color=#ff0000](2 meses depois)[/color] começamos a namorar sério.
Depois que começamos a namorar, descobri que ela havia ficado com um outro cara da empresa, cerca de uma semana antes de começarmos a ficar sério...ela ficou com o cara, ja estavam flertando e ele deu carona para ela um dia ao sair da empresa...no caminho eles ficaram, e até transaram...

Aí começa os problemas, no dia seguinte ela descobriu que o cara era casado, e tinha duas filhas...Automaticamente ela cortou qualquer possibilidade de ficar com ele novamente e se afastou, mesmo ele procurando ela varias vezes dizendo que ia se divorciar e aquele papinho de sempre...
Então eu entrei nessa historia, eu e ela começamos a ficar, e o sujeito continuo procurando ela, mas ela sempre evitanto qualquer contato e bloqueando todos os meios de contato [color=#ff0000](eu não tinha conhecimento disso na época).

Chegou um momento em que o cara parou de tentar entrar em contato com ela e seguimos nosso relacionamento...neste periodo eu ja havia tomado conhecimento do que houve entre eles e havia um leve ciúmes de minha parte, porém era controlavel e consciente de minha parte que era bobo já que o que eles tiveram foi antes de mim.

[/color]
Após 1 mês de namoro, por volta do dia 10 de Agosto, ocorreu dele aparecer na sala em que ela trabalhava e tentar agarra-lá, com medo de que eu fosse pra cima do cara e perdesse meu emprego ela não me contou toda a historia, não disse que ele tentou beija-la [color=#ff0000](contou só que ele apareceu na sala e falou com ela)[/color], e não falou para o RH.

Mês passado, um tempo depois dela ter saído da empresa, ela me contou o ocorrido, após eu tocar no assunto com certa desconfiança, pois sempre duvidei que ele não teria tentado nada...
Briguei sério com ela por não ter me contado antes mas seguimos com nosso relacionamento...

Eu e o cara trabalhamos em turnos diferentes, quando estou saindo da empresa, ele está entrando, e ja aconteceu de nos cruzarmos algumas vezes, e eu sempre o encarei com cara de raiva mesmo, cara de quem vai quebrar ele quando tiver a oportunidade [color=#ff0000](fora da empresa porque não quero perder o emprego ksksks)
.

Mas hoje foi diferente, cruzei com ele, encarei e ele me provocou após eu ter passado por ele...na hora dei meia volta em direção a ele e então começamos o diálogo abaixo:
________________________________________________________________________________________________________
Eu:[/color] Vem cá mano, vamos trocar uma idéia
Cara: Qual a sua de ficar me encarando? (se aproximando de mim como alguem que está "peitando" você)
Eu: sabe quem é Fulana(minha namorada)? (empurrando o peito dele para trás com a mão)
Cara: Tira a mão de mim, sei quem é sim, porque?
Eu: Oque foi que aconteceu na sala dela em Agosto, antes dela sair da empresa?
Cara: Só fui conversar com ela
Eu: Porque vc não fala q "só foi conversar com ela" na frente dela e da sua mulher?

(Nisso ele ficou bravo, e eu já estava quase perdendo o controle, acho q mais alguns segundos eu ia socar a cara dele no meio da empresa, não consigo nem lembrar do que ele começou a falar, mas foi algo dizendo que eu era um muleque e que não devia me meter com ele)...na raiva eu evitando brigar, virei as costas e falei:

Eu: Na hora que eu te encontrar fora da empresa nosso papo vai ser diferente!
________________________________________________________________________________________________________

Aqui acabou o diálogo, saí andando e me segurando...e agora estou aqui, pensando em qual atitude devo tomar.
Ja pensei em quebrar ele, mas tenho que lembrar que por mais que eu seja forte, tenho 18 anos, o cara tem uns 25, é mais alto que eu...o que está ao meu favor é o ódio, acho que eu não apanharia pra ele em hipótese alguma.
Ja pensei em procurar a esposa dele e contar todo o ocorrido, pra acabar com a vida do desgraçado...nem que fosse necessario minha namorada ir junto e falar para a esposa dele oque aconteceu.

Enfim, ja pensei muitas coisas...mas não sei que atitude tomar, acho que a briga vai ser inevitável...ja que ele a partir de agora vai começar a me provocar, e eu estou doido para revidar no soco :mau .

O que vocês recomendam, que atitudes eu poderia tomar? acham que eu devo brigar?
O que vocês fariam se estivessem em minha situação?

Obrigado a todos desde já
:ajoelhar
Avatar pua
Icaros..

Veterano - nível 10

#1063956 Cara você sabe que hoje em dia tudo se resolve na bala. Você mete a porrada num maluco desses e vai que ele pega um arma e faz uma merda! Você tem que pensar na sua vida também!

O certo é ela ir na delegacia ou notificar a empresa. Para que ele a deixe em paz, da pra ve que ele corre mais atrás dela por não aceitar o chute que ela deu no rabo dele. Afinal ele é casado.

Sabe aquela clássica, não seje reativo, desse vez ela se enquadra na sua situação, pode parecer o pior conselho do Mundo ainda mais nessa situação, mas é melhor que da merda no final. Olha pro vento, olha pro cachorro, olha pra bosta, mas não olha pra esse cara.
Abraço.
Avatar pua
The Potents - MEMBRO EXCLUSIVO
#1063962 Se sua namorada já saiu do emprego e não vai mais cruzar com esse cara, acho desnecessária a confrontação.

Ela também poderia ter evitado te contar para não te colocar em risco, ao mesmo tempo em que corta ou repele enérgicamente qualquer tentativa do caboclo de se aproximar.

Mas talvez faça bem para o ego dela ver dois homens duelando por sua causa, mesmo que possa dar merda. Tome muito cuidado com as suas reações, pois seus sentimentos podem estar sendo manipulados.

Analise tudo com muita calma e de forma racional, não emocional.
Avatar pua
# T7 #

Entusiasta

#1063963 Essa história me faz lembrar de um colega de trabalho do meu pai que certa vez "apontou o dedo" pra minha mãe apenas meio que mexendo com ela e ela resolveu contar isso pro meu pai.

Eu tinha 4 anos de idade e após minha mãe contar que isso aconteceu meu pai tomou a atitude de quebrar a cara do cara e literalmente quebrou. Com um soco abriu a cara do maluco que caiu de cara no chão e rasgou tudo, o cara ficou bem fodido e meu pai deu sorte de não ter perdido o emprego porém pagou cesta básica pro governo por lesão corporal grave e se cometer o mesmo erro hoje poderia ser preso. Minha mãe se arrepende até hoje por ter condado isso pro meu pai.

Infelizmente ou felizmente esse cara que meu pai quebrou a cara morreu tem uns 15 anos de acidente, mas meu pai sempre o provocava depois da briga e os filhos dele que eram mais velhos sempre me perseguiam seu eu entender o porque daquilo acontecer. (Eu tinha 4 anos de idade pra você ter ideia). Enfim, da pra entender o odio dos filhos em querer atacar o meu pai.

Sei que esse caso já aconteceu há mais de 20 anos, tanto que hoje ele e minha mãe nem são mais casados mas acho que a agressão física é algo complicado.

Hoje em dia um soco não fica por isso e muitas vezes pode acabar até em coisas piores, mas se o cara continuar assediando sua namorada e ela não tomar atitude alguma, sugiro que coloque ela contra a parede e faça tomar alguma providência, denuncia-lo por assédio e expor o acontecido a orgãos competentes em vez de você querer sair no soco com o cara por um problema que nem é seu já que vocês não tinham nada serio quando isso aconteceu.


Se ela não te ouvir, termine com ela porque se ela realmente gostar de você não vai ter comportamento medíocre.
faRriaN

Veterano - nível 8

#1063964 Cara, muitos estão dizendo que porrada não resolve nada, eu discordo.
Quando sua namorada está com você, muita da atração que ela sente por você, é por ver alguém que a possa proteger porra!!!
O cara ataca ela, ela te fala, não é ela que tem que se defender, é você que tem que defender ela porque é você que tem 2 bolas no meio das pernas.
Porra cara, apanha o maluco sozinho e troca uma ideia com ele. Não precisa de quebrar a cara dele, basta encostar à parede e falar o que tem a falar na cara dele, se ele mostrar que ta pronto pa brigar e não para pedir desculpa você mete a mão na cara dele.
As bolas, são você que as têm, use-as!!!!
Avatar pua

Criador do tópico

DanJR

Veterano - nível 5

#1063966 Vamos lá,

Quanto aos comentarios sobre a dúvida dela ver prazer em me ver brigar, podem ter certeza que não é, pois ela até fica brava comigo por querer brigar.
Ela realmente é uma mina firmeza e não se enquadra num perfil de mulher com essas atitudes.
Quanto ao cara, ele não mexeu mais com ela depois de ter tentado agarrar, pois não cruzou com ela, mas tenho certeza que na primeira oportunidade, ao trombar na rua, vai faze-lo.
busso - MEMBRO EXCLUSIVO
#1063967 Cara, eu brigaria por tudo..menos por uma mulher. (A menos que fosse minha mãe ou irmã) ...Daqui a pouco ela faz uma cachorrada contigo e vc vai se arrepender até o ultimo fio de cabelo por ter brigado por ela... Se eu fosse vc no proximo encontro com o cara, diria que estava com a cabeça quente e que não tomou uma boa atitude, pediria desculpa..ele ia ver como uma atitude respeitosa da sua parte e não iria encomodar mais....Se vc ficar confrontando dai que eu acho que ele vai fazer questão de tentar pegar a sua mulhe.... Merda quanto mais mexe mais fede, esqueça isso... violencia nunca levou a nada meu amigo.
marcus serralha

Veterano - nível 10

#1063968 Cara, eu tenho o mesmo pensamento que o rapaz acima. Nunca que eu ia cair na mão com alguém por mulher alguma a não ser se fosse minha mãe ou irmã. Se eu fosse você esquecia esse maluco, você mesmo disse que sua namorada não está mais na empresa, então não tem porque você querer tirar mais satisfação com ele.

A satisfação que você teve que tirar você já fez e ele já ta ciente que se ele fizer algo com ela, você vai ficar sabendo.

Hoje em dia no mundo que estamos, infelizmente temos que controlar no ódio em qualquer situação porque qualquer um hoje consegue uma arma e faz uma merda.

Vai viver sua vida e esquece essa situação.

Agora caso ele fique atentando sua namorada, o melhor a se fazer é ir em uma delegacia. Ele tendo duas filhas vai ficar com o cuzinho na mão.

abraço.
Vinigh

Aprendiz

#1063969 mano não fala pra mulher dele não pq se a mulher dele separar dele ai que ele vai atras da sua então fica de boa pq isso ja passou e manda sua namorada mandar ele se fuder e dar um fora bem brutal nele
Avatar pua
Doctorkx

Veterano - nível 8

#1063973 Bom, eu jamais brigo por uma mulher, a não ser mãe ou irmã..

E hoje em dia uma briga assim pode gerar infinitas consequências..

Eu não ia encarar ele e nem nada..
Apenas ia ter uma conversa franca com ele e com a maior calma do mundo.. dizendo que isso não é papel de homem..

Um cara casado com filhos e querendo agarrar uma mulher já comprometida..
Ia perguntar se ele ia gostar que alguém ficasse querendo ficar com a mulher dele..

E ia dizer a ele que ia ser obrigado a procurar a mulher dele e contar tudo a ela se ele continuasse com isso..

Pois não acho justo ele fazer isso com a mãe dos filhos deles.. ( uma conversa com tom de deixar ele com sentimento de culpa)

Aí caso ele fosse apelar, aí eu esfregava a cara dele no asfalto e ainda dizendo:
Tentei ser legal com vc..