Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
jamesbond888

Aprendiz

#1040022 por isso falei em emprego de meio período porque você vai poder trabalhar e estudar também

Quando vc é adolescente tem tempo de sobra, mas mais importante que a quantidade de tempo de estudo é a qualidade

ANÚNCIOS

Avatar pua
Donnie

Aprendiz

#1040026 Sua situação nem é tão incomum assim. Meus pais também são supercontroladores então meio que sei como é, apesar de meu caso ser meio peculiar, mas que seja... isso não vem ao caso.

Cara, eu realmente acho que arranjar um emprego é um passo imortantíssimo, e não apenas pra pessoas com pais controladores, mas sim para todos na sua faixa de idade. Um emprego vai te ajudar a ganhar autonomia dos seus pais, e de quebra, tu ainda vai amadurecer um bocado no processo.

Estudar é sim importante, mas certas coisas só se aprende trabalhando, e nem estou falando de técnicas e procedimentos, e sim de coisas mais triviais como lidar com pressão, com pessoas, etc. Tente convencer seus pais disso e se possível, procure um bom emprego. Se conseguir um emprego de meio período, como aprendiz em uma boa empresa, melhor ainda. Nem se foque tanto no salário ainda, mas ter uma boa empresa na carteira logo de cara, pode te ajudar e muito no futuro, mesmo que tu vá trabalhar em uma área totalmente diferente dessa tua primeira experiência.

Quanto a sair pra farrear e aproveitar a liberdade da adolescência... digo que isso só é possível quando se tem o próprio dinheiro. Com dinheiro tu pode até entrar em uma auto-escola e aprender a dirigir de verdade, e assim, se livrar dessa encheção de saco gratuíta por parte do seu pai. E digo mais, pode ser que seus pais nunca mudem, e sempre continuem controladores, mas se o dinheiro for seu, se você não depender deles pra ir e vir, não terá nem como eles te segurarem.

Assuma mais responsabilidades se quiser mais liberdade!
No demais, aproveite a sua adolescência ao máximo que puder. haha

Ficarei aguardando os relatos da evolução do seu caso. Espero ter ajudado.