Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua

Criador do tópico

lukefontinele

Veterano - nível 7

#959391
Galera estou criando Esse Projeto para eu e vocês do fórum evoluir no desenvolvimento masculino e ter um estilo de vida interessante .
Então vou começar esse Projeto falando sobre o mal da masturbação e da pornografia porque que temos de parar de nos masturbar e de assistir pornografia .
Primeiramente vou lhe confessar uma coisa : acabei de mim masturbar duas vezes ! pois percebi que isso tá virando um vício e por isso quero mim ajudar e ajudar você tá bem para acabar com isso pois esse vício é o que mais prejudica na evolução pessoal de um homem.
Então vamos ver porquê temos que parar de nos masturbar e de assistir pornô .


01- Falta de libido na relação sexual normal.


Uma das consequências mais terríveis do vício em masturbação é a idealização da relação sexual. Ora, durante as sessões masturbatórias, o masturbador tem controle absoluto sobre todas as variáveis; desde o estímulo mecânico feito sob medida às fantasias sexuais. No entanto, na relação a dois as coisas se revelam muito menos satisfatórias; os dotes físicos do parceiro(a) são extremamente inferiores àqueles da fantasia e o resultado é a impotência sexual nos homens e frigidez nas mulheres.
Caso 1: uma jovem de vinte e um anos, que se masturba desde pequena, não sente nada quando faz amor com seu companheiro.
Caso 2: uma mulher jovem casou com um homem de quarenta e três anos, que nunca morou com uma mulher anteriormente, relata que o seu relacionamento está por um fio porque ele masturba-se todos os dias e não a procura para ter sexo.
Caso 3: uma jovem de vinte anos, que se masturba desde os 14 anos, descreve a sua situação de total frieza sexual durante os intercursos com o seu parceiro, apesar de não sentir falta de apetite sexual, que surge apenas através da masturbação.




02- Perdas cognitivas.
Os masturbadores contumazes costumam relatar perdas importantes em todas as faculdades cognitivas, tais como lapsos de memória, falta de concentração, raciocínio lento, diminuição da percepção, além de vários transtornos de fundo psicológico, tais como depressão, dificuldades de relacionamento, complexo de inferioridade, indecisão, gaguejo, etc.


03- Culpa.
Uma notória masturbadora confessou-me que, quando jovem, era devorada pela culpa cada vez que se masturbava. Por motivos difusos, não diretamente morais ou religiosos, a sua crescente culpa acabou-a afastando definitivamente do vício.

04- Tonturas e fraqueza.
A ejaculação é um processo tão desgastante, que alguns animais da natureza praticam o sexo uma vez na vida e morrem. Na espécie humana não poderia ser diferente, com o atenuante de que conseguimos recuperar em poucos minutos as nossas perdas. No entanto, os hábitos ferozes do masturbador impedem que o organismo recomponha as suas energias e os resultados são as famosas sensações de tontura e fraqueza generalizada, devido à perda contínua de nutrientes contidos no líquido seminal.
Nas mulheres, apesar do fato não ser tão óbvio, já que o processo ejaculatório nelas é muito mais sutil, semelhante a uma “ejaculação para dentro”, termina acarretando os mesmos sintomas descritos aqui.

05- Ejaculação sem ereção.
Os americanos chamam este fenômeno de semen leakage, que é nitidamente uma das piores anomalias resultantes da masturbação excessiva. É uma condição bastante embaraçosa em que o líquido seminal praticamente “vaza” do pênis mole, sem ereção, durante a manipulação. Por vezes, este problema redunda na chamada "impotência adolescente" (youthful impotence), que uma coisa popularmente relacionada a "excesso de bronha", quando o adolescente se desempenha bem na masturbação e falha miseravelmente na hora "H" nos encontros com as garotas.
Relato de impotência adolescente causada por masturbação.

06- Ejaculação precoce.
Logicamente, que depois de passar pelo estágio do semen leakage, a decorrência natural será a ejaculação precoce durante as relações sexuais reais – um dos maiores pesadelos masculinos.

07- Dores testiculares.
Muitos viciados reportam dores nos testículos após as maratonas masturbatórias, o que é um dos muitos efeitos colaterais causados por este vício, provocado pelo esgotamento do aparelho genital.
Over masturbation.

08- Perdas nas relações sociais.
Coloquemos as coisas desta forma: um masturbador(a) pesado necessita de um bom pedaço de tempo do seu dia para se dedicar ao seu vício. Ora, justamente a falta de tempo é a grande responsável pelo distanciamento dos amigos e do enfraquecimento dos laços sociais. Consequentemente, o masturbador acaba sacrificando o seu círculo de relações, ate mesmo devido aos danos psicológicos relatados no item 4.

09- Dissolução familiar.
Dificilmente um masturbador(a) consegue reter um casamento por muito tempo devido à sua obsessão pelo sexo solitário, que lhe suga toda a libido. Ironicamente, um masturbador que relata ter se separado da sua mulher por não sentir tesão por ela, usava as imagens dela nas suas fantasias, e ele próprio pergunta: dá para entender?

10- Afinamento e perda de cabelo.
Uma das grandes preocupações dos(as) masturbadores é a perda de cabelo e o seu afinamento. Ora, a produção capilar está diretamente relacionada à produção de hormônios, que no caso dos masturbadores, são expelidos copiosamente para fora do organismo, inseridos nos fluídos sexuais – sêmen no homem e líquido das glândulas de Skene na mulher.
Does Over Masturbation really cause Hair Loss?


11- Exaustão sexual.
A consequência lógica de todos os sintomas acima relatados é o esgotamento físico e mental, causado pelo progressivo “esvaziamento” do masturbador de seus hormônios mais preciosos.
Excessive Masturbation Trigger Sexual Exhaustion Symptoms.


Fonte : http://www.renoveamente.com/2012/02/11- ... bacao.html


Imagem

ANÚNCIOS