Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.

O que é ser um sedutor natural para você?

8
6%
18
15%
47
38%
51
41%
Kïng
#884466 Se o sentido de natural for levado em consideração ao universo PUA, é evidente que aquele que não se dispôs a tal conhecimento científico/consciente, que não leu materiais, que não seguiu regras, que não se importou em saber como funciona o comportamento feminino na teoria, resumidamente: que não sabe da existência do que foi supracitado, é o natural.

Mas, se a gente pega a palavra natural no sentido geral, filosoficamente falando, talvez o que se aproxime mais do que foi relacionado com o sentido de natural, seja a primeira opção: o instintivo. Pois não foi aprendido, ninguém ensinou, ele simplesmente foi lá e fez, deu certo e ganhou. Natural não sofre modificações, e tudo aquilo que sofre uma modificação, deixa de ser natural.

Em minha opinião, o natural está na cabeça de cada um. Na intenção da atitude. Se você age partindo de um pensamento, de uma tática, usufruindo de uma estratégia, sendo pua ou não-pua, você não está sendo natural. Você está modificando o natural. É errado? Óbvio que não.
Avatar pua
>>Psychokiller<<
#884501 King, então você fica com a primeira opção.

Vale lembrar que tal opção é mais contestada, não só pelas outras linhas de pensamento que definem o termo natural em relação a comportamentos, mas também pelas ciências da antropologia e da biologia que atestam como impossível tal atitude predominante nos humanos.

Não se pode agir apenas instintivamente/inatamente, porque a maior parte dos comportamentos humanos são aprendidos. O beijo por exemplo é um exemplo de comportamento aprendido, a caça e o plantio do alimento e a própria forma de come-los são mais exemplos de comportamentos aprendidos.

Logo tal linha de pensamento estaria refutada, a não ser que revisse sua definição.

Abraços!
Avatar pua
zTito
#884502 >>Psychokiller<<, eu particulamente admiro o modo como você debate e compartilha conhecimentos com as pessoas aqui no fórum, porém pelo que li aqui parece que você não deu sua opinião definitiva sobre este debate, logo eu gostaria de saber qual foi a sua opção escolhida e comentasse porque escolheu ela. :ae

Abraço.
Kïng
#884521 Psycho, ficaria com a primeira opinião se o sentido da palavra natural fosse levada para o lado filosófico, visto que tudo aquilo que sofre modificação deixa de ser natural. Diante desses fatos, não existiria sedutor natural, tendo em vista que tudo é aprendido, tudo se modifica com o tempo.

Trazendo para o PUA, ficaria com a opção 2, que nunca estudou o PickUp.

RESUMINDO TUDO: Opção 2.
Avatar pua
>>Psychokiller<<
#884556
zTito escreveu:>>Psychokiller<<, eu particulamente admiro o modo como você debate e compartilha conhecimentos com as pessoas aqui no fórum, porém pelo que li aqui parece que você não deu sua opinião definitiva sobre este debate, logo eu gostaria de saber qual foi a sua opção escolhida e comentasse porque escolheu ela. :ae

Abraço.

Verdade, até o momento eu não havia exposto a minha opinião, mas apenas estimulado o debate. Então vamos a ela:

Eu votei na opção quatro por ser a que mais espelha minha visão de naturalidade, que é justamente a de ter alcançado após a prática extensiva, competência suficiente num(a) comportamento/área de forma que eu seja capaz de executa-lo(a) de forma inconsciente e automática, sem precisar maquinar cada ação mentalmente antes de pode executa-la de fato.

Porém eu acho possível unir a opção quatro a três, você pode por exemplo dar enfase a criatividade e improviso além de evitar o uso de materiais decorados, mas só se considerar natural depois de praticar extensivamente algumas destas técnicas que estimulam a criatividade e o improviso, se tornando tão eficiente na aplicação delas que elas se tornariam inconscientes e automáticas, internalizando desta forma o aprendizado das mesmas. Neste estágio eu seria criativo, improvisador, não usaria material decorado e me comportaria de maneira automática e inconsciente, ou seja, eu estaria sendo natural apresentando um comportamento referente tanto a opção 3 como a 4 também.

O mesmo eu penso das outras duas opções (1 e 2), o problema é que ambas são altamente contestáveis, precisando uma boa revisão.

Poderíamos resolver isso da seguinte maneira, trocando a necessidade de comportamentos instintivos e inatos da opção 1 por impulsos instintivos e inatos para se considerar natural. Se não necessitar que todos os seus comportamentos sejam instintivos e inatos (já que de acordo com a ciência a maior parte deles são aprendidos e não inatos e/ou instintivos) é mais fácil atingir a naturalidade, pois impulsos estão relacionados com os desejos e vontades ( e apesar de muitos serem socialmente/ambientemente condicionados) é mais possível seguir os de origem instintiva e inata. Seguir nossas vontades instintivas é uma coisa, mesmo que talvez impossível em todas as ocasiões já é possível em boa parte delas, e o comportamento que se produz a partir dai é essencialmente e geralmente aprendido, mas como esta não é mais um critério, não faz mal.

A segunda opção deveria também restringir seus critérios apenas ao fato de nunca ter estudado formalmente sedução, ou seja, lido um livro metódico sobre o assunto, assistido a uma vídeo-aula de técnicas e teorias PU e/ou praticado conscientemente algum método sistemático de sedução. Mas que permitisse a ideia do aprendizado informal e/ou não consciente, como por exemplo os macetes que aprendemos observando outros sedutores em ação, seja na TV (em filmes, séries, novelas e etc.), seja algum amigo nosso, parente, ou mesmo um desconhecido qualquer. Seja numa conversa informal sobre sedução com alguém, seja na tentativa e erro e etc.

Outro fato que deveria ser restringido seria o fato de não poder ter consciência da estratégica de sedução que você esteja usando enquanto a estiver usando, pois isso pode acontecer ocasionalmente tanto com o sedutor natural que nunca estudou PU quanto com o sedutor natural PUA. Ambos estão usando jogadas, macetes, que talvez já usaram antes e que eles possam ter consciência de como geralmente funciona, bem como ideias se a garota esta ou não atraída por você, se a nossa técnica esta ou não funcionando onde essas coisas podem ocasionalmente virem a luz da consciência enquanto estiverem acontecendo. Logo se este critério não fosse excluído, tanto o PUA, quanto o cara que nunca estudou sedução formalmente estariam fadados a fracassarem em ser classificados como naturais.

Feito estas correções, as opções 1 e 2 passariam a serem mais aceitáveis, além também de conciliáveis.

Tendo feito estas revisões, talvez fosse até possível conciliar todas as 4 opções numa única metodologia de ação, onde se seguisse diretamente sempre que possível nossos impulsos instintivos sexuais, nunca tendo estudado formalmente sedução, agindo automaticamente e eficientemente com uma base de ação internalizada, de forma criativa (sempre que possível) e na base do improviso (sem usar nada decorado ou completamente pronto).

Abraços!

:ae
Avatar pua
>>Psychokiller<<
#884558
Kïng escreveu:Psycho, ficaria com a primeira opinião se o sentido da palavra natural fosse levada para o lado filosófico, visto que tudo aquilo que sofre modificação deixa de ser natural. Diante desses fatos, não existiria sedutor natural, tendo em vista que tudo é aprendido, tudo se modifica com o tempo.
Aqui você partiria da ideia que só é natural aquilo que nasce com o indivíduo; que não se adquire; que é inato, que não muda.

Porém poderíamos argumentar que por o ser-humano ser um ser social/racional, este adquiriu capacidade de criar a cultura e os costumes sociais hoje vigentes, pode assim argumentar que o homem nasceu com esta capacidade inata de criar comportamento e tendências comportamentais, e que os comportamentos por ele produzidos/criados são inerentes a sua própria natureza social/racional e cultural, e por isso; naturais.

Não se vê por exemplo esta capacidade de criar cultura e costumes sociais no reino animal, porque isso não é inerente a natureza dos outros animais, mas somente a humana. Logo produzir e criar comportamentos moldados pela cultura/sociedade e etc. é natural do ser humano por ser inerente a sua natureza social/racional.

Além de ser da natureza humana criar costumes comportamentais, é também da natureza humana aprender a se comportar de acordo com os costumes, já que ele nasce sem saber caçar/plantar alimento, sem saber como comer adequadamente, como andar, como correr, e mesmo como falar, ou como fazer a maioria das coisas, tendo que aprender todas elas mediante a convivência com pessoas que possam ensina-lo a isso.

Então aprender e criar algo, para o ser humano, seria perfeitamente natural.

Além disso existe um outro argumento científico/filosófico alternativo a sua linha de pensamento de que só é natural o que não se modifica (transforma), Lavoisier lançou sua grande máxima quando disse que "na natureza nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma (modifica)"

Sobre a sua escolha da opção dois, entendo-a perfeitamente, partindo do pressuposto que você tenha admitido as mudanças nela por mim realizadas em resposta ao nosso amigo @zTito.

Abraços!
Avatar pua
yg0zera
#884569
Que cria e improvisa e não usa enlatados decorados


Esse foi meu voto, ainda não li nenhum outro comentário antes de postar o meu parecer. Penso que existem dois tipos de natural:

Vamos chamar de natural A, o natural A, é aquele cara que nunca teve contato com o PU ou nenhum outro metodo, esse cara pode ter se tornado um natural duas, e até da margem de interpretação para uma terceira forma.

    1. Pela beleza: a beleza ao meu modo de ver pode criar naturais, eu tenho um amigo natural, que só é natural por ser bonito, as conversações dele não nada diferente da maioria do pessoal que começa no PU. Mas ele consegue sucesso com as mulheres, em alguns casos ele pode ter traços das outras caracteriscas que vou citar, a beleza não é comportamental por isso nesse caso ele pode ser um natural beta, omega, ou alpha. Ele também pode ganhar essa beleza, como? malhando, mesmo não sendo atraente ele poderá ganhar a atenção se tiver um corpo legal.
    2. Por conviver com uma pessoa alpha ao longo de sua vida: Quando o natural A, tem convivencia com algum tio/irmão/pai, alguma figura que ele possa se espelhar na infancia/adolescencia que se da bem com mulheres, ele pode como eu já disse anteriormente, se espelhar em tal pessoa, (eu tinha essa ideia clara em minha mente, só não sabia como explicar, mas graças ao livro Poder sem Limites que fala muito sobre se espelhar, um processo de ancoragem, que você pode fazer algo se alguma outra pessoa faz) EX: Se uma pessoa acorda as 6, e você tem dificuldade pra acordar as 6, convivendo com essa pessoa, pegando para sí suas caracteristicas, fazendo as coisas da maneira da pessoa que acorda as 6, durante 22 dias, o tempo necessario que se leva para criar um hábito, você também podera acordar as 6. Recomendo este livro, é bom.


    3. Pelo circulo social que o natural A se encontra: Como estudamos e sabemos, desde a pré historia o lider do grupo, sempre tem as femeas ao seu dispor. O natural A pode ser o lider do grupo, mesmo sendo um beta ele pode liderar um grupo e ser tornar atraente, e com o tempo natural por isso. Nos dias atuais isso pode ter haver com o dinheiro e interesses também, nesse caso ele não seria tão natural assim, mas isso atrairia garotas para o natural A.


Agora vamos falar do natural B, no caso apenas adotei letras e numeros para organizar melhor as ideias, nada de um é melhor que o outro etc etc. O natural B é aquele que estudou o PU, esse tem apenas duas formas, vamos a elas:

    1. Natural PUA: Ele estudou o PU, praticou, praticou arduamente, e se tornou um natural, de tanto praticar, essa é semelhante a forma 2 do natural A, o natural A2 passa por uma experiencia semelhante, mesmo ele tendo a referencia, ele vai a campo erra e aprende com o erro, eu não sei se internalizar é realmente a palavra, mas atualmente eu penso que é semelhante de novo ao A2, o A2 tem a presença pessoal de uma referencia, o B1 ele buscou no PU alguma referencia e passou pelo mesmo processo da pessoa que acorda as 6, então ele se tornou um natural.

    2. O natural convertido: O nome pouco importa, o importante é que se entenda a ideia, como eu disse anteriormente, só nomeio e classifico pra melhor organização das ideias. O natural convertido nunca foi um fracassado com as mulheres, ele pode até ter sido até o contrario, se dado bem com as mulheres, ou ter sido um meio termo, ele passou por algum dos estagios do natural A, mas caiu no PU, então ele compreende tudo que fez ou faz, de forma como 1+1=2 e com classificações.


Conclusão:
Assim como ninguém nasce sabendo algo, algumas coisas nos marcam por acontecerem na infancia, os naturais também não nascem sendo naturais, de alguma forma ou outra eles se tornam. Uma citação que eu gosto de levar comigo é: "A diferença do Artista da Seducação é que para ele não existe sorte, ele tem todos os conhecimentos necessarios para o sucesso de uma abordagem, assim como o craque pode entrar em campo e machucar no primeiro minuto, ele pode fazer o gol da vitória no ultimo minuto, isso é extra campo, mas o PU sabe quando ele acerta em uma intereção e quando ele erra, não existe sorte, a maioria dos outros homens, naturais ou não, creditam o sucesso com as mulheres para a sorte, "ah, hoje eu tive sorte, ou hoje tive azar" o artista da sedução navega pelo cortex da interação, sabe definir o estágio que ele está, e se ele falhar é consequencia de seu jogo, e se também acertar é consequencia de seu jogo. O Artista da sedução pode consertar ou salvar uma interação pois sabe onde errou e como arrumar, o outro cara até pode conseguir, mas não sera sempre, porque ele não sabe o que fez de errado, não navega pelo cortex da interação.

Off topic:
Era desse tipo de discussão que o fórum estava precisando, valeu Psycho, sempre acompanho seus artigos, keep it comin' bro!
Avatar pua
>>Psychokiller<<
#884610 yg0zera
Percebi que você colocou como críterio determinante para um sedutor ser considerado natural, o fato dele ser eficiente (alcançando resultados de sucesso ao conseguir seduzir as garotas).

Para você isso pode ser conseguido de diversas maneiras, através da aparência ou do apredizado e experiência.

Pelo que vi para você isso ainda se divide em mais dois grupos, os que estudaram a sedução de maneira formal (Os PUA's), que podem ou não contar também com a aparência, e os que aprenderam de maneira informal (nunca estudaram sedução) e/ou que contam com sua aparência (apenas).

Só não ficou muito claro a diferença entre um PUA natural e um PUA não-natural, ou mesmo a de um sedutor natural para um sedutor não-natural, acredtito que apenas a eficiência não seja críterio suficiente para separa-los. Pois se a tomassemos como sendo, deveriamos começar a considerar na comunidade de sedução todos os PUA's que consigam pegar a mulher que desejam na maioria das vezes, como naturais, mesmo que eles tenham recitado textos decorados e realizado jogadas ensaiadas, condorda comigo?

Abraços!
Avatar pua
Christian Grey PUA
#884614 Sem dúvidas é o que já internalizou os conteúdos de Pickup :ae
Avatar pua
yg0zera
#884634 Então eu considero não-natural aquele que segue um método, outro dia mesmo vi uma discussão aqui sobre o MM, alguns caras que usam o MM e que é eficiente, debatendo com outros que dizem que é ultrapassado e defendiam o jogo direto, se eles seguem um estilo não são naturais. O natural como o proprio nome já diz é apenas seguir aquela vontade de abordar a garota, e isso tem de ser natural, não superficial. Para se tornar um natural precisa de tempo e só se consegue batendo com a cabeça na parede, no começo pode até soar como algo sintetico, vamos adotar como exemplo uma pessoa que nunca fez um teatro na vida e um ator profissional, o primeiro apenas lê o texto, sem expressão facial nem nada, e o segundo interpreta como se estivesse vivendo o personagem, um dia a pessoa que nunca interpretou poed se tornar um ator profissional, mas necessita pratica. No mundo da sedução temos varias escolas também, e um Shakespeare, o MM, a maioria começou por ele ou por uma pessoa influenciada por ele, a partir do momento que a pessoa deixa isso de lado e aplica os conceitos que aprendeu no pick up com base em sua experiencia e adaptado a sua cultura ele se torna um natural B como citei ali em cima, mas não quer dizer que todo artista da sedução que consegue sucesso com mulheres seja um natural.