Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua

Criador do tópico

Pin

Veterano - nível 9

#604996 Caras, pra inicio de conversa esse texto não é meu, é do dono do blog 'seducer' (Nõ estou divulgando, apenas não lembro o nome do usuário aqui no Puabase) ! Achei incrivel a visão dele sobre relacionamentos e com a autorização do mesmo venho partilhar o material com vocês e postar meus comentários depois :)

APROVEITEM !

Relacionamentos duradouros, parte 1: investir é uma troca

Passado o susto com malware no site, finalmente dei início a escrever um pouco sobre meu foco atual: relacionamentos.

Queria ter dado início na abordagem de tópicos sobre relacionamentos antes, mas por falta de tempo e organização acabei não escrevendo nada sobre isso e nem fiz postagem alguma por um bom tempo.

Livros como os de Nessahan Alita são muito esclarecedores sobre como lidar com mulheres e os de David DeAngelo incríveis para compreender como entendê-las e desenvolver uma habilidade de empatia com elas. Essas teorias em muitas dezenas de livros que li sobre interações entre homem e mulher mais minha experiência em campo têm me permitido ajudar amigos, amigas e me sinto confiante para escrever um pouco sobre isso ;-)

Perfeito, então você conseguiu seduzir mulheres, conheceu uma dentre elas que se destacou na multidão, a atraiu, gerou conforto consistente, seduziu, teve um bom sexo e ela está realmente interessada em você.

Ela tem sentimentos sinceros (pelo menos parece), não se mostra interesseira e quer ficar com você para ter uma oportunidade de se apaixonar por alguém que vale a pena. E esse alguém é você, que por acaso se sentiu balançado por ficar apenas com ela por um tempo e relaxar, e parar com a vida de sedutor das ruas e curtir uma gata só por um tempo.

Eis que surge um problema: como fazer isso? Como começar? Quais os fundamentos? Por acaso você estava ficando com várias mulheres e não se preocupava tanto assim em como lidar com elas no quesito relacionamento ou com os sentimentos delas e agora está meio perdido, pois essa coisa de relacionamento não parece tanto com pickup e algo diferente está no ar, e sabemos que isso é verdade.

Para não deixar este post gigantesco, vou publicar parte dos fundamentos aqui e mais adiante em outros artigos. Estive pensando em começar por qualidades atraentes e essas coisas, mas mudei de idéia e resolvi escrever sobre algo que li um dia desses: investimento.
Porque investir nela é importante

Todo o tipo de relacionamento, seja ele amoroso, de amizade, fraterno, é uma troca de investimentos. Se ela está visivelmente interessada em você, ela vai investir, e deve haver uma troca com ela desse investimento.

Há um tempo atrás, antes de eu conseguir interagir com pessoas, conversar com elas ou simplesmente ter a atenção delas, eu ficava extasiado com a idéia de alguém me tratar bem. Me recordo que quando terminei meu relacionamento mais conturbado de todos, eu pensava “sofri muito, jamais vou pagar algo para mulher alguma de novo”.

E se sucederam coisas realmente “estranhas”. Às vezes eu estava com uma mulher por uns meses e ela pagava tudo: estacionamento, me dava caronas de carro, me levava presentes, convidava para coisas interessantes de fazer pela cidade, e eu nunca fazia nada disso em troca.

Meu pensamento mesquinho, de um cara rancoroso, era que elas deviam sempre me dar tudo já que eu tinha me decepcionado tanto após investir grande parte do tempo dos dias de minha vida durante três anos à uma mulher que amei e fazia absolutamente tudo. Comprava presentes, cozinhava, ajudava na casa, dizia que gostava dela, e todas as coisas que um cara legal faria.

Ela se negava a trabalhar, não queria mais estudar, e ao meu ver não valorizava a vida dela e quanto mais eu dava a ela menos eu visualizava retorno… Era como ir a um cassino e fazer apostas cada vez mais altas esperando ganhar o grande prêmio mas somente ver suas fichas irem embora em quantidades cada vez maiores.

Certo. Então após isso eu entendi que ser dedicado não funcionava, e que ELAS é quem deviam me fornecer tudo.

Mas advinhe só o que aconteceu.

Quanto mais mulheres eu conhecia e saída, tinha relacionamentos, e me concentrava em apenas receber coisas delas, mais elas iam embora!

Não era nada sólido em nenhuma das vezes, e eu juro que era ainda mais estranho, algumas mulheres que saí e me davam de tudo para ficar comigo e aleatoriamente sumiam da minha vida. Como alguém pode te dar sempre tantas coisas, carinho afeto e até mesmo presentes tantas vezes, e simplesmente desistir aleatoriamente?

Finalmente enxerguei que não era aleatório, eu estava fazendo o investimento de minhas energias nelas da forma errada e totalmente prejudicial pra mim. Ao não retribuir nada do que me davam… Eu estava investindo para que fossem embora não valorizando à elas e a mim mesmo, me mostrando um cara insensível e incapaz de reconhecer o investimento delas. Ao mesmo tempo que quando eu dava de tudo e não recebia nada… Estava apenas investindo sem receber nada em troca, novamente não valorizando a mim mesmo.
Como retribuir e perceber que há uma troca

No horário de jantar, vez ou outra eu e meu irmão cozinhávamos juntos ou um lavava a louça e o outro cozinhava e esse momento era um horário do dia em que colocávamos o assunto em dia e papeavamos sobre coisas diversas, muitas vezes sobre sedução. Quando tive um insight:

- Cara, acho que ando fazendo uma coisa meio errada – falei enquanto preparava algo pra comer.

- O quê?

- Sempre que me dão presentes, nunca dou um presente de volta. Acho que vou passar a dar presentes também.

Ele deu uma pausa no que estava fazendo, parou de lavar um prato que estava segurando e disse me olhando como se eu tivesse contado que estava fazendo algo totalmente anormal:

- Mas isso é meio normal, não? Você recebe um presente e depois dá um.

- Pois é. Nunca faço isso. Dei tantas coisas no meu último relacionamento que me concentrei sempre em apenas receber coisas das mulheres depois dele e isso está estranho.

Me dar conta disso me fez perceber algo muito importante: um presente recebido, um convite, um elogio. Tudo e absolutamente todo o investimento que ela fizer em você e você nela deve ser retribuído.

Esse investimento vem na forma de presentes, convites de atividades para fazerem juntos, para conhecer os amigos dela, para verem um filme ou uma peça… Cada movimento em direção a você, gentil e em que ela se manifesta agradável, merece algo em troca.

Com o tempo você aprende a perceber alguns movimentos que sempre acontecem…

Se ela te convida para fazer algo junto com você é porque quer passar um tempo agradável à dois e te conhecer melhor, e saber como será estar sozinha com você. Basta querer, um outro dia, convidar ela para fazer algo à dois e desfrutar esse momento juntos.

Quando ela te convida para sair com os amigos dela, ela quer apresentar você as pessoas próximas dela e ver se elas o aprovam, e secretamente espera que você faça o mesmo apresentando ela para seus amigos como prova de que ela pode ser aceita e é uma pessoa que você estima o suficiente para mostrar aos amigos.

Se ela cozinha algo pra você… Está se importando em cuidar de você, e espera que um dia cuide dela. Não necessariamente cozinhando, mas se por acaso, como um exemplo, ela adoecer, você vai repentinamente cuidar dela. Ou ainda em um determinado dia que ela não aguenta mais trabalhar até tarde da noite e você prometeu visitá-la, leva um jantar pra ela comer já que ela esqueceu de comer por estar tão estressada com uma quantidade absurda de trabalho.

Ela pode ser carinhosa com você, e seria desagradável não ser carinhoso com ela em troca. Também é possível que ela lembre de você durante o dia dela e te mande uma mensagem por celular, email, mensagem no facebook… Nesses momentos ela está feliz por lembrar de você e do que você proporciona à ela, e em seguida ela espera que você também lembre dela durante o seu dia.

Esta é a troca.

Cada movimento gentil dela em sua direção, merece um em retorno. E cada movimento gentil seu na direção dela, merece um retorno. Isso alicerça um relacionamento saudável.

Não abdique de coisas, nem se proíba, sequer evite fazer isso ou aquilo. Sou totalmente contra a crença popular de que “quando casamos temos que fazer sacrifícios”. Não, não e não!

Isso é uma das coisas mais martirizantes que existe! Imagine que você adora ouvir música, ou um estilo musical específico, digamos rock. Ela pode não gostar, e você vai abdicar de ouvir as músicas que gosta porque ela não suporta? Vai estar se sacrificando, tirando a sua vida dos trilhos e o que te faz sentir vivo para colocar ela no centro da sua vida e atender apenas as vontades dela?

Faça a troca, invista nela, mas nada de fazer apenas coisas pra ela sem retorno. Diga que gosta de fazer o que faz e arranje um jeito para continuar fazendo o que faz sem a importunar, isso é se importar. Não tem nada a ver com fazer ela suportar as coisas que apenas você gosta, você tolerar as que apenas ela gosta, ou sacrifícios.

Invista nela com carinho, afeto, cuidados, convites, presentes, mas sempre observe para ver se ela retribui. Isso vai simbolizar a estima dela por você pois quem não retribui só quer sugar a energia dos outros e isso vai contra a qualidade de vida de qualquer um. Na mesma forma, convites feitos por ela, presentes, apresentar aos amigos, dicas de coisas pra fazer, merecem um retorno à altura, para que ela não seja uma pessoa amargurada por não ver o retorno dos investimentos em você.

Investimento em existir uma troca ao invés de entrega total por qualquer um dos lados, vai deixar o relacionamento muito, mas muito mais saudável.


Meu comentário:

Olha, geralmente os "PUAS" não fazem "artigos" bacanas sobre relacionamentos, escrevem coisas surreais e realmente na minha visão uma grande maioria é meio frustrada nesse meio, ou simplesmente escreve um "artigo" sem ter vivido algumas experiencias chave. Eu me identifiquei TOTALMENTE com teu texto, e sempre partilhei das mesmas opiniões. Inclusive minha namorada deixou o face dela aberto aqui e eu vi ela comentando pra um amigo a um bom tempo atrás (quando eu não investia) bem isso:
"Po, esses dias ele disse que amava kit-kat, escondi um kit-kat na gaveta dele... Falou que gostava de Twix, comprei pra ele... Alem dos bombons que eu dou quase sempre! E quando vamos sair pra jantar num fast-food ele nem se oferece a pagar a conta, no meu relacionamento passado eu não paguei nada durante 3 anos, o "Pin" não investe em mim".
Claro, não significa que vá se pagar TUDO pra ela, mas a importancia de dar um "mimo" ao meu ver é astronomica
Avatar pua

Criador do tópico

Pin

Veterano - nível 9

#604998 Infelizmente o botão "editar" não está habilitado pra mim, então não tenho como corrigir alguns erros de formatação, mas espero que leiam mesmo assim pois é um material muito produtivo !
Avatar pua
paciullo

MEMBRO PROFISSIONAL

#605011 Achei interessante seu artigo cara, creio que muitas pessoas aqui já passaram por isso (eu sou uma delas) e depois não retribuem nada que a namorada faz. Porém isso é na maioria das vezes algo involuntário, nos lembramos como foi o relacionamento anterior e como sofremos e o subconsciente faz isso como uma auto-defesa. O problema disso é que temos que lembrar que as pessoas são diferentes, uma garota legal que vc conhecer hoje não pode pagar pelos erros de uma que vc conheceu no passado em um relacionamento mal-sucedido.

Parabéns pelo artigo.
Avatar pua
(w) - MEMBRO EXCLUSIVO
#605031 Artigo realmente interessante e acho que um dos pontos principais de um relacionamento, que acaba passando despercebido por muitas pessoas =/.

Infelizmente estou passando um pouco por isso ( pelo lado dela) e me ajudou a pensar um a respeito. :ae
Avatar pua
madmax

Veterano - nível 4

#605033 Faaaaaala Pin! O nome do meu usuário no puabase é madmax!
Estou na linha de escrever mais sobre relacionamentos por estar em um rolo mais ou menos certo e achei uma ótima oportunidade de exercitar tudo o que já aprendi nesses ultimos um ano e meio de batalha.
Espero que o artigo ajude a entenderem porque investir na troca e não no outro é tão importante \o/
Grande abraço!
Avatar pua
madmax

Veterano - nível 4

#605035 A propósito, não é pra ser uma guerra (nem acho que deveria ser).
IwI: sou defensor de que quando não é recíproco, basta retirarmos uma boa parte dos investimentos nela (estratégicamente e exporadicamente) que vai causar uma reação nela e ela vai mostrar o que realmente quer (para o bem ou para mal).
Avatar pua
(w) - MEMBRO EXCLUSIVO
#605041 mad, ai que ta o problema, eu faço isso XD mas minha namorada não manja nada de nada de relacionamentos, todo mundo fala que ela é estranha, e ela é meio passiva, então tem pouco retorno.

Ta não vamos transformar o tópico na resolução do meu problema, logo logo eu me resolvo.
Avatar pua
diegosuk

Aprendiz

#605075 ótimo artigo meu brother!!

namorei muito tempo, sei como e isso fui um bom namorado
mas as vezes não basta só dar e receber tem q ter um motivo
pra acontecer!!
mais e um Grand post abraços!!
Avatar pua
gan74

Veterano - nível 9

#812818 FALA PUA!!!!
Ótimo artigo, agradecimentos ao autor e a vc que reinseriu nas discussões...Eu sou casado a quase 20 anos, tivemos altos e baixos, e realmente um dos grandes problemas é o n reconhecimento do que o outro fez ou faz, isso desanima e muito uma relação, é evidente q n é só isso que atrapalha, há outros fatores, mas a falta de gratidão é muito dolorosa.
Valeu irmão Imagem