Artigos sobre sedução e afins. Tópicos com 60 dias sem resposta vão para área de Arquivos. Não poste dúvidas nessa área.

Criador do tópico

LeandroPeratz97

Aprendiz

#1096421 Salve irmãos, tranquilos? Então, não sou muito de escrever artigos por aqui, pois confesso que não sou um cara pegador... Mas, ultimamente as coisas estão mudando de pouco em pouco.
Antes de tudo, quero deixar claro aqui quem eu sou e o porquê eu ainda não tenho sucesso com as mulheres. Bom, sou uma pessoa com deficiência física, e vocês sabem como a sociedade de hoje em dia é, certo? Realmente há muitos preconceitos em relação as pessoas com deficiência, e confesso que isso dificultou por muito tempo a minha vida. Porém, agora que estou na faculdade de psicologia, as coisas estão mudando. Estou pra lançar um livro sobre a minha vida e alguns conceitos da psicologia, obviamente, ganhei um pouco mais de notoriedade em meu ciclo social por causa disso.
Sempre fui um cara observador... Nunca fui de ir atrás das mulheres, eu acreditava que fazendo isso, só me faria ser mais um escravinho babaca delas. Mas essa visão mudou um pouco hoje em dia, percebi que na verdade isso era mais um mecanismo de defesa contra uma frustração, do que de fato uma atitude correta a se fazer. Esse pensamento, na verdade, mudou há pouco tempo. Foi a partir do momento que eu conversei com uma guria que eu conheço (ela namora com um bandido), e de forma indireta, perguntei o que fazia ela querer namorar esse cara. A resposta dela foi surpreendente, confesso.
Ela me disse que, a forma como ele trata ela, é uma forma diferente... Uma forma que muitos julgam errado, mas na verdade, ninguém entende. Ela começou a me contar que por ele ser bandido, ele começa a falar pra ela procurar uma escola (ou seja, incentiva ela), que ele se arrepende muito de estar nessa vida e blá blá blá (o vilão incompreendido, tadinho).
Isso me chamou muito a atenção, afinal, sempre vi algumas garotas compartilhando coisas do tipo: "tudo que uma mulher quer, é ser tratada como única e especial". Só que, eu nunca entendi o real sentido disso, pois quando eu lia essas coisas compartilhadas por elas eu pensava: "bah, mais uma garota que quer ter um escravo e compartilha isso".
Mas, agora eu vejo que faz sentido.
Está aí o segredo do cafajeste, fazer a garota se sentir única e especial na vida dele (de uma forma emocional, por exemplo, fingindo que se importa com ela). E depois disso, fazer a mesma coisa com outra garota e assim indo... Pois também terá um lance que acontecerá e colaborará com que o cafajeste consiga ter cada vez mais mulheres: o pensamento da mulher querer dominar o cafajeste + o cafajeste fazendo com que ela pense ser única na vida dele = a mulher ficará na mão do cafajeste.
Enfim, é isso que eu tenho para dizer senhores. Trate a garota como se ela fosse única, mas não faça isso bajulando, mas sim de uma forma emocional... E pode ter certeza que terá resultados. Mais um conselho: Faça isso com mais de uma.
Tamo Junto confrades, assinado: Leandro Peratz :legal :ae

ANÚNCIOS

Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1096423
LeandroPeratz97 escreveu:A resposta dela foi surpreendente, confesso.
Ela me disse que, a forma como ele trata ela, é uma forma diferente... Uma forma que muitos julgam errado, mas na verdade, ninguém entende. Ela começou a me contar que por ele ser bandido, ele começa a falar pra ela procurar uma escola (ou seja, incentiva ela), que ele se arrepende muito de estar nessa vida e blá blá blá (o vilão incompreendido, tadinho).


Não me surpreende ela falar isso. Me surpreende alguém acreditar.
Avatar pua
fwardkoff - MEMBRO EXCLUSIVO
#1096425
Rica Villa escreveu:
LeandroPeratz97 escreveu:A resposta dela foi surpreendente, confesso.
Ela me disse que, a forma como ele trata ela, é uma forma diferente... Uma forma que muitos julgam errado, mas na verdade, ninguém entende. Ela começou a me contar que por ele ser bandido, ele começa a falar pra ela procurar uma escola (ou seja, incentiva ela), que ele se arrepende muito de estar nessa vida e blá blá blá (o vilão incompreendido, tadinho).


Não me surpreende ela falar isso. Me surpreende alguém acreditar.


Mulher nova é uma merda, elas acham que o mundo é rosa e enxergam tudo de uma forma utópica. É um porre falar com uma mulher na casa dos 20 e poucos, quando eu era mais novo ainda tentando discutir tentando demonstrar a realidade, mas elas simplesmente não conseguem.
Satierf

Aprendiz

#1096427 Isso me fez lembrar de Zan Perrion: "Uma mulher quer ser amada, a unica, admirada e adorada por um Homem, mas ela não quer ser o principal objetivo da vida desse homem." - Zan Perrion

Acho que o Zan esclarece melhor esse quesito. Não é um erro fazer uma mulher se sentir única e amada, o erro é colocar essa mulher como o principal (ou único) objetivo de suas vidas.
Avatar pua
DavidDraw

Veterano - nível 10

#1096428 Mulher até os 28 ( a maioria) quer viver uma intensidade de emoções, nada como um relacionamento infrutífero que ela sabe afronta a família e cria sintonia com o malako, quer dizer ela tem o poder de pedir um Iphone pro pai mas não tem o cacife de comprar uma maconha, isso gera um escape de interesse em que o momento que ela está com o tranqueira é único, se for um tranqueira mau de cama e cheio de neuras e bad's ela vai descartar pelo próximo ( ai entra o famoso dedo podre que falam). Se for um cafa com certas atitudes ''pró'' que nem esse bandido coach do relato, ela perdura.
Mas biologicamente lá pelos 28 ela vai procurar pelo melhor provedor, deixando os cafas e os zé droguinhas de lado.

''Trate a garota como se ela fosse única, mas não faça isso bajulando, mas sim de uma forma emocional''
A maioria dos erros ( inclusive desse que vos fala, num passado) é justamente o ''querer tratar com única pois a relação está boa, você quer sossegar, quer deixar de lado a aparecia, quer deixar de lado as ofertas ( de outras) e talvez até ambição, passa mais tempo no PS4 ou na ''vida dela'' e pra ela você fornece pizza/ lanche/ filmes e Netflix e todo aquele blá, blá romantico de amor e paixão.
Pra muitas mulheres se você não oferece o perigo de ser disputado ou até ''será que ele me trairia'' você se torna completamente irrelevante, como um mero adorno na vida dela.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1096429
fwardkoff escreveu:Mulher nova é uma merda, elas acham que o mundo é rosa e enxergam tudo de uma forma utópica. É um porre falar com uma mulher na casa dos 20 e poucos, quando eu era mais novo ainda tentando discutir tentando demonstrar a realidade, mas elas simplesmente não conseguem.


Conheço muitas mulheres nesta idade que não são tão utópicas. Algumas trabalham em subempregos para bancar a faculdade, ter onde morar e o que comer. Elas não acreditam que será a dependência que fará a vida mudar. Só que elas não falam isso e não se vangloriam. Vivem como tem que viver e fazem o que tem que fazer.
Uma mulher só vai dar uma desculpa esfarrapada como a do tópico, quando não quer dizer que o lance dela é dinheiro.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1096430
DavidDraw escreveu:''Trate a garota como se ela fosse única, mas não faça isso bajulando, mas sim de uma forma emocional''
A maioria dos erros ( inclusive desse que vos fala, num passado) é justamente o ''querer tratar com única pois a relação está boa, você quer sossegar, quer deixar de lado a aparecia, quer deixar de lado as ofertas ( de outras) e talvez até ambição, passa mais tempo no PS4 ou na ''vida dela'' e pra ela você fornece pizza/ lanche/ filmes e Netflix e todo aquele blá, blá romantico de amor e paixão.
Pra muitas mulheres se você não oferece o perigo de ser disputado ou até ''será que ele me trairia'' você se torna completamente irrelevante, como um mero adorno na vida dela.


Eu acho que você estabeleceu um padrão de mulher na vida e não consegue sair disso.
Talvez você só consiga se acertar no dia que namorar uma que não precise de um fornecedor. Só que em contrapartida as cobranças sempre serão maiores, e neste caso esquece PS4.
Avatar pua
DavidDraw

Veterano - nível 10

#1096436
Rica Villa escreveu:
DavidDraw escreveu:''Trate a garota como se ela fosse única, mas não faça isso bajulando, mas sim de uma forma emocional''
A maioria dos erros ( inclusive desse que vos fala, num passado) é justamente o ''querer tratar com única pois a relação está boa, você quer sossegar, quer deixar de lado a aparecia, quer deixar de lado as ofertas ( de outras) e talvez até ambição, passa mais tempo no PS4 ou na ''vida dela'' e pra ela você fornece pizza/ lanche/ filmes e Netflix e todo aquele blá, blá romantico de amor e paixão.
Pra muitas mulheres se você não oferece o perigo de ser disputado ou até ''será que ele me trairia'' você se torna completamente irrelevante, como um mero adorno na vida dela.


Eu acho que você estabeleceu um padrão de mulher na vida e não consegue sair disso.
Talvez você só consiga se acertar no dia que namorar uma que não precise de um fornecedor. Só que em contrapartida as cobranças sempre serão maiores, e neste caso esquece PS4.


Com certeza eu estabeleci um padrão e tem horas que eu me pego misógino e faz muito tempo que não consigo me livrar disto, afinal você transferir e projetar muitas mazelas do seu caráter/ atitudes para o sexo oposto numa tacada só é algo muito'' útil '' ( porém sei q é covarde).
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1096438
DavidDraw escreveu:Com certeza eu estabeleci um padrão e tem horas que eu me pego misógino e faz muito tempo que não consigo me livrar disto, afinal você transferir e projetar muitas mazelas do seu caráter/ atitudes para o sexo oposto numa tacada só é algo muito'' útil '' ( porém sei q é covarde).


O problema é chegar num ponto da vida que esse padrão vá atrair apenas as em fim de carreira. Por isso ainda tem tempo de mudar e talvez curtir mais as que lhe dão esperança de dias melhores. Ou piores, conforme o ponto de vista.