Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

ThEGoDFatheR

PUA EXPERT

#1084066 E mais uma vez estou aqui fazendo minha boa ação do dia. Tentarei expor de forma singular essa questão do sexo, espero que seja útil para vocês.

BREVE ELUCIDAÇÃOEm linhas iniciais, é preciso que deixemos a hipocrisia de lado para podermos assumir a realidade: o sexo é, muitas vezes, a única coisa que segura o homem num relacionamento.

O pior será posto agora: o homem não permanece no relacionamento pelo fato do sexo ser bom, de qualidade. O homem permanece, pois, tem medo de não conseguir sexo após o término do namoro.

Ora, todos nós ficamos enferrujados quando perdemos a prática de ir à caça.

Infelizmente, o cenário é controverso: a cada dia (que no namoro parecem anos) que passa o namoro perde a essência, o ânimo, o tesão, e o sexo que já não é lá essas coisas, perde cada vez mais a qualidade.

Não obstante, não perde apenas a qualidade, perde também a frequência

Até que nos deparamos com a lamentável situação: homens se mantendo em relacionamentos insalubres por causa do sexo. Sexo este de má qualidade e bem, bem escasso.


O QUE FAZER?Apenas sair da comodidade e criar coragem para tomar as rédeas da sua vida.

Não tenha medo de sair de um relacionamento como o exposto acima. Você não ficará sem sexo, pelo contrário, encontrará mulheres que te satisfarão 10 vezes mais na cama do que sua atual namoradinha que só te enche o saco e te irrita, te ofertando um péssimo sexo (quando oferta...).


UTILIDADE PÚBLICA Nº 1Aliás, aproveito o ensejo para dar uma dica EXTRETAMENTE IMPORTANTE: se a qualidade e a frequência do sexo diminuem e suas parceiras fingem não notar, ficando quietinhas, abra seu olho, pode ter boi novo no pasto.


UTILIDADE PÚBLICA Nº 2Outra dica IMPORTANTÍSSIMA é estar atento a qualidade e frequência do sexo durante todo o seu relacionamento.
Mulheres são seres espertos e capazes te foder de formas imensuráveis, são extremamente calculistas. No começo do namoro elas oferecem sexo da mais alta qualidade, fazendo com que o sujeito crie cada vez mais laços afetivos com ela.
Quando percebem que conseguiram fazer com que o cara fique dependente delas, o caos emocional se inicia e, a partir desse momento, o sexo começará a perder a qualidade outrora obtida.


Se já passaram ou conhecem alguém que já passou ou passa por isso, comentem para fazermos um debate sadio.
Também deixe seu feed em caso de concordância ou divergência.
É preciso que comecemos a discutir assuntos relevantes para o homem ocidental moderno.
ENIAC

PUA EXPERT

#1084069 Sobre o artigo eu não tenho o que comentar, afinal,eu nunca namorei, e sou virgem.

Mas uma dúvida me ocorreu. Você já teve algum relacionamento sério ?
Avatar pua
renanalemaum - MEMBRO EXCLUSIVO
#1084075
Quando percebem que conseguiram fazer com que o cara fique dependente delas, o caos emocional se inicia e, a partir desse momento, o sexo começará a perder a qualidade outrora obtida.


Isso é extremamente comum, com varios amigos meus já aconteceu isso, e apesar de não ter uma namorada isso já aconteceu com uma RMLP minha, mas eu já tinha enjoado dela e não sofri.

Agora, sobre a questão de ser dependente, o homem que não é, se caracteriza pelo homem refratário: aquele que não se identifica e não se fascina com a figura feminina, por sua delicadeza e fragilidade. Ele tenta compreende-la da forma mais realista possível. É aquele cara que não cai em seus jogos psiquicos, impenetrável feito uma rocha.
Nessahan Alita fala mais sobre isso no capítulo 18 do “como lidar com as mulheres”.

E como vc citou, quando o sexo fica escasso, entra-se a dúvida na cabeça do indivíduo: pq não transamos mais como antes? será que ela me ama ainda?
Aí começa os agrados, pq vc precisar “dar para receber”, o cara compra presente, roupa nova pra ela... pra tentar colocar fogo na relação.
Mas na minha opinião acho que é tapar sol com peneira, ela só tá te retribuindo algo por vc ter sido um “gentil” com ela...
Avatar pua
Don Vittore - MEMBRO EXCLUSIVO
#1084077 Aconteceu comigo, só que no meu caso o sexo nunca foi bom, de ruim no começo do namoro, acabou péssimo é escasso (1x por mês).

O que realmente me prendeu no relacionamento todo esse tempo foi o fato do sexo, de achar que não conseguiria mais transar por um bom tempo (faz um mês e realmente ainda não consegui). O fato é que o relacionamento é bom somente nos 6 primeiros meses, que é quando a paixão está sob efeito dos dois, após isso, tende a decair até chegar ao ridículo e, ou você toma um pé na bunda, ou você termina.

Belo tópico, parabéns.
Avatar pua

Criador do tópico

ThEGoDFatheR

PUA EXPERT

#1084087
ENIAC escreveu:Sobre o artigo eu não tenho o que comentar, afinal,eu nunca namorei, e sou virgem.

Mas uma dúvida me ocorreu. Você já teve algum relacionamento sério ?


Dois relacionamentos.
Avatar pua
statham - MEMBRO EXCLUSIVO
#1084093 Excelente artigo, vou complementar, eu uma vez criei um post para discutir até que ponto o amor sobrevive sem sexo [ existe-sexo-sem-amor-t122291.html ] e chegamos a duas conclusões, uma boa e uma ruim.

A boa é que o elemento paixão é um elo (uma ligação) entre o amor e o sexo (Sexo <=> Paixão <=> Amor), portanto a paixão, aquele fogo que nos conduz ao sexo no início da relação, na maioria das vezes vai virar amor pela parceira, e aqui entra a conclusão ruim;

A partir do momento que a parceira sentiu que o amor aconteceu, o elemento paixão começa desaparecer (ela não precisa mais conquistar), e quando ele desaparece, as relações sexuais vão ficando mais frias e mais distantes, porquê ele é o elo entre uma coisa e outra.

O princípal problema do universo desde a época de Adão e Eva é esse! É impossível a paixão se manter acesa ao passar de 6 meses! Aquele fogo do início passados 180 dias (aprox.) começa declinar, é impossível manter!

Eu particularmente tive dois relacionamentos longos, e recentemente descobri (através de análise/terapia) que sou uma pessoa que não suporta rotina, eu não fico em nenhum emprego mais que dois anos, estou sempre me interessando por coisas novas...Acredito que dificilmente vou casar! Então cabe a nós nos conhecermos melhor, e estudarmos o universo das fêmeas, para saber o momento certo de dar tchau (ou não)!

Nem todo homem é assim, muitos seguem o curso natural, casam, ficam barrigudos, tem filhos, e etc. Para mim isso nunca vai ser realização pessoal.

Opiniões?

#statham
Avatar pua
Don Vittore - MEMBRO EXCLUSIVO
#1084099
statham escreveu:Excelente artigo, vou complementar, eu uma vez criei um post para discutir até que ponto o amor sobrevive sem sexo [ existe-sexo-sem-amor-t122291.html ] e chegamos a duas conclusões, uma boa e uma ruim.

A boa é que o elemento paixão é um elo (uma ligação) entre o amor e o sexo (Sexo <=> Paixão <=> Amor), portanto a paixão, aquele fogo que nos conduz ao sexo no início da relação, na maioria das vezes vai virar amor pela parceira, e aqui entra a conclusão ruim;

A partir do momento que a parceira sentiu que o amor aconteceu, o elemento paixão começa desaparecer (ela não precisa mais conquistar), e quando ele desaparece, as relações sexuais vão ficando mais frias e mais distantes, porquê ele é o elo entre uma coisa e outra.

O princípal problema do universo desde a época de Adão e Eva é esse! É impossível a paixão se manter acesa ao passar de 6 meses! Aquele fogo do início passados 180 dias (aprox.) começa declinar, é impossível manter!

Eu particularmente tive dois relacionamentos longos, e recentemente descobri (através de análise/terapia) que sou uma pessoa que não suporta rotina, eu não fico em nenhum emprego mais que dois anos, estou sempre me interessando por coisas novas...Acredito que dificilmente vou casar! Então cabe a nós nos conhecermos melhor, e estudarmos o universo das fêmeas, para saber o momento certo de dar tchau (ou não)!

Nem todo homem é assim, muitos seguem o curso natural, casam, ficam barrigudos, tem filhos, e etc. Para mim isso nunca vai ser realização pessoal.

Opiniões?

#statham


Interessante seu ponto de vista, gostei. Realmente, a paixão só dura 6 meses, após isso, tem outro nome, mas creio que ainda não seja amor. Do meu ponto de vista, o amor não existe. O que existem são afeto, carinhoso, comodidade, sexo (apesar de existirem milhares de sexos com outras garotas melhores, o afeto que tem com a garota o torna especial).

É muito mais cômodo a um homem ter sexo toda semana com a mesma mulher do que ter que se arrumar, sair pra baladas, conhecer gente nova, aplicar métodos PU para TALVEZ levar a guria pra cama por uma noite, sendo que na próxima semana, você terá que fazer tudo isso novamente pra de reprente ter a mesma sorte novamente. Chego a conclusão que amor é tesão acumulado, mas com ressalvas. Abraço.
Avatar pua

Criador do tópico

ThEGoDFatheR

PUA EXPERT

#1084142 A prática é sempre a mesma.
Sexo de qualidade >>> Homem se apega >>> Sexo começa a perder qualidade >>> Sexo cada vez menos frequentes e por aí vai.

As mulheres falam que homens são todos iguais, só mudam de endereço, não é?
Pois é justamente o contrário.
Avatar pua
Don Vittore - MEMBRO EXCLUSIVO
#1084143 Talvez seria necessário um homem, mesmo com sexo de qualidade, demonstrar que não foi bom e que nunca está satisfeito. No momento em que se demonstra satisfeito, meu amigo, as coisas desandam.
Avatar pua
Raptor

MEMBRO PROFISSIONAL

#1084148
ThEGoDFatheR escreveu:A prática é sempre a mesma.
Sexo de qualidade >>> Homem se apega >>> Sexo começa a perder qualidade >>> Sexo cada vez menos frequentes e por aí vai.

As mulheres falam que homens são todos iguais, só mudam de endereço, não é?
Pois é justamente o contrário.


Essa redução de frequência e qualidade do sexo normalmente é o que precede um pé na bunda mas tem mais coisas.
Começam a fazer xilique com qualquer coisa, e procurar encrenca. Algumas vezes elas querem terminar mas ficam dando motivos pro homem fazer isso já que elas não querem tomar iniciativa de terminar e muitas vezes o cara não termina e acaba ficando em relacionamento merda até que a mulher não aguenta e termina.