O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!

Criador do tópico

Lovi's

Aprendiz

#425000 Quem somos nós? Deus existe? Quando e como serei feliz?


Numa tribo indígena, um indivíduo que havia recebido alguns ensinamentos espirituais dos mestres tribais teve um insight numa noite enquanto observava as estrelas.
Ele disse então que as estrelas são luzes assim como todo o universo. Deus é luz, nós somos luzes, os animais são luzes.
Se tudo é luz como Deus, tudo o que existe é uma manifestação do ser denominado Deus. Tudo é Deus.
A percepção humana é apenas a luz que percebe a luz.
A matéria é um espelho, que reflete a luz e cria imagens dessa luz, e a mente, é apenas a fumaça que não permite enxerguemos quem realmente somos.
Uma vez que o indivíduo soube quem realmente era, olhou ao redor para os outros seres humanos e para o restante da natureza e ficou surpreso com o que viu. Viu ele mesmo em tudo.
Sou Deus. Mas você também é Deus. Somos o mesmo, eu e você. Somos imagens de luz. Somos Deus.


Esse texto foi uma releitura do texto inicial do livro "Os quatro compromissos" de miguel Ruiz. Um livro fantástico como "O poder do agora" e "O despertar de uma nova consciência" de Eckhart Tolle, "A arte da felicidade", de Sua Santidade o Dalai Lama e os livros do Osho, que nos remetem as perguntas iniciais do texto.
Buscarei trazer nas próximas semanas o que venho aprendendo com essas leituras e de artigos de alguns blogs como Papo de Homem e mude.nu e colunas como de Ivan Martins e Eliana Brum, da revista época e espero que nos posts possamos aumentar o âmbito da discussão com sugestões de livros feitas por vocês. O importante é olhar para dentro.


Voltando ao texto, que mensagem essa história quer nos deixar?
Que somos luz e a matéria é um espelho. Que somos Deus. O que isso quer dizer?

Vemos nos outros a nós mesmos. Se somos pessoas positivistas, vemos o lado bom das pessoas. Se eu não confio em mim, como vou confiar em alguém. Se nos "vendemos" por dinheiro, cremos que todos são gananciosos.
Sermos Deus nos remete a um todo. Se você faz mal aos outros também faz mal a si.

Essas são umas das várias interpretações que a história pode ter, mas o mais importante é que você comece a refletir sobre o assunto. Quem sou eu?

Aprofundarei sobre o assunto em artigos futuros que escreverei semanalmente.

Quero deixar bem claro que não sou nenhum mestre espiritual ou guru ou sei lá que seja, que tenha todas as respostas. Pelo contrário, um dos objetivo de escrever esses artigos é me ajudar a incorporar essas idéias na minha vida. Ou até perceber que elas não tem sentido.

Como li eu um livro uma vez: "A maior prova de que o Universo é amigável é que a melhor maneira de aprender é ensinando."

Um abraço!

ANÚNCIOS