Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua

Criador do tópico

Raptor

PUA EXPERT

#864470 Alguns de vcs ja se sentiram deslocados no lugar em q vivem? Um sentimento do tipo: "cara, o q eu to fazendo aqui".
Morei em cidade pequena praticamente a vida toda, lá eu nunca soube se eu era louco ou se realmente as pessoas la eram atrasadas.
Tipo, sempre tive uma visão muito própria das coisas, e no q eu tinha consciencia eu nao deixava o meu meio me influenciar e fazer minha cabeça como na maioria das pessoas, ser levado pelo pensamento das massas.
Exemplo simples: meu gosto musical, la as pessoas escutam praticamente o q esta em alta e não vejo o gosto musical delas, o q eu vejo é simplesmente a influencia do meio, elas escutam o q está em alta. Já eu não, sempre tive um gosto muito pessoal mas nada de extraordinario, e pelo fato de meu gosto ser diferente eu sempre escutava: "essas musicas doidas suas", "ninguem conhece isso" e por ai ia.
Festas entao nem se fala, nunca fui de beber, entao eu saia pra ficar de boa, e tal (mesmo eu nao gostando de baladas e festas com musica RUIM alta), o povo ia pra encher a cara, e achava isso lindo, contava papo q tinha bebido demais e passado mal. Isso quando nao se reuniam na avenida principal, com musicas "do momento", arrocha e funk, e todo mundo achando o maximo aquilo, vendo os caras se exibirem, claramente tentanto chamar atenção de outras pessoas.
O q me levou a escrever este post foi uma coisa q me aconteceu hj.
Eu não sou budista mas creio em muito do q eles pregam, entao dessa forma, eu tenho uma visão um tanto diferente da maioria, e ainda junta com meus gostos particulares tipo astronomia e vida pre-historica, dai ja viu ne? O povo acha estranho kkkk.
Entao... hj eu vi uma postagem numa pagina minha do facebook, eu li a mensagem e achei ela bonita, mesmo não sendo pra maioria e resolvi falar com minha amiga, mostrar pra ela. A mensagem q eu vi foi essa:

O nitrogenio em nosso DNA,
o calcio em nossos dentes,
o ferro em nosso sangue,
o carbono em nossas tortas de maçã,
Foram criados dentro de uma estrela em colapso,
Somos feitos do mesmo material das estrelas.
"Carl Sagan"


Dai eu falei pra ela: vc ja parou pra pensar nisso?
E ela, ja veio meio q rindo, zuando, e falando quem sabe ne?
Cara, quem sabe? É claro q é verdade, todos os compostos quimicos tiveram origem nas estrelas, ora.
Mas nem me pronloguei quando vi pra onde iria a conversa, ja vi esse filme antes.
Tipo, esse post nem é uma reclamação nao, nem desabafo nem nada disso, mesmo pq eu gosto de ter essa visão própria do mundo, isso nunca me incomodou. As vezes eu ate sinto q eu sei de coisas q a maioria não sabe (pode ser verdade mesmo).
O post é mais para os outros membros comentarem e mostrarem outros exemplos desse tipo de situação.
E ai? Ja se sentiram deslocados no mundo?

ANÚNCIOS

iago2790

Aprendiz

#864479 Cara preocupa não acontece muito comigo, eu faço astrofísica pelo observatório nacional e faço engenharia mecatrônica pela federal de São João Del Rei, ambos campos muitos novos (inclusive meus país criticam) e também tenho uma visão singular do mundo e um gosto musical diferente (rock e metal), meu conselho, não liga muito para isso não é só ficar de boa e tocar o foda-se para o povo.
Avatar pua

Criador do tópico

Raptor

PUA EXPERT

#864535 Eu nem preocupo com isso nao, mas tipo, sou curioso pra saber o q passa na cabeça de certas pessoas.
Sem interesse nenhum na vida, para elas basta aprender o q foi ensinado na escola e nao buscam mais nada, sabe? Acho isso meio triste, pq na verdade são pessoas alienadas, q deixa o mundo ditar suas regras, costumes, roupas, musicas, tudo.
Como usei como exemplo, quando vou em algum lugar na minha cidade e tem muita gente, tipo festas, eu gosto de ficar observando, entender o q passa a cabeça delas, aquele monte de gente, enchendo a cara, escutando a nova onda de "funk ostentação" e mais os arrochas da vida q nao falam nada, e achando isso o maximo, é muita vantagem passar mal de bebado para eles. E muito provavelmente se a tendencia de musica e atitudes (no caso beber) mudar, e for para alguma outra coisa (melhor ou pior), eles vão seguir, feito cordeirinhos.
Acho meio triste isso.