Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua

Criador do tópico

james swift

Aprendiz

#908677

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014 12:27:29 UTC-3, centipedeyes escreveu:

Gostei do artigo. Parabéns, cara.

A questão mais relevante do início do livro é exatamente a criação do conforto e conexão emocional anteriormente à atração. A conversa nos primeiros minutos se torna mais fácil, uma vez que torna a relação mais harmoniosa e livre de tensões. Evidentemente há uma ruptura com o Mystery Method que pressupõe o conforto após o processo de atração.

Minha dúvida é a seguinte: criar o conforto logo de cara não aumenta substancialmente as chances do sujeito entrar na friend zone?

Agradeço desde já.
Centipede



Em quarta-feira, 20 de agosto de 2014 20h12min13s UTC-3, James Swift escreveu:

Aí é que está meu amigo, os sujeitos que entram na friendzone geralmente não demonstram que são sexuais, não se utilizam de kino (escalamento sinestésico), outra coisa, eles não dominam a linguagem como um sedutor magnético, ele não aplica padrões da linguagem, e não sabe como interpretar os sinais da mulher para conduzir uma conversa a um rumo interessante e promissor, ele não domina a fisiologia para demonstrar valor e personalidade, (a linguagem também serve para demonstrar valor e personalidade),
Geralmente esses caras acreditam que para fazer sucesso com as mulheres é preciso->

1. ser bonito ou musculoso
Aqui percebemos a primeira grande mentira, tendo em vista que ter ser bonito só faz com que as mulheres te deem uma abertura maior para que você possa demonstrar o seu valor e sua personalidade, é só um facilitador, não é algo essencial
2. ter dinheiro
Muitos caras acham que se tiverem dinheiro vão fazer sucesso com as mulheres, mas na verdade ele certamente vai atrair as mulheres interesseiras, que geralmente estão viciadas no sentimento que o dinheiro pode trazer, e não estão genuinamente interessadas no cara, ou seja, se a vida financeira do cara começar a ficar mal = sem mulheres para ele, elas procuram a segurança que o dinheiro trás, e dominando os padrões da linguagem e do comportamento podemos criar, além do conforto e segurança, estados de incrível prazer e felicidade na mulher (digo segundo o método),
3. ter sorte
Só precisamos ter sorte em jogos de azar, não em conquistar as mulheres, segundo o método, dominando a linguagem e o comportamento podemos obter excelentes respostas das mulheres.
4. ser famoso
Ser famoso proporciona um destaque que é muuito interessante para a mulher, mas nós (sedutores magnéticos) podemos nos utilizar das técnicas de linguagem (sim, mais uma vez) e comportamento, para nos tornarmos famosos na cabeça da garota que queremos conquistar, e é isso que queremos, hehe.
5. "só preciso ser eu mesmo e elas virão"
se acreditarmos em coelhinho da páscoa, papai noel e na fada do dente, também podemos acreditar na frase acima, geralmente as mulheres serão muuuito mais relutantes que os homens em se aproximar, porque para elas a rejeição dói bem mais do que em nós, outro ponto a se citar é que se um homem ficar esperando por uma mulher, é possível que ele fique tão desesperado que se aparecer alguma ele vai acabar estragando tudo;

hehe, agradeço pela sua excelente pergunta, abraço,
James Swift


Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014 23:08:21 UTC-3, centipedeyes escreveu:

Concordo com você, cara.

Uma questão importante que você citou é o "ser eu mesmo". Já me deparei com autores defendendo uma abordagem mais natural e despreocupada - por exemplo o Cajun em entrevista na Men's Rooms declarou que a melhor forma de agir é "ser você mesmo". Outros consideram essencial uma abordagem mais hardcore e cheia de pegada como o Tyler da RSD mesmo se o cara não tenha esse tipo de temperamento. Não tenho opinião formada sobre o tema que considero uma das questões mais complexas em toda teoria da sedução.

No volume 02 do Sedução Magnética o autor cita que todo bom sedutor vivem para agradar as mulheres, porém sem que elas o controle. Um exemplo disso está na página 9 deste volume. O autor considera o seguinte: "Algumas mulheres gostam de homens agressivos, outras gostam de homens mais passivos. Descubra que tipo de homem ela quer e depois projete essa imagem para ela".

Mas o que me preocupa é até que ponto devemos nos preocupar em agradá-las. Qual é o limite entre e respeitar a nossa personalidade para agradar o target? Se não sou um cara agressivo devo emular este comportamento para ela?

Proponho essa reflexão por que observo um comportamento forçado de alguns Puas na abordagem. É como se estivessem interpretando um personagem quase caricatural. Talvez se deva a um erro de calibração ou uma absoluta falta de autoconhecimento.

Eu mesmo já cometi esse mesmo erro em algumas ocasiões, uma vez que ainda não consegui adaptar o jogo à minha personalidade e nível de energia. Acho esse processo o mais complicado do jogo.

Gratidão.



Olá meu caro centipedeyes,
eu, como um amante do teatro não poderia deixar de defender que somos uma tela branca!, isso mesmo, nossas ações, nosso modo de agir de falar e de se comportar não são, na minha opinião, algo fixo e rígido, são apenas imagens que criamos com os nossos pensamentos, logo, se mudarmos os nossos pensamentos, certamente mudaremos as nossas atitudes, ou podemos nos portar como uma tela branca, e nos adaptar.
parafraseando o grande Bruce Lee, seja como água meu amigo, esvazie sua mente, seja sem forma.



Resposta Adicional(James Swift no fórum Puabase),
Nos livros da série, e importante perceber que nesse mito de "ser você mesmo" o autor evidencia o grande erro de de ficar esperando com que as mulheres caiam do céu, de não abordar mesmo, quanto a forma de agir, através desse método, nós devemos nos modelar a fim de preencher o vazio que existe na mulher, de se tornar uma imagem que reflete os desejos que ela possui.

Em nossa sociedade, todos usamos máscaras, nunca estamos em nossa verdadeira forma, porque a nossa verdadeira forma, na minha opinião, é "vazia", ou seja, nós temos a cara e o comportamento que queremos, nós nos auto modelos através do pensar, que posteriormente se torna sentimentos, ações, crenças, paradigmas e acontecimentos em nossa vida, ou seja, em meu ponto de vista, assumir responsabilidade total pela nossa própria vida é fundamental, porque a partir do momento que estamos agindo com responsabilidade do resultado final da nossa vida, ou de nossas ações, teremos muito mais cuidado, e consequentemente muito mais resultados melhores posteriormente.

ANÚNCIOS

Avatar pua
# Centipede

Aprendiz

#908692 Que legal você publicar a nossa conversa, cara. Está sendo uma boa experiência expor o meu ponto de vista e receber um feedback ponderado.

Grande iniciativa e espero que ajude outros usuários.