O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#928640 Prezados amigos,

O que vou ser quando crescer?
Casar ou Comprar uma Bicicleta?
Abrir um empresa ou trabalhar para os outros?
Ser ou não ser? Eis a questão.

Quantas decisões temos que tomar diariamente, quantas incertezas. Quanta angústia.

A angústia existencial (Zimmermann, 1995, p. 108) pode ser considerada uma força obscura, espécie de potência irracional, destarte um suplício contraditório; constitui-se atualmente em uma das maiores dificuldades que afligem a vida do indivíduo.
...
A angústia surge, então, sempre que existe a possibilidade de escolher ou de não escolher; se não escolhe, o indivíduo fica paralisado; porém, o indivíduo, em muitas ocasiões, tem medo de escolher e de se perder nesta escolha, de fazer a escolha equivocada. A realidade é que a existência é possibilidade e, portanto, quase sempre angústia (May et al., 1968, p. 20)4. A certeza é uma qualidade interna, acessível só para o indivíduo que pode pensar, sentir e atuar como uma unidade psicológica e ética.


Durante nossa vida, teremos que fazer muitas escolhas, certas ou erradas, estas escolhas nos trarão consequências e novas escolhas em um ciclo continuo, até o dia de nossa morte.

Então, a angustia é um sentimento constante em nossa vida, muitos acham isso ruim, mas se olharmos pelo lado positivo, ela nos mantem caminhando sempre em alguma direção. Tudo depende de como você encara este sentimento.

Se você esta empregado, naquela rotina segura e confortável, talvez sua angustia seja por não ter dinheiro suficiente. Então você decida ser LIVRE, trabalhar por conta própria, abrindo uma empresa, a probabilidade de sua angustia tronar-se ainda maior é enorme, pois você perderá sua rotina segura e confortável e poderá ficar sem dinheiro algum. E ai, vai encarar?

...A liberdade individual deve se distinguir radicalmente da mera liberdade das restrições sociais que formavam a concepção dominante de liberdade desde o Renascimento e deve distinguir-se das fatídicas e mecânicas pseudolibertações, do típico participante da rotina burguesa no âmbito comercial e industrial. A realização dessas possibilidades implica aventurar-se continuamente em novas áreas, enfrentando novos desafios (May et al., 1968, p. 251)3; liberdade deste modo implica angústia potencial, sendo que “a angústia é a possibilidade da liberdade” (Reale e Antiseri, 1990, p. 239)
...
O indivíduo tem diante de si inúmeras opções viáveis, sendo inteiramente livre para decidir; ele sabe que sua liberdade de escolha é infinita e, ao dar-se conta de suas possibilidades e do peso da responsabilidade de suas escolhas, o sentimento de medo e angústia surge, pois implica sempre um ponto de interrogação quanto a seu futuro. Ao captar através da reflexão e interiorização o peso e o significado de sua liberdade de escolha, ocorre a “vertigem da liberdade” (Kierkegaard, 1968, p. 66), que nada mais é que a consciência da liberdade para efetivar o caminho a ser trilhado.
...
Ao abordar esta questão que é tão decisiva na vida humana, Kierkegaard afirma que o indivíduo sente angústia até o momento em que se liberta enquanto indivíduo. O sujeito é livre para escolher. Ser livre significa contribuir para a própria realização, mas também significa poder negá-la. Este é o frágil terreno da possibilidade, da escolha e, conseqüentemente, da angústia. A história é a realidade que antecede a possibilidade da liberdade: “A possibilidade da liberdade não coincide, porém, com o poder de escolher entre o bem e o mal. [...] a possibilidade está em poder” (Kierkegaard, 1968, p. 53).


A muito tempo, tomei a decisão de ser LIVRE, no inicio, a angustia era intensa, materializando-se em preocupações, medos , stress, insonia, falta de dinheiro, incertezas e inseguranças. Mas o premio no LONGO PRAZO sempre foi melhor que a outra opção: Ser um homem angustiado SEM dinheiro, ou, um homem angustiado COM dinheiro. A angustia é uma constante nos dois casos.

...Existem verdades nas quais temos de comprometer a nós mesmos, tão essenciais que a existência é incompreensível sem elas, e sem as quais a vida não tem sentido. Essas verdades não fornecem o "em si" do sentido da vida, objetivo e intemporal, mas um sentido" para si", para a subjetividade, para aquele indivíduo concreto que vive aqui e agora, cuja alma é incessantemente agitada pelas incertezas da existência e pelas escolhas diante das quais ela o coloca (Le Blanc, 2003, p. 13)....


Quando não se tem dinheiro, sua preocupação é ganha-lo, quando se tem dinheiro, sua preocupação é não perde-lo, para alguns, é ganhar mais e mais. Então a angustia continua presente.

...Para Kierkegaard, a angústia neurótica (May et al., 1968, p. 29) é o resultado do bloqueio emocional, que acontece quando o sujeito tem medo da liberdade. Este bloqueio impede a expansão e implica constrição nas áreas da liberdade, da experiência, da consciência e da criatividade.
...
A vida humana é feita de constantes escolhas. Em cada escolha, o indivíduo provavelmente terá perdas, e a angústia surge justamente pelo medo das perdas decorrentes de não se ter tomado a melhor decisão. Para escolher o melhor caminho, o indivíduo autêntico necessita ter coragem e lucidez para escolher independentemente do medo. Ele deve ir além do medo e, assim, efetivar sua autoconquista. Se nos inquirimos sobre o fundamento da angústia para Kierkegaard, podemos dizer que só através desta experiência, apesar de dolorosa, o homem poderá elevar-se à existência autêntica. Só na medida em que for capaz de passar, terá condições de ser existencialmente livre. É então compreensível que Kierkegaard qualifique o sentimento de angústia como um mestre, efetivamente o mestre “primeiro”, podendo até ser muito proveitoso se o indivíduo souber tirar partido dele. Afirmava que a angústia, de fato, é melhor mestre que a realidade, visto que a realidade pode ser evitada temporariamente através de fugas consumistas e/ou ilusórias, ao passo que a angústia é uma educadora que sempre está a postos no íntimo de cada indivíduo e que, a qualquer momento, o invade, pegando-o desprevenido.


Depois de pensar a respeito, talvez vocês entendam que a Angustia não é tão má quando parece, ela pode te fazer andar a frente, tudo depende de como a vê. Então vamos reforçar as regras do projeto Startups:

- A primeira regra do projeto startup é: Você não quer ficar RICO, quer ser um homem LIVRE.
- A segunda regra do projeto startup é: Você não quer ficar RICO, quer ser um homem LIVRE.
- A terceira regra do projeto startup é: A angustia é o primeiro mestre.

No próximo artigo, vou tratar do Entusiasmo.

Leitura sugerida :
- Os 3 Verbos do Sucesso, na Vida e no Jogo - SER;
- Os 3 Verbos do Sucesso, na Vida e no Jogo - FAZER;
- Os 3 Verbos do Sucesso, na Vida e no Jogo - TER;
- Sobre o Medo do Fracasso e a Incerteza do Sucesso.

Grande abraço e sucesso, na vida e no jogo.

Meus artigos- Descobertas e Evolução, Artigos e Relatos de Riker.T

Fonte: Angústia existencial sob a ótica reflexiva de Soren Aabye Kierkegaard, Maria de Fátima Oliviéri (2007)

ANÚNCIOS

Avatar pua
feeelps1

PUA EXPERT

#928655 Saudações, capitão!

Gostaria de lhe parabenizar pelo empenho que você tem pela comunidade, pelo esforço demonstrado pela mesma e por nos presentar com relatos e projetos como esses, estou acompanhando de perto tudo que escreve no Projeto Startups. Simplesmente magnífico!

Um abraço e sucesso! :ae
Avatar pua
terrorista

Aprendiz

#928658 Esse ponto de vista me lembra muito uma passagem do assim falava zaratustra de Nietzsche: demore o tempo que for pra você ver o que quer da vida, depois de reconhecer não recue mediante a nenhum pretexto pois o mundo tentará te dissuadir.

Depois que li o artigo que você sugeriu mudei minhas perspectiva angustiante.
Avatar pua
Topera - MEMBRO EXCLUSIVO
#928663 Curti demais esse artigo, vai bastante de encontra com a fase que estou, acabei de me formar a pouco e fico na dúvida de o que fazer: Passar em concursos públicos, ir pra iniciativa privada, empreender, procurar outros caminhos.
Causa bastante reflexão.
Avatar pua
sillar - MEMBRO EXCLUSIVO
#928665 Foda demais ... quando lí todo o artigo confesso que fiquei mais confuso do que sou kkkkkk... comecei a questionar tudo e principalmente comecei a questionar a maneira em que vivemos, atualmente somos como bonecos que vivem através de regras impostas pela moda, indústria e meios de comunicação que nos tratam como "a massa", somos manipulados o tempo todo.

Agora entendo quando o Riker.T falava sobre sair da Matrix.......
Avatar pua
Cuequinha

PUA EXPERT

#928684 Caro Riker T.
Obrigado pela imensa colaboração para o fórum que encontra-se em escassez quanto à tópicos relacionados a vida do indivíduo como um todo, e não apenas na área da pegação.

Andei pensando esses dias sobre este assunto, e cheguei a conclusão (tenho 18 anos) de que quero ser rico, sim, mas não é para "ostentar" ou comprar alguma coisa que desejo e é muito cara... é simplesmente pelo fato de estar livre, mas não no sentido da angústia, pois creio que sempre estaremos angustiados (mesmo que pouco), e insatisfeitos...

E estar livre, significa poder ter TEMPO para VIVER e EVOLUIR culturalmente, e aprimorar habilidades pessoais cada vez mais.

Por exemplo, eu trabalho. Segundo alguns livros de independência financeira, "o trabalho é um inconveniente temporário", e eu concordo com isso. Na prática, você pode trabalhar o quanto quiser durante a vida. Mas não deve PRECISAR trabalhar.

É preciso trabalhar ou simplesmente criar condições financeiras necessárias para a libertação, e foco muito nisso, mesmo que não tenha minha vida independente (moro com meus pais ainda).

Grande tópico.

Abraços,
Cuequinha
Avatar pua
terrorista

Aprendiz

#928722 Riker T, você esta colaborando e muito com esse tipo de trabalho aqui dentro da comunidade, só tenho a lhe agradecer por isso.

Eu gostaria de fazer uma sugestão, no 1° post desse projeto você indicou um artigo para ser lido e nesse você indicou alguns posts seus, teria como você indicar mais materiais para leitura ou até mesmo vídeos?
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#928733 Prezado @terrorista

No primeiro artigo que indiquei, existe uma lista de 12 livros e 1 filme, que são a bibliografia da serie dos Verbos do Sucesso e de muitos outros artigos que escrevi. Alguns podem ser baixados na biblioteca do PB no padrão PDF, pelo menos os do Robert Greene. Creio que seja leitura suficiente por um bom tempo.

Outros filmes que posso sugerir são :

- Lincon;
- Mandela, Luta pela Liberdade;(Goodbye Bafana)
- Invictus;
- O discurso do Rei; (The King's Speech)
- Lutero ;
- Gandhi;
- Tempo de Gloria;(Glory)
- Fomos Herois; (We were soldiers)
- Com Mérito;(With honors)
- Desafio do Destino; (The Rookie)
- Um sonho de liberdade;(The Shawshank Redemption)
- Meu querido presidente;(The american president)
- Um sonho possível.(The Blind Side)

A medida que o projeto for se desenvolvendo, farei novas indicações.

Grande abraço e sucesso, na vida e no jogo.
Avatar pua
terrorista

Aprendiz

#929002 Obrigado Riker. T infelizmente devo ter passado por cima dessas indicações.

Uma coisa que percebo na literatura proposta e algumas que já tinha conhecimento, desde: Nietzsche, Sartre, Kierkgaard até Robert Greene, é uma forma realística de se ver a vida. Enxerga essa angustia como forma de construção sua enquanto indivíduo.

Encontrei uma parte no 'às 33 estratégias de guerra' do Robert Greene que me fez refletir e quem sabe até complementar esse post, algo mais ou menos assim:

"Aquilo que com mais frequência o desanima e o deixa infeliz é o passado, na forma de apegos desnecessários, repetições de fórmulas desgastadas e a lembrança de antigas vitórias e derrotas. Você deve travar conscientemente uma batalha contra o passado e fazer um esforço para reagir ao momento presente. Seja implacável com você mesmo; não repita os mesmo métodos esgotados. Às vezes você precisa se obrigar a partir em novas direções, mesmo se elas envolvem riscos. O que você talvez perca em conforto e segurança, ganhará em surpresa, deixando seus inimigos sem saber o que vai fazer. Trave uma guerrilha mentalmente, não aceitando linhas estáticas de defesas, nenhuma cidadela exposta - torne tudo fluído e móvel"

Obrigado pelos artigos, esperando a continuação.
Avatar pua
Kirk

Aprendiz

#929491 Ótimo artigo e iniciativa Riker.T. Me lembrei de uma época em que pensava em concursos públicos, somente pela "estabilidade" oferecida, e o tempo livre que me traria, na verdade um ócio deprimente. Poste o quanto antes seus artigos e indicações. E espero realmente que o pessoal do fórum possa aproveitar para crescer pessoalmente. Sedução não é tudo na vida. Abraço.