Aqui é a caixa de pandora das dúvidas antigas ou resolvidas.
Imagem
Lembre-se de agradecer se alguém realmente te ajudou. Membros que não agradecem são INSTRUÍDOS a não ajudarem mais o membro.

Criador do tópico

alfieosedutor

PUA Avançado

#1072273 Fala galera. Me sinto motivado a escrever esse tópico aqui pois é o único lugar em que a gente é ouvido e as pessoas tentam nos ajudar sem ganhar nada em troca.

Vou tentar escrevê-lo de acordo com o meu ponto de vista e peço-lhes tb que não levem nada para o lado pessoal e encarem as coisas sem nenhum juízo de valor.
Editado pela última vez por alfieosedutor em 08 Mar 2018, 20:51, num total de 1 vezes

ANÚNCIOS

Criador do tópico

alfieosedutor

PUA Avançado

#1072274 Minha vida começou tudo bem. Nasci em uma família de recursos embora meu pai não trabalhasse e minha mãe ganhasse pouco(por sorte eu tinha avós ricos que proporcionavam uma boa vida à minha família e uma boa criação a mim). Era uma criança bonita e quando entrei na escola eu fazia amigos rapidamente e era meio que o centro das atenções, tudo que eu fazia meus amigos copiavam e eu “ditava” a moda. Meu espírito era livre.

Com o tempo as coisas começaram a degringolar. Meus pais brigavam muito, minha mãe me pressionava muito para estudar e o meu pai cultivava uma baixa autoestima pelo fato de não trabalhar.

Até que aconteceu uma das piores coisas que pode acontecer a alguém. Fui severamente sacaneado por um amigo. Isso mesmo. Por um amigo. Não vou entrar em detalhes pois se trata de um trauma e não quero expor(não se trata de algo de cunho sexual).

À partir daí as coisas foram ladeira abaixo. Minha aparência ficou decrépita em razão do trauma e passei a ser alvo de bulling(as turmas haviam se separado e em razão disso formaram-se novas panelinhas). Acho que o meu bulling foi um dos piores que uma pessoa pode sofrer. Me xingavam, xingavam minha mãe. Me meti em diversas brigas físicas mas nada adiantava pois eu não havia desenvolvido a sagacidade e a inteligência social para me livrar daquela situação. Os professores não faziam nada e muitas vezes me deixavam de castigo por revidar as agressões e tentar fazer cessa-las.

Nessa época eu tinha uns 12 anos e lhes digo meu caro. Desde aquela data até hoje eu me sinto PIOR QUE UM LIXO.

Fatalmente o aspecto extrínseco da minha vida melhorou. Meu pai arrumou um bom emprego, nossa situação financeira melhorou ainda mais. Minha aparência melhorou pois eu passei a me cuidar e a fazer esportes. Hoje sou um cara muito bem apessoado, modéstia parte. Mas aquela mesma sensação, aquele mesmo pensamento, aquele mesmo passarinho vive soprando no meu ouvido ME DIZENDO O QUÃO MERDA EU SOU.

Igual o meu pai tb não consegui evoluir profissionalmente ainda. Estudo pra concursos mas é muito difícil pois eu sou muito sensível e qualquer coisinha, por menor que seja já me abala e eu não consigo estudar.

Tenho uma namorada que é MA-RA-VI-LHO-SA mas às vezes eu não gosto disso. Leiam um livro de psicologia e verão que as pessoas gostam de ser tratadas da maneira como foram tratadas na infância, ou seja, talvez eu estaria mais “apaixonado” por uma mulher que me fizesse de bobo, fizesse joguinhos, fosse ruim comigo.

Meu ciclo de amizades continua o mesmo. As pessoas cresceram e começaram a ser respeitosas comigo(e eu tb me fiz respeitar pois adquiri certa sagacidade e blá blá blá...

Isso é extremamente ruim pois como sou de cidade pequena eu não tenho opções de amigos...qualquer círculo que eu entrar vai ter alguma ligação com essas pessoas que me fizeram bulling. Com a convivência eu aprendi a gostar dessas pessoas mas não deixa de ter uma grande mágoa e rancor em relação a elas. Até o meu amigo que me causou o trauma que desencadeou isso tudo eu convivo...

No mais, pra terminar o tópico...

Eu faço terapia há 10 anos pra esquecer isso...AINDA ME SINTO UM MERDA, NA MESMA PROPORÇÃO QUE ANTES. Pago caro pela terapia, fica longe de minha casa.

Nesse meio tempo passei por outros pequenos “trauminhas”. Fui traído de forma extremamente desleal por uma antiga namorada.......................................

Mas outra coisa que “pega” hoje em dia é que além de me sentir um bosta eu tenho uma dificuldade enorme em fazer amigos.

Eu sou um cara interessante(apesar de me sentir um bosta eu sou) mas eu sou mortalmente inseguro e isso fode a porra toda...

As pessoas tentam me dizer pra procurar apoio na religião, pra procurar qualquer emprego mesmo que seja de “peão”(pra fazer minha cabeça parar de pensar em coisas ruins) mas como eu vi em uma reportagem de uma revista estilo Superinteressante outro dia: os efeitos do bulling são pra sempre. Era uma reportagem de capa e eu nem tive coragem de comprar....

No mais é isso galera, é só um desabafo........VALEU, quem quiser trocar uma ideia estamos ae...é só um desabafo de um pua...abraços!!!!
Avatar pua
Carlos BaaaseD

Aprendiz

#1072276 Olha amigo, sou apenas um novato, mas estarei disponibilizando o meu MP, quando vc quiser desabafar. Eu estou com você nessa cara, estaremos sempre juntos (um auxiliando o outro) se mantenha firme em sua jornada, procure praticar esportes, meditação e tudo que possa te auxiliar mentalmente e fisicamente... Esqueça o passado, você agora é uma nova pessoa, e essa nova pessoa nunca sofreu e nem sofrera agressões morais! E jamais pense em em atos destrutivos, como o suicídio ou algo do gênero... E lembre-se você é um PUA cara! A vida vai sempre querer te FODER, com todos os "r"s possíveis... Ou você a controla ou ela controla você! Abraços do seu amigo, BaaaseD (:
Avatar pua
bigbagual

MEMBRO PROFISSIONAL

#1072277 É problema psicológico, se algo poderia funcionar para você superar era a terapia mas você mesmo disse que não funcionou. Ir a psiquiatra acho que também não ajuda, só vai passar remédios e você vai ficar dopado e ansioso. O remedio natural é pensar que você é capaz e que ainda tem muitas coisas boas para viver, que seu esforço vai valer a pena. Só em não desistir ja está fazendo algo. Uma epoca eu sofri bullying, no primeiro ano do ensino medio, eu chorava sozinho antes de dormir imaginando coisas como "eu sou feio, se morrer ninguem vai sentir falta, nunca vou arrumar uma mulher porque sou feio e pobre". O tempo passou e superei, porque ocupei minha mente e o pensamento positivo superou a parte ruim. O espaço faz bastante diferença tambem, no segundo ano me mudaram pro periodo da tarde, apesar de ser na mesma escola a nova turma era gente boa e nunca fizeram bullyng comigo, eu era a mesma pessoa mas ninguem pegava no meu pé. Então tu tem que mudar de espaço, ir pra novos ares. Mudar de turma ou escola é mais facil que mudar de cidade. De qualquer forma Espero que tu consiga, mas isso depende mais de vc mesmo, pensar positivo, só você pode mudar a sua história.
Avatar pua
Pequeno Principe

Aprendiz

#1072280 Eai Brother bão ou não ?
Então li seu desabafo, eu tbm sofri bullyng durante o ensino médio e o colegial... é barra to ligado como é pensar em suicídio diariamente, matar pessoas, fazer uns atentado... é foda. Mas hoje em dia, apos uns 4 anos dps de encontrar a comunidade e tals, estou bem melhor, e na real eu nem lamento mas por isso que aconteceu comigo, estou ciente que cada um tem sua historia e que coisas ruins vão acontecer, o importante é o que vc faz com a situação (como diz Rocky Balboa). Esses dias topei com meu principal "rival" no colegial, eu estava conversando com um amigo no ponto de ônibus, ai ele cumprimentou meu amigo e eu tbm (como se nada tivesse acontecido, hoje em dia sou bem sociável e eu tbm agi como se nada tivesse acontecido), troquei uma ideia com ele, e o mlk é um bisonho, não consegue manter contato visual e fica olhando pros lados, esta com uma voz fina, desempregado e ainda não formou (falta o 3º colegial). Dai peguei o bus e fui refletindo, não que foi a melhor coisa do mundo o que aconteceu comigo, quero dizer, isso faz parte da minha historia. Da minha turma na escola tem uns 4 que foram pra facul, e eu sou um deles, eu sofria bullyng e não tinha amigos, então acaba que eu dedicava nos estudos, o que quero dizer com isso é: olhe o lado bom das coisas, talvez hoje eu estaria num trampo fudido sem perspectivas de vida, mas pelo o que aconteceu comigo, eu dediquei nos estudos e conheci a comunidade, leio livros de PNL (curto prakarai), hoje eu tenho minhas metas (uma delas tbm é concurso, então tamo junto mlk), sei onde quero chegar e como fazer pra chegar la... Só queria te deixar essa mensagem meu chegado, para de remoer o que aconteceu, agradeça por tudo que aconteceu com vc e por vc ter superado, só quem sofreu sabe, e vc tem tudo que precisa pra atingir seu melhor.
Flw Abçs.
Avatar pua
Detective

Aprendiz

#1072281 Os meus malefícios foram a criação de fobia social, além de períodos depressivos.
Essas coisas acontecem com a gente, mas achk que tudo tem um propósito e se isso acontece é para a pessoa aprender algo, tirar uma lição.

Os bullies que me zoavam hoje em dia me respeitam, não converso, não tenho interesse em amizade, se ocasionar eu até cumprimento, mas não faço questão.

Isso marca a vida de qualquer um, no meu caso perdi quase toda a minha adolescência por causa da repressão. Eu sempre fui tímido, mas o bullying me piorou grandemente.

Pra você ter uma idéia eu sofro de algo psicologico a quase 5 anos, e somente essa semana resolvi buscar ajuda. Isso me marcou de forma profunda em todos os aspectos.

Mas tento não pensar nisso. Até esqueço. Não me afeta tanto mais, só as sequelas disso.

Experiências qur cada um deve aprender a lidar né!

Se precisar conversar, chame na MP.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1072283
alfieosedutor escreveu:Tenho uma namorada que é MA-RA-VI-LHO-SA mas às vezes eu não gosto disso. Leiam um livro de psicologia e verão que as pessoas gostam de ser tratadas da maneira como foram tratadas na infância, ou seja, talvez eu estaria mais “apaixonado” por uma mulher que me fizesse de bobo, fizesse joguinhos, fosse ruim comigo.


Comece por isso. Vai esperar perder pra dar o devido valor? Se sua situação é complicada, imagine sem ela? Até pelo que você diz, estaria mais apaixonado se ela fosse ruim com você. Experimente vacilar pra ver se ela não vai ficar ruim com você? Só que esse ruim vai ser sem volta e a cada vez que ela lhe recusar, você ficará mais apaixonado. Não quero dizer para você virar um cara grudento.
Paciência de mulher tem limite.
Avatar pua
Nightrider

PUA Avançado

#1072286
bigbagual escreveu:É problema psicológico, se algo poderia funcionar para você superar era a terapia mas você mesmo disse que não funcionou. Ir a psiquiatra acho que também não ajuda, só vai passar remédios e você vai ficar dopado e ansioso. O remedio natural é pensar que você é capaz e que ainda tem muitas coisas boas para viver, que seu esforço vai valer a pena. Só em não desistir ja está fazendo algo. Uma epoca eu sofri bullying, no primeiro ano do ensino medio, eu chorava sozinho antes de dormir imaginando coisas como "eu sou feio, se morrer ninguem vai sentir falta, nunca vou arrumar uma mulher porque sou feio e pobre". O tempo passou e superei, porque ocupei minha mente e o pensamento positivo superou a parte ruim. O espaço faz bastante diferença tambem, no segundo ano me mudaram pro periodo da tarde, apesar de ser na mesma escola a nova turma era gente boa e nunca fizeram bullyng comigo, eu era a mesma pessoa mas ninguem pegava no meu pé. Então tu tem que mudar de espaço, ir pra novos ares. Mudar de turma ou escola é mais facil que mudar de cidade. De qualquer forma Espero que tu consiga, mas isso depende mais de vc mesmo, pensar positivo, só você pode mudar a sua história.


Sigo na mesma linha do bigbagual, e complemento argumentando o seguinte, se ficar preso ao passado, se ficar afetado com o que as pessoas dizem ou pensam não conseguira viver uma vida realmente plena e digna, vejona sua fala uma preocupação excessiva com aparência, dinheiro, influencia social e etc, resumindo você atrela sua auto-estima a coisas que não controla a fatores completamente externos, isso é a receita para o fracasso, ninguém é rico ou bonito, você esta rico ou bonito, então, não pare de se apaegar a essas coisas, sempre falo do Edy style aqui:
Imagem





Se isso não te animar irmão, não sei o que pode.

Tamo Junto ! :ae :ae :ae
Avatar pua
The Potents - MEMBRO EXCLUSIVO
#1072287 Amigo, analisando o que você escreveu, ao meu ver o que está faltando é você deixar seu passado para trás, lá onde ele aconteceu, e passar a viver seu presente de maneira plena.

Entendo que você passou por experiências negativas muito fortes, mas tente enxergá-las como cicatrizes, não como feridas que ainda purgam.

É compreensível que você tenha se sentido um merda no passado, mas você mesmo descreveu que sua REALIDADE ATUAL é outra, é diferente. Não tem, então, porque continuar revivendo algo que já passou.

Graças às suas feridas, hoje você é um homem que tem uma certa visão de mundo diferente do que teria se só tivesse tido facilidades na vida. Você é capaz de compreender coisas que quem sempre teve vida mansa não tem qualquer noção do que se trata.

Os grandes lutadores e batalhadores muitas vezes ostentam cicatrizes horríveis na face, e apesar do sofrimento que eles passaram ao receber os golpes que as ocasionaram, hoje elas significam para quem vê um sinal de vitória, de força, de honra, de sobrevivência.

Não é à toa que homens que possuem algum tipo de cicatriz no rosto são vistos como mais atraentes, mais másculos pelas mulheres.

Então, meu querido, aceite seu passado do jeito que ele foi, orgulhe-se de suas cicatrizes porque, apesar de tudo, você sobreviveu e saiu vitorioso daqueles ferimentos graves, e passe a fazer a partir de agora seus novos momentos, a trabalhar por um futuro que seja conforme você deseja.

Dá uam olhada neste artigo que vai complementar o que acabei de escrever: http://reflexoesmasculinas.com.br/como- ... utodefine/

Para finalizar, vou deixar uma frase de Wayne W. Dyer para você refletir:

"Só um fantasma se apega ao seu passado, explicando-se com autodefinições baseadas numa vida já vivida. Você é aquilo que escolhe ser hoje, não o que escolheu antes."

Forte abraço! :ae
Avatar pua
Charles Bill 2

Aprendiz

#1072289 O real problema meu caro amigo é você se identificar com os problemas.

Eu sou isso ou eu sou aquilo...

Isso é o que te fode.Trata-se isso de dentro pra fora.Mudando teu frame,lendo e evoluindo.


Abraço