Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Nativex

Veterano - nível 10

#918554 Para quem não conhece a proposta [color=#BF0000]4C's, dá uma olhada aqui:[/color] torne-cara-foda-pegar-mulherada-consequencia-t96238.html

É relativamente comum vermos colegas comentando por aqui que não sabem o que dizer em suas abordagens, que falta assunto, que não conseguem pensar em nada interessante... Principalmente entre aqueles que ainda estão iniciando no PU. O que é natural. A adrenalina no início pode atrapalhar o raciocínio. Com o tempo, vamos nos acostumando e conseguimos colocar nossos pensamentos em ordem. Porém, é bem mais fácil lembrar-se de coisas interessantes quando temos uma vida interessante.

Nossa vida pode ser naturalmente interessante quando nela ocorrem muitos fatos fora do comum. Ou podem julgar nossas vidas interessantes quando pertencemos à outra cultura, ou classe social. Via de regra, somos interessantes quando fazemos coisas que despertam o interesse dos outros.

Agora, quem lhe parece mais interessante? O cara que trabalha em um escritório durante o dia, faz uma engenharia qualquer à noite (nada contra engenharias!) e vai às mesmas baladas no fim de semana. Ou o cara que tem um emprego comum, mas pratica artes marciais, fala 6 idiomas, já viajou pelo mundo, cozinha bem, corre em maratonas, e toca saxofone? Acho que o segundo caso parece mais interessante. Mas, se repararem bem, as duas opções podem até estar se referindo à mesma pessoa. A diferença é que, na segunda opção, eu destaquei coisas que podem ser consideradas interessantes.

Claro que isso é muito relativo. Uma mulher que você abordar pode achar que tocar saxofone é a coisa mais sem graça do mundo. Acontece! Mas quanto mais coisas você fizer/souber, e quanto mais fora do comum forem essas coisas, maior a chance das pessoas te acharem interessante.

Na verdade, só pelo fato de você “saber” muitas coisas, as pessoas já te acharão interessante. Pois, normalmente, as pessoas são desorganizadas com seu próprio tempo, e acabam não conseguindo uma brecha na rotina para aprender algo novo.

Portanto, minha dica é: procure aprender/fazer várias coisas. Leia, viaje, aprenda um novo idioma, toque um instrumento, pratique um esporte, conheça pessoas diferentes, assista a muitos filmes, teste uma receita, faça malabares... Enfim, ocupe seu tempo aprendendo/conhecendo coisas novas. Se você leu meu texto sobre escolher seu futuro, as habilidades úteis são ótimos pontos de partida. decidindo-seu-futuro-t96428.html

Além disso, esteja aberto a novos interesses. Seja curioso, pesquise sobre as coisas. Se uma amiga lhe disser que está fazendo aulas de zouk, pergunte-a mais coisas sobre o assunto. Pesquise sobre o tema ao chegar em casa... O youtube é uma ótima fonte tanto para conhecer algo, quanto para aprender efetivamente coisas novas. Eu, por exemplo, estou aprendendo a tocar violão seguindo tutoriais no youtube. Pesquise inclusive sobre assuntos do cotidiano. Se você ouviu que estão havendo tensões entre os EUA e a China, pesquise mais para entender o que está acontecendo. Quanto mais assuntos você souber, menor a chance de lhe faltar assunto.

Como eu havia dito, se forem conhecimentos fora do comum, melhor ainda. Muitas mulheres ficam interessadas com o fato de eu fazer rapel, por exemplo. Não é nada extraordinário, mas também não é só uma peladinha de fim de semana.

Conhecer coisas novas não só lhe tornarão uma pessoa mais interessante, mas também lhe farão feliz, pois você acaba aproveitando todo o processo. E além de fortalecer sua personalidade, ajuda na sua inteligência, também. É cientificamente comprovado que aprender coisas diferentes, como habilidades manuais ou idiomas, aumenta o QI. Acho que não faltam argumentos para que você saia da sua zona de conforto e aprenda algo novo. Então, mãos à obra!

Espero que tenha ajudado! Comentários, críticas e sugestões são bem vindas! Amanhã sai o artigo sobre o [color=#BF0000]Corpo
e terça que vem tem mais da Cabeça!

Abraços![/color]

ANÚNCIOS

Avatar pua
PPO - MEMBRO EXCLUSIVO
#918569 Até que enfim alguém que pensa como eu, fazia um bom tempo que o PUA tinha sido enterrado por "caçadores de ppk".
Essa é a essencia Pua, ótimo tópico guerreiro! :ae
Avatar pua

Criador do tópico

Nativex

Veterano - nível 10

#918628 Fala, PPO! Bão demais?

Cara, eu até entendo essa galera. Quando eu comecei, eu dava muita importância para isso também. Mas quando os FCs se tornam constantes a galera volta a se lembrar que a vida vai além disso.

Valeu, cara! Abraço!
Avatar pua
Tigre De Bengala

Veterano - nível 10

#918630 Esses artigos que estão por vir podem ser bastante interessantes para a galera nova do PU. Acho bom destacar que e bom para seu desenvolvimento tirar projetos no fundo da gaveta, fazer coisas que você gosta e se divertir com isso. Mesmo que seja a ir em eventos "Geek's" o que importa? se sempre quis tocar violão, faça umas aulas, se sempre quis dançar, faça aulas. Faça o que você quer, descubra novas coisas e seja feliz. Além de começar a tirar projetos engavetados de perder peso, abrir uma empresa...sei lá...sempre fazemos promessas loucas no inicio do ano, mas, o importante e que você cumpra suas promessas totalmente ou parcialmente, porque realmente não sabemos qual difícil pode ser realizar tal projeto mas, tente sempre melhor fazer do que ficar imaginando como seria...
Avatar pua

Criador do tópico

Nativex

Veterano - nível 10

#918664 Valeu, Leonzera!

E é isso mesmo, Tigredebengala! Não importa se é uma coisa nova, ou se você está desenterrando algo que você fazia, o importante é que você faça! Os próximos artigos de [color=#BF0000]Carteira
e Cabeça continuam nessa linha. Valeu pelo lembrete.

Abraços!
[/color]
Sethy

Veterano - nível 9

#918899 Isso sim é ser interessante, ótimo post, conseguiu passar muito bem, explicadinho, o que é ser interessante. Salvo nos favoritos,
vou reler toda semana pra criar o hábito de aprender e fazer coisas novas. Obrigado por compartilhar mano