Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.

Criador do tópico

carpediem

Aprendiz

#561703
Confúcio uma vez disse: Existem três formas de aprendizado. A primeira é pela reflexão que é a mais nobre. A segunda pela imitação, que é a mais fácil. E a terceira é pela experiência, que é a mais difícil.



Olá galera do Pua Base.
Acredito que ninguém aqui deva me conhecer, ou muito menos se lembrar de mim. Fui membro ativo deste forúm acerca de um ano atrás. Aprendi muito aqui neste forúm com vocês, e há um ano estou afastado dele. De prévia, aviso que isto ia se tornar um tópico na área de Arquivos, mas depois pensei bem e como vi que grande parte do texto é fala mais sobre mim, decidi colocar aqui.
Nostalgia é o que eu sinto por rever tópicos que ainda permanecem por aqui, e que me ajudaram em tempos de dificuldades. Navegando pelas páginas, vejo que as coisas continuam movimentadas por aqui como costumava ser. Fico feliz por ver tanta gente aprendendo a se tornar uma pessoa melhor, não apenas mais um cara que pega mulheres. Mas enfim, não criei um tópico para matar a saudade (em partes), mas sim para falar de algo que me preocupa.

Há um ano não frequento o fórum pois consegui atingir um dos meus objetivos princípais: Lidar com as minhas emoções. Sim, ao contrário de muitos, eu não estabeleci metas de 100 KC's, arranjar uma namorada, ou perder a virgindade com gêmeas ao adentrar no PUA base. Estabeleci algo simples para muitos, mas totalmente desejado por mim. Que sofria com qualquer rejeição, decepção e tinha a auto-estima brincando de montanha russa constantemente. Era um inferno... Minha cabeça se concentrava, ou melhor, não conseguia se concentrar em nada, pois fica sempre pensando "E agora?", "E se?", "Já era..." . Não apenas com mulheres mais para qualquer conversa social que eu tivesse. Eu sentia depois arrependimento, por achar que podia ter sido mais interessante, mais engraçado, mais isso ou aquilo... Enfim, "mais" outra pessoa. Isso me reprimiu com o tempo, virei anti-social, encontrei o pua base, deixei de ser anti-social no momento que deixei de ser inseguro, e apartir daí, decidi que o resto seria por minha conta. Sem o medo e toda aquelas preocupações circulando a minha cabeça fiquei tranquilo. "Agora o que eu tiver para aprender com mulheres, irei aprender com as mulheres!" - Pensei, já que não tinha mais toda aquela insegurança e continuei desta forma, deixando a vida me levar. E assim deixei estás páginas, estes tópicos e todas aquelas rotinas, codi-nomes e milhares de arquivos em pdf que considerava como Bíblias. Apesar de nunca ter deixado de lado a minha gratidão por todos que me ajudaram aqui deste fórum e todo o conhecimento que havia adquirido até aquele instante.

Então, voltei para cá depois deste tempo a procura de uns matériais de PNL, nada relacionado a sedução, é mais algo que me ajude a entender melhor as pessoas. Pois pretendo escrever um livro no futuro e ter este conhecimento vai me ajudar na maneira da escrita, para facilitar aos leitores a compreenderem o que quero passar. E ao olhar para a página inicial, vi alguns tópicos que me chamaram bastante atenção na sessão Dúvidas e que me lembraram de quando eu frequentava aqui, todos os dias. E me despertou um pensamento, que achei que deveria compartilhar com vocês antes de voltar para a minha vida. O assunto se trata sobre a Dependência de alguns iniciantes.

-


Há cerca de um ano, quando eu estudava PUA, eu tinha dois amigos com os quais podia conversar normalmente sobre este assunto. Eles também estudavam PUA e compartilhavamos os conhecimentos que aprendíamos uns com os outros. Legal... Só que como comentei, estudei por pouco tempo, em comparação a muitos membros deste fórum. Afinal meu objetivo não era algo tão grande. Bom, para mim era imenso, mas foi algo que com alguns meses de estudo consegui adequar a minha vida. Logo, fui o primeiro dos três a deixar mais os estudos e partir para a vida com o que sabia até aquele momento. Não demorou muito e outro dos que estudavam deixou também de lado toda aquela leitura, ao conseguir achar o seu "Jogo", vamos dizer assim. Enquanto teve aquele meu amigo, que continuo estudando diariamente. Lendo, e aprendendo mais tecnicas, sem parar, mas sem praticar de verdade.

Meses depois de eu ter deixado o matérial de lado (o matérial, não o conhecimento), e já namorando, este meu amigo vinha me perguntar coisas de pua, sobre que tecnica eu usava na minha namorada, para conseguir isto, ou fazer aquilo. Rotinas e coisas deste tipo. E vez ou outra, ele vinha conversar comigo no msn, dizendo de uma "HB 8 ou 9" que estava com vontade de "Sargear"... Palavras que me soaram estranho por lê-las novamente depois de certo tempo. E as vezes me pedia conselhos, algo que me deixa sem reação também. Afinal, eu não havia me tornado nenhum Guru, ou mestre na sedução, longe disto. Depois que parei de ler, só havia ficado com uma garota que conhecia a um tempo. E essa garota logo havia se tornado minha namorada. Eu sabia o mesmo que ele, só havia deixado de lado os matérias. E assim, sempre que eu conversava com ele, ele me buscava com dicas de algo, até mesmo de coisas simples como, o que responder quando ela lhe cumprimenta... Ele não estava alcançando resultados e estava ficando frustrado, começando a desacreditar sobre algumas coisas que já havia lido. Foi quando percebi que ele estava totalmente dependente dos materiais para tudo. Parecia que quanto mais ele lia a respeito de PUA, mais ele colocava na cabeça dele, o quanto ele ainda tinha que melhorar, e isto o deixava inseguro, apesar dele ter aprendido com os livros, a agir com segurança. Ele agia como os livros faziam, mas pensava de forma totalmente oposta. Ele aparentemente estava seguro, enquanto que mentalmente estava totalmente inseguro. Pensando se estava fazendo tudo certo, se era a melhor hora para dizer isto, ou fazer aquilo. Enfim... Eu percebi que ele havia se trancafiado em algo que foi feito para libertá-lo.

Ao voltar para o fórum hoje, eu vi tópicos com perguntas parecidas as que ele me fazia. Perguntas de todos os tipos, como se tivesse que existir uma resposta certa para tudo nesta vida. E fiquei preocupado, pensando se têm iniciantes por aqui, (iniciantes como eu no pua, apesar de não me considerar assim em relação a algumas coisas da vida) que estão na mesma situação que o meu amigo se encontrava. Pois apesar de ser um situação que não aparenta perigo, é uma situação complicada, que faz com que você se torne um Robô social. Que se bem me lembro é alguém preso as Rotinas. Com uma personalidade definida pela comunidade da sedução. Tal dependência é complicada por que provém de algo que foi bom em algum momento: A vontade de aprender. Mas depois de um tempo esta vontade se torna um hábito, que passa a ser trabalhado constantemente na tela do seu computador. Você não prática 100% daquilo, mas lê 100% daquilo!


Por favor, leiam novamente as primeiras linhas deste texto.


Como um ser humano eu sei que o caminho mais fácil aparenta ser bem melhor, e de fato nos ajuda bastante ás vezes. Afinal, seria um baita de um hipócrita se dissesse o contrário aqui, neste fórum. Que nos passa milhares de novos conhecimentos que nos ajudam bastante na socialização com as pessoas, graças a imitação que fazemos das tecnicas dos grandes mestres da arta da sedução. Mas, assim como tudo na vida, o excesso faz mal. E se ficarmos nessa de jogar apenas no "Easy", vamos gostar tanto que iremos contra um dos mandamentos mais sagrados que já aprendi por aqui: O Conformismo. Caindo na rotina, de só ficar aprendendo rotinas (trocadilho pra animar um pouco). Dependentes do PUA para tudo em nossa vida pessoal.

A uns 3 meses, um pouco antes do Natal, fiquei impaciente com este meu amigo e fui sincero com ele. Dizendo para ele dar uma parada nos estudos do pua. E refletir sobre o que tinha aprendido, aconselhando-o a praticar sem toda a pressão da comunidade. Indo no seu próprio tempo, sem se sentir obrigado com nada. Assim como eu tinha feito. Não tive notícias dele por um bom tempo. Neste mês passado (Fevereiro), ele veio falar comigo no msn, pra dizer que tinha perdido a virgindade. Cara eu fiquei muito feliz e muito, mais muito surpreso mesmo! Nós que temos a mesma idade (16 anos), e dos três que estudavam o pua, nunca imaginei que seria ele o primeiro a deixar de ser virgem. Não sei se ele fez o que eu tinha aconselhado, mas desde então não vejo ele com a mesma insegurança com tudo, de antes.




Resumindo tudo, tire proveito de tudo o que podes aprender por aqui. Mas não faças disto um grilhão. Aprendes que conhecer a ti mesmo é primordial para sua vida, seja como PUA, como um Estudante, ou como um Profissional. E só conhecemos a nós mesmos, com nossos erros. Então não tenha medo de dar a resposta errada de vez em quando. Se queres aprender algo de extrema importância, aprenderás apartir daí. Então, para você que está começando no mundo do PUA recentemente, e assim como eu e meus amigos, ficou fascinado com a quantidade de informações e dicas, tome isto como mais uma dica: Vá com calma. Estude quando tiver alguma dúvida, ou precisar realmente de algo, pratique sempre que puder, e o resto resolva com a própria vida. O fórum tem tudo o que você precisa, a questão é saber o que fazer com isto tudo. No mais, Boa sorte e não desista!



Um poeta uma vez disse, durante minha jornada pela vida me deparei com uma encruzilhada que apontava para dois caminhos. Ambos tinham o mesmo destino. Os observei, e vi que um, era um caminho reto, limpo e quase dava para se enxergar o final. O outro, era um caminho turvo, agreste e com curvas, onde sua vegetação tirava toda a sua visão. Escolhi o menos percorrido, e isto fez toda a diferença.




Para quem chegou até aqui, um sincero Obrigado pela Atenção e espero que isto tenha lhe servido de algo.

Um forte Abraço
. :D

ANÚNCIOS

Avatar pua
JonathanSouzaa

PUA EXPERT

#583814 Cara este post nao so me abriu os olhos , como mudou o meu jeito de pensar do forum ! Antes de eu ler isto eu era um verdadeiro viciado no PUABASE ! Agora eu ja sei tirar daqui so oque eu preciso etc . Muito Obrigado pelo o trabalho de vocês . Abraços
Avatar pua
MayconLins - MEMBRO EXCLUSIVO
#583836 verdade comecei a refletir enquanto lia e e verdade nos lemos 100 porcento e nao praticamos tudo isso, mas enfim eu fico aque porque nao tenho nada pra fazer de manha kkkkkkk, e eu procuro ajudar tambem mais muito obrigado me feiz refletir.
gago

Aprendiz

#584281 É um bom alerta , acho que por só procurar quando estou precisando muito de algo , acabo nao sendo dependente sem querer ...
Avatar pua
Stifler-21

Veterano - nível 9

#587419 Acho que me vi no lugar do teu amigo , voce abriu meus olhos , sinceridade .... ja tem um tempo que nao saiu , to paradão .... so fico na net ... conversando com meninas , e percebi que ficar aqui de um lado nao ta dando certo , nao sinto o mesmo que sentia quando comecei ...


Obrigado Cara Otimo Post !

Sucesso!
Avatar pua
rafaelopena

MEMBRO PROFISSIONAL

#594791 Um dos melhores posts até então!

Muito bom saber da sua experiência. Também me afastei dos estudos por um tempo. Na prática é muito mais gostoso, hahaha!
Você cria o SEU jogo, e dança conforme o seu rítimo.
Não nasci pra viver da opinião alheia. Ninguém nasceu, então, faça como tal.