Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090060
af007 escreveu:Cada caso é um caso, fui casado com uma mulher que não ia a baladas, era evangélica e toda "certinha" e era uma vadia! Tem baladeira muito mais "santa" que as certinhas que não gostam de beber e festar!


Mas quem não sabe que as evangélicas são as mais vadias? Sempre foram. Só que é fácil ver sem precisar apostar. Todo mulher que se vicia em algo e torna isso uma religião vai ser um fio desencapado. Só não entendo você ter sido casado com uma vadia e querer ser o cara que diz que baladeira pode servir para casar. Quem é o louco que vai aceitar conselho de quem casa com uma vadia? Aprendeu tanto que saiu da igreja pra procurar mulher na balada. E está louco pra ser enganado de novo.

ANÚNCIOS

decin_bh

Veterano - nível 10

#1090061 Qto ao tópico, óbvio q passa a sensação de que no fundo mulher nenhuma se enquadra em parâmetros para relacionamentos sérios. Se não vou achar na balada e nem na igreja, onde eu vou achar?

A questão é que quem deseja um relacionamento sério tem q, antes de mais nada, fazer uma análise de risco. E pra isso o máximo de informações q tiver sobre ela é pouco ainda.
A questão é q namorar uma "ex" prostituta (categoria q não foi elencada pelo TheGodFather no tópico pq é óbvio q não se chega perto de mulher desse tipo, mas q já teve alguém perguntando se valeria a pena namorar uma aqui nesse forum), é um risco tão grande qto brincar de roleta russa com uma arma toda carregada. Já pra algumas raríssimas mulheres seria uma roleta russa mais de boa. Com uma bala em uma arma de oito tiros.

Mas ainda admiro caras q se arriscam hj em dia, mesmo com a dificuldade de achar uma q valha a pena.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090062 Eu simplesmente não entendo pq vocês participam de um fórum cheio de ideias para aproveitar a mulherada e curtir, para ficar discutindo se a garota é namorável ou não ou como se encontra. Se você está num lugar onde todas vão acabar transando se alguém souber o que falar e ter pra onde levar, não tem lógica nenhuma querer usar isso para arrumar namorada. Até acho que se a moderação fosse ativa deveria truncar e punir todos que tentam usar técnicas para namorar e ou reconquistar namorada. Seria uma forma do pessoal compreender que mulher é bom e namorar é tolice.

Ah, mas você é contra namorar?
Não, não sou. Só digo que namorar é tolice, para quando isso acontecer com vocês, estejam prevenidos como se fossem tolos.

E ser prevenido não é olhar o telefone dela(também pode ser), mas tratar a mulher que vocês escolheram para namorar com lealdade. Se ela não for leal aí já é problema dela e da sua mal escolha. Pq quando você for tomar aquele suco de assaí e ela for no banheiro na hora de pagar, já sabe que a lealdade tá peidando pra você.

Se no início ela vir com aquela de querer usufruir das suas melhores condições financeiras, você pode ter certeza que não tem volta. Que conhecer melhor a mulher? Convide ela para jantar, se ela falar que não tem dinheiro você está num bom caminho. Se você for esperto você troca o convite. Diz pra ela, então vamos no parque que é de graça. Pela reação dela você vai saber de forma fácil o que é importante pra ela.

Tem até uma forma melhor, mas pra isso voc~e tem que morar sozinho. Se ela não tem como rachar o jantar, você convida ela pra ir na sua casa.

Bom, aí vão me perguntar se eu não pago pra garota. Eu pago sim, se ela for gostosa o suficiente pra valer a trepada compensatória depois. Mas certamente não vou namorar com ela.

Pode convidar por cinema, e se ela ficar com aquela cara de espertalhona esperando você pagar, já sabe que vai ser isso que ela espera de você.

E vou dizer, mesmo as que racham desde o início sempre vãoa char uma maneira de contar da irmã, da amiga e sei lá mais o que, que tem um namorado muito gentil que paga tudo. Sim a mulher pra não mexer no bolso e fazer você pagar, transforma isso num gesto gentil. E você cai nisso?
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090063
decin_bh escreveu:Qto ao tópico, óbvio q passa a sensação de que no fundo mulher nenhuma se enquadra em parâmetros para relacionamentos sérios. Se não vou achar na balada e nem na igreja, onde eu vou achar?


Eu sou de sair muito na noite. Mas conheço milhares de pessoas que as 22 horas já estão prontas para dormir. Seja na sexta ou no sábado. Pessoas bastante disciplinadas que estudam e trabalham e vivem uma vida bem de boa. Você nunca vai ver sextou na linha de vida delas. Pq um dia é igual ao outro.
Os seus extemos são perigosos. Uma pq não existe dúvida que o alccol destrói com a inibição e quem bebe uma vez sabe qual lhe é o efeito. E a outra pq na igreja tem milhares de pessoas buscando a santinha pra consituir família. Veja bem, a pessoa pra namorar ela está onde não se está procurando nem casamento nem sexo. São os extremos.
Também sei que qualquer mulher de balada sabendo meu histórico não iria querer algo comigo(namoro), nem as da igreja, pq eu conheço a fama delas. Já aquela que gosta de ler e vai em livrarias, seria facilmente ludibriada por mim. Se eu qusesse abrir mão da putaria era um dos caminhos que eu seguiria.
decin_bh

Veterano - nível 10

#1090064
Rica Villa escreveu:Eu simplesmente não entendo pq vocês participam de um fórum cheio de ideias para aproveitar a mulherada e curtir, para ficar discutindo se a garota é namorável ou não ou como se encontra.


Acho q a resposta é mais neuroquímica e social. Relacionar, mesmo q casualmente, gera respostas cerebrais com uma chuva de neurotransmissores q nos faz sentir atraído pela fêmea, e ao mesmo tempo ainda é socialmente vendida a ideia de que o correto é acharmos alguém para construírmos uma família e vivermos felizes para sempre. Junta as duas coisas e o resultado é a quantidade enorme de tópicos a respeito da amada por quem ele era apaixonado e q o decepcionou. Ou tópicos de como encontrar uma amada, pq a solidão tornou-se angunstiante demais e só pegar uma ou outra por aí não o satisfaz.

No fundo 90% dos homens querem aproveitar a mulherada, mas querem tbm uma elencável com quem vai dividir a vida. Então, assim como o forum tem relatos de campo, dicas e dúvidas de como abordar, tbm tem o lado dos caras q tão no estágio de querer coisa séria.

E na maior parte das vezes a especial é apenas a q ele deixou os neurotransmissores agirem mais fortemente e não necessariamente aquela q realmente presta pra algo sério. As vezes aceita uma qualquer por falta de opção, as vezes por comodismo, etc. Raros são os que tem o calibre certo pra achar uma mulher pra namorar, até mesmo pq esses não estão preocupados com isso.

Acho muito válido o tópico. Serve de alerta pra caras q ainda acham q só pq a mulher dá bola pra ele, ela já está apta pra namoro.

Posso estar enganando, mas seja pra aproveitar a mulherada ou pra saber se aquela q ele tá pegando é namorável, no fundo o forum cumpre o seu papel q é saber lidar com o sexo feminino na esfera da sedução.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090068
decin_bh escreveu:Posso estar enganando, mas seja pra aproveitar a mulherada ou pra saber se aquela q ele tá pegando é namorável, no fundo o forum cumpre o seu papel q é saber lidar com o sexo feminino na esfera da sedução.


Não sei. Acho que se aumentaram as putarias aumentaram também os requisitos pra namorar. Deve ter allgum fórum de psicologia que ensine como o cara testar a mulherada para ver se dá pra namorar. Talvez assim o pessoal se dê contas de coisas mais importantes do que ela ser a nota 10 dos sonhos.
Só que testar significa perder a beleza. Ou abrir mão da beleza. Ou abrir mão das coisas erradas nela para poder dizer que está comendo bem. Eu acho que não vai dar certo. E por isso as coisas terminam. Quando aquela coisa mesquinha nela aparece e você releva por causa de beleza.
Aí vão abrindo diversos parenteses, colchetes e tal:
1- Você não come mulher pq gosta, mas pq para você é um grande interesse mostrar para todos que come mulher bonita.
2- Ela vai lhe aguentando mesmo você mudando suas prerrogativas para não perde-la, um dia ela enche o saco daquele ser que não é um miléssimo do que era quando ela conheceu.
3- Ela ama seu status e um dia você perde o emprego e aí não tem mais como dar o que ela mais gostava.
4- Os amigos lhe dizem que tem alguma coisa estranha e seu ego acha que é inveja. Então aí abre mais um grande leque de possibilidades. Você não tem amigos ou escolheu amigos entre aqueles que lhe admiram e não aqueles que podem dizer que a merda da sua namorada é tão fedorenta quanto a de qualquer outra mulher.

No final é mais simples. Uma HB10 nunca vai sair de um bom teste sem ter baixado a sua nota. Já uma sete só pode subir. Mas para isso você tem que largar de ser fútil e boi mandado.
Por isso que eu respeito quem come pq gosta e não quem faz isso tudo pra por na lista fake para os amigos. Quem faz isso vai certamente acabar se relacionando com mulheres tão falsas quanto ele.
Avatar pua

Criador do tópico

ThEGoDFatheR

PUA EXPERT

#1090071 Caralho, parece que a coisa aqui bombou, haha.

Vou ficar a par do que foi dito, mas antes quero deixar apenas uma singela observação:

Fiquem tranquilos que não "esqueci" um ou outro tipo, é que teremos a parte 2, 3, 4 e se continuar nessa pegada, o céu é o limite, até enumerar todas as atitudes dessas pervertidas. Feministas, maconheiras e afins, todas entrarão nas partes seguintes.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090073
ThEGoDFatheR escreveu:Caralho, parece que a coisa aqui bombou, haha.

Vou ficar a par do que foi dito, mas antes quero deixar apenas uma singela observação:

Fiquem tranquilos que não "esqueci" um ou outro tipo, é que teremos a parte 2, 3, 4 e se continuar nessa pegada, o céu é o limite, até enumerar todas as atitudes dessas pervertidas. Feministas, maconheiras e afins, todas entrarão nas partes seguintes.


kkkkkkkkkkkkkkkkk
No fundo não dá se meter com mulher comunista e nem capitalista. Ambas querem meu rico dinheirinho sem fazer esforço. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gabriel Silva

Veterano - nível 5

#1090090 Eu já mencionei aqui no fórum, mas vou tentar repetir mais vezes, que uns dos princípios básicos para estabelecer um namoro/relacionamento é analisar o nível de compromisso que a mulher tem em relação a algo (seja ao trabalho, estudo, causas sociais, família, saúde, vida espiritual etc) e os valores em comum que possuem.

Isso não é nenhuma receita para o sucesso na vida amorosa, aliás. É apenas o ponto de partida para começar a considerar que algo vá adiante.
Mas aí entram problemas inevitáveis, como a avaliação de beleza da mulher.
Digo por experiência própria, já que na faculdade eu me deparei com uma garota que muitos dariam até nota 4 (em termos de beleza), mas que era fantástica, pois se expressava de uma maneira perfeita, tinha dedicação e paixão por aquilo que fazia e muitos dos nossos valores correspondiam.
Mas entre alguns fatores, o fato de não me sentir tão atraído me impedia de agir - não há porquê ser hipócrita.

É foda vir aqui para contextualizar e aprofundar certos temas, já que são 2 ou 3 (sendo otimista) que conseguem fazer essa imersão.
Mas ainda existem pessoas saudáveis para estabelecer algo sério.
Só que será necessário estabelecer novos padrões, critérios, desfazer o próprio ego - ou seja, se "descontaminar" do que é estabelecido pela sociedade no geral.

O que torna também coerente perguntar: você se considera saudável para estar em um namoro (ou até mesmo casamento)?
Porque é foda você estar incluído em mais de 2 desses quesitos.

Quanto a pergunta final do tópico, nunca me envolvi sério com mulheres do tipo 1-2.
E se fosse o inverso, não me vejo incluso em nenhum.

Obs: O que sempre me fodeu foram mulheres comprometidas, sou para-raio desse tipo.
Acho que vale elencar essas também - vai que algum otário (como eu) pense que a mulher desfaça o namoro/casamento pra "ser sua".
af007

Aprendiz

#1090107
Rica Villa escreveu:
af007 escreveu:Cada caso é um caso, fui casado com uma mulher que não ia a baladas, era evangélica e toda "certinha" e era uma vadia! Tem baladeira muito mais "santa" que as certinhas que não gostam de beber e festar!


Mas quem não sabe que as evangélicas são as mais vadias? Sempre foram. Só que é fácil ver sem precisar apostar. Todo mulher que se vicia em algo e torna isso uma religião vai ser um fio desencapado. Só não entendo você ter sido casado com uma vadia e querer ser o cara que diz que baladeira pode servir para casar. Quem é o louco que vai aceitar conselho de quem casa com uma vadia? Aprendeu tanto que saiu da igreja pra procurar mulher na balada. E está louco pra ser enganado de novo.


Fui casado porque casei muito novo e era imaturo, e pra sua informação tenho namorada e não procurei ela na balada não.