Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!

Criador do tópico

AndreyOliveira7

Aprendiz

#848603 Recentemente tive ( ainda tenho na verdade) que fazer um trabalho sobre drogas, um documentario. Após varias e varias pesquisas me aprofundei no assunto e percebi que o amor e algumas drogas tem o mesmo efeito sobre o cerebro.

Voces ja devem ter ouvido falar da cocaina certo?

A cocaina ativa uma area do cerebro semelhante a que o amor, o sentimento de estar apaixonado ativa. E todos sabemos que o pior vicio dentre todas as drogas é o da cocaina, logo seria o amor um tipo de droga extremamente viciante e que é quase impossivel para todos terem? Quem nunca se sentiu amado e ficou feliz por um longo tempo e após tudo acabar entrou em um puta duma depressao?


A resposta é sim. E provavelmente o amor é a droga mais poderosa ja descoberta.

Mas agora a pergunta: o que isso tem a ver com o PUA?
Bom, muitas pessoas quando se apaixonam simplesmente nao conseguem mais sair dessa condiçao ( a mesma de um viciado). Eu por exemplo ja me apaixonei ( duas vezes seguidas diga-se de passagem) e entrei na FZ, logo duas depressoes lindas de brinde. Então comecei a pensar: "ué será que consigo controlar essas emoçoes? Será que é possivel?"
Foi ai que essa musica apareceu
http://www.youtube.com/watch?v=7vClCoZZCdA


Percebam a mensagem dela, ela diz que amor é superestimado e que o cantor apenas quer se divertir, tudo isso apos um fz. Coloquei essa musica como toque do meu celular, estuprei o replay no youtube, coloquei no youtube repeat e por ai vai. Ate hoje ainda é o que aparece escrito na tela de bloqueio do meu celular ( Love is Overrated).

Tentem induzir o pensamento de que o amor é superestimado na cabeça de vocês, se em mim funcionou ( e ate hoje funciona, sempre faço isso quando vejo que estou para me apegar a alguem) em pelo menos um membro do forum irá funcionar.

ANÚNCIOS

morphs

Aprendiz

#849147 Sei não cara, é tão bom amar, mas com consciência.. vc vai estar aproveitando a parte boa já tendo noção que isso pode acabar.. Prefiro assim hehe.
Avatar pua
DamonWilder

Aprendiz

#849943 O problema não é amar, é entregar-se e entrar de cabeça nesse amor. Esse é o ponto onde a maioria das pessoas peca. Ame, mas sempre consciente de que a outra pessoa, não é você, e pode não compartilhar na mesma intensidade desse seu amor. Que as pessoas falham, decepcionam, e erram. Ou seja, ame, mas lembre que você, seus sentimentos, e sua sanidade, são mais importantes.