Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua
FelizNatal - MEMBRO EXCLUSIVO
#892654 Grande reflexão Hiker,e assim como nosso colega diz:
Shurns escreveu:Às vezes ficamos tão surpreendidos com o conhecimento que o mundo da sedução nos fornece que paramos todas as outras coisas. Nosso foco se torna a sedução.

Acontece que nós somos muito mais do que meros sedutores. Nós seremos o João, ou o Ricardo, ou o Ícaro, ou o José para o resto da vida, até que morramos. Então devemos nos preocupar sim em termos uma qualidade de vida boa, uma tranquilidade, uma preocupação com o agora e um olhar no futuro.


Ao entrarmos neste mundo,muitas vezes esquecemos de outros ponto,
Por isso seus ensinamentos tem nos trazidos grandes aprendizados,pois mescla
o mundo real com o virtual,mistura idades e experiencias e isso apresenta
para uma geração após a sua,um conhecimento rico.


Uma citação biblica famosa e muitos construtiva é a seguinte.

Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer, tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar, e tempo de edificar, tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de saltar de alegria. Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras, tempo de buscar e tempo de perder, tempo de guardar, e tempo de jogar fora. Tempo de rasgar, e tempo de coser, tempo de estar calado, e tempo de falar, tempo de amar e tempo de aborrecer, tempo de guerra e tempo de paz. – Eclesiastes ( 3: 1-8 )


No fim tudo passa,a unica coisa que fica é nós mesmo
Devemos evoluir nao so no jogo,mas na vida!
Mera tolice e desconhecimento do jogo,achar que o negocio aqui é pegar mulher
O negocio aqui é as mulheres pegarem voce.
É elas entrarem em sua vida,e nao voce nas delas.

Obrigado pelo artigo
:ae

ANÚNCIOS

Avatar pua
Bruno da silva - MEMBRO EXCLUSIVO
#908998 Nós somos seres frágeis e não sabemos o dia de amanhã, talvez chegue o momento em que um dia em que estivermos velhos os nossos ascendentes estarão mortos, por isso é muito importante um homem construir uma familia equilibrada e cerque de boas pessoas para que quando estivermos doentes e não poder mais trabalhar possam estar ao nosso lado firme e forte. parabéns riker t, seu post me fez refletir e abrir os olhos. :ae
Avatar pua
augustodacosta

Veterano - nível 6

#909287 Belo tópico camarada...

melhoras para seu pai...penso muito nestas situações, mais vamos erguer a cabeça, se lamentar não adianta de nada. Penso em passar o maior tempo possível com meus pais, para que quando eles tiverem partido, eu estar com a consciência tranquila.
Vinizor

PUA EXPERT

#920151 Caro Riker T, nos dê o prazer de ler um pouco de sua sabedoria, você quarentão, solteiro e sem filhos já pensou em alguma solução pra isso? É um assunto que as vezes me atormenta, por ver a sociedade e os relacionamentos de hoje por outros olhos, não tenho a pretensão de casar, mas gostaria de deixar um herdeiro genético em terra, seria interessante debatermos algo nesse sentindo.
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#920364 Prezados amigos,

obrigado pelos feeds, estou honrado e grato pelo apreço e pelas contribuições. Já se passaram 2 anos desde que escrevi este artigo, como passa rápido.

vinizor escreveu:Caro Riker T, nos dê o prazer de ler um pouco de sua sabedoria, você quarentão, solteiro e sem filhos já pensou em alguma solução pra isso? ...


Minha resposta é apenas um , "EU NÃO SEI".

Meu pai cuidou de meu avô e de minha Tia/avó, hoje eu cuido dele. Meu Tio cuidou de minha avó, eu cuidei dele até sua morte. Tenho o exemplo e meus princípios. Portanto, isso é algo que tenho como missão de vida, cuidar de minha família, pois escolhi "não constituir uma nova família", portanto, estou ciente das possíveis consequências.

Outro dia, em conversa com um amigo de 46 anos e que é pai, surgiu este assunto, vindo de um grupo de mulheres...grande surpresa... que diziam que tinha que casar e ter filhos para cuidar de mim quando estivesse velho. Quem respondeu foi meu amigo:

"Não acredito nisso e nem espero isso de meus filhos, nem de você (esposa), fiz porque era meu sonho ser pai, faço porque quero dar a eles as melhores oportunidades, mas não espero uma "retribuição automática" pelo meu esforço, só espero que sejam felizes e que minha morte seja digna de minhas ações. Vou morrer sozinho mesmo, ninguém vai comigo nesta transição. Só isso."

Estas palavras ficaram na minha cabeça por muito tempo, minha conclusão:

Não importa se você tem família ou não, quando sua hora chegar o universo vai leva-lo. Todo mundo imagina uma morte de cinema, cercado de entes queridos, todo mundo querendo que você viva, etc e tal. Mas sabemos que a vida e bem mais dura, provavelmente vou morrer em uma UTI sozinho ou cercado de pessoas que não conheço. Tenho a esperança de morrer rápido, com um enfarto fulminante, um aneurisma ou qualquer mal súbito. Acredito no direito de ter uma morte assistida se uma doença terminal me afligir e a dor for insuportável.

A morte é um tema complexo, sei que não quero dar todo o meu dinheiro para a industria farmacêutica nem para hospitais que prolonguem minha vida em uma cama com um respirador e sondas me alimentando, isso virou uma industria muito lucrativa.

A morte é uma passagem, isso é certo PARA MIM, então, quando chegar minha hora quero ir em frente e não me preocupar com nada, porque não vou deixar nada para trás.

Existem muitos ditados, gosto de alguns:

- Você colhe aquilo que planta;
- O universo conspira a nosso favor;
- Se for digno, Deus lhe proverá;
- Dê o exemplo;

Sendo assim, baseado no fato de que cuido de minha família sem esperar por retribuições, acho que vou ficar bem. Afinal, a gente precisa acreditar em algo, mesmo sendo agnóstico.

Grande abraço a todos e sucesso, na vida e no jogo.
Avatar pua
alfamg - MEMBRO EXCLUSIVO
#920368 Opas !





Bem , o que RikerT. diz é a mais pura verdade. Quando ainda estamos em momento da vida que cursamos faculdade, farras, bebedeiras e tudo o mais ,os criticamos em demasia , dizemos que são chatos , que não sabem de nada........
Nada como a terceira década de vida para nos ensinar vários detalhes. Nos preocupar com nossa saúde física, mental , emocional e financeira e que nossos entes queridos partem de uma maneira de outra. Não digo apenas a morte, mas sim a distância, a rotina de vida e as prioridades escolhidas por cada um.
Portanto , tente aproveitar o máximo de seus familiares e amigos. Cultive boas amizades e relacionamentos.
E lembrem-se de que vivemos em sociedade. Hoje o seu ente pode precisar e até depender de você.
Amanhã pode ser exatamente o contrário.
Planeje-se para que este risco seja o mínimo possível.

Sucesso brows!!!
Avatar pua
alfamg - MEMBRO EXCLUSIVO
#920371
Riker.T escreveu:Prezados amigos,

obrigado pelos feeds, estou honrado e grato pelo apreço e pelas contribuições. Já se passaram 2 anos desde que escrevi este artigo, como passa rápido.

vinizor escreveu:Caro Riker T, nos dê o prazer de ler um pouco de sua sabedoria, você quarentão, solteiro e sem filhos já pensou em alguma solução pra isso? ...


Minha resposta é apenas um , "EU NÃO SEI".

Meu pai cuidou de meu avô e de minha Tia/avó, hoje eu cuido dele. Meu Tio cuidou de minha avó, eu cuidei dele até sua morte. Tenho o exemplo e meus princípios. Portanto, isso é algo que tenho como missão de vida, cuidar de minha família, pois escolhi "não constituir uma nova família", portanto, estou ciente das possíveis consequências.

Outro dia, em conversa com um amigo de 46 anos e que é pai, surgiu este assunto, vindo de um grupo de mulheres...grande surpresa... que diziam que tinha que casar e ter filhos para cuidar de mim quando estivesse velho. Quem respondeu foi meu amigo:

"Não acredito nisso e nem espero isso de meus filhos, nem de você (esposa), fiz porque era meu sonho ser pai, faço porque quero dar a eles as melhores oportunidades, mas não espero uma "retribuição automática" pelo meu esforço, só espero que sejam felizes e que minha morte seja digna de minhas ações. Vou morrer sozinho mesmo, ninguém vai comigo nesta transição. Só isso."

Estas palavras ficaram na minha cabeça por muito tempo, minha conclusão:

Não importa se você tem família ou não, quando sua hora chegar o universo vai leva-lo. Todo mundo imagina uma morte de cinema, cercado de entes queridos, todo mundo querendo que você viva, etc e tal. Mas sabemos que a vida e bem mais dura, provavelmente vou morrer em uma UTI sozinho ou cercado de pessoas que não conheço. Tenho a esperança de morrer rápido, com um enfarto fulminante, um aneurisma ou qualquer mal súbito. Acredito no direito de ter uma morte assistida se uma doença terminal me afligir e a dor for insuportável.

A morte é um tema complexo, sei que não quero dar todo o meu dinheiro para a industria farmacêutica nem para hospitais que prolonguem minha vida em uma cama com um respirador e sondas me alimentando, isso virou uma industria muito lucrativa.

A morte é uma passagem, isso é certo PARA MIM, então, quando chegar minha hora quero ir em frente e não me preocupar com nada, porque não vou deixar nada para trás.

Existem muitos ditados, gosto de alguns:

- Você colhe aquilo que planta;
- O universo conspira a nosso favor;
- Se for digno, Deus lhe proverá;
- Dê o exemplo;

Sendo assim, baseado no fato de que cuido de minha família sem esperar por retribuições, acho que vou ficar bem. Afinal, a gente precisa acreditar em algo, mesmo sendo agnóstico.

Grande abraço a todos e sucesso, na vida e no jogo.





Meu caro, respondi antes de ler sua resposta aos feeds. Bem, só posso dizer que tem pensamentos muito sábios , bem como seu amigo que é pai.
Constituir família é uma escolha pessoal. E de fato quem a escolhe , deseja prover seus filhos da melhor forma possível.
E embora desejemos ( e nossos pais de alguma maneira) que ocorra alguma retribuição , é um amor egoísta, pois quem é cristão sabe dos princípios pessoais do livre-arbítrio. Dito isto , penso que cada um vive da forma que escolhe e de conveniência. Então , temos de ter com os outros o sentimento de desapego , sem expectativas futuras, e planejar nossa vida e também , nossa morte.

Sucesso brow!