O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!
Avatar pua

Criador do tópico

Fractal

Entusiasta

#319801 OTAN

A OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) foi criada em 1949, em pleno contexto da Guerra Fria, onde o mundo vivia a bipolaridade bélica e ideológica entre EUA e URSS. Os EUA, já esperando uma futura guerra, literalmente falando, contra a URSS, idealizaram a OTAN, contando com o Canadá e os países da Europa Ocidental, para assim garantir a ajuda de seus importantes e fortes aliados.

A aliança foi criada em 1949, em virtude do Tratado do Atlântico Norte, também denominado de Tratado de Washington. O acordo estabelecia que os Estados-membros da OTAN se comprometiam em assegurar a sua defesa e que uma agressão a um ou mais aliados seria considerada uma agressão a todos. Assim, a OTAN fez grande esforço para a manutenção de uma defesa coletiva e, até então, ideológica, pois nunca houve um conflito armado contra o lado soviético.

Com o fim da URSS e de suas ameaças à soberania americana e capitalista no mundo, surgiu a necessidade de redefinir o papel da OTAN na nova ordem internacional, já que o principal motivo de sua criação foi extinto. Assim, foi criado um novo papel para a OTAN: ser a base da política de segurança de toda a Europa, (inclusive de seus ex-rivais do leste europeu) e da América do Norte.

Os países que integram a OTAN atualmente são: Alemanha Ocidental, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Países Baixos, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Turquia, Hungria, Polônia, República Checa, Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia e a Eslovênia.

Por Thiago Ribeiro

Fonte: http://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/otan.htm

ANÚNCIOS

Rodrigoribeiro

Veterano - nível 9

#320331 Realmente saber sobre a OTAN é importante, que nada mais é que uma organização feita após a segunda guerra mundial para defender os interesses militares do lado "capitalista" da história, (da história da GUERRA FRIA).

Até logo