Criador do tópico

Remy Lebeau

Veterano - nível 2

#565989 ["Cientificando" nosso comportamento"]

Gustave Le Bon foi um teórico que se ocupou em estudar o comportamento das massas. Seu trabalho é considerado bastante relevante para a Psicologia Social, como também, é bastante vasculhado nas disciplinas de Publicidade e Comunicação Social.

Le Bon dizia que uma massa de pessoas distinguia-se da soma das partes que a formava. Ou seja, é como se essa massa tivesse um comportamento próprio, distinguindo-se do comportamento real de cada pessoa isolada.

A massa é mais regulada pela emoção do que razão e é bastante estimulada por símbolos, gestos e imagens. O Q.I. da massa é inferior ao Q.I. de seus integrantes. Ela acaba por ser mais instintiva, violenta e a agir pensando em curto prazo, potencializando a emoção momentânea. (principalmente quando não existe a regulação de um líder que estimule a organização e o bom convívio).

Achei interessante postar esse vídeo aqui principalmente porque nos mostra como os grupos são fluidos e manipuláveis. Nós somos manipuláveis. Um lider gera segurança para as pessoas, as mostra pra onde ir e elas vão. Muitas vezes sem se questionarem o porquê. `[Isso é familiar para você?]

“Estimule a imaginação das multidões e governara-los” dizia Le Bon.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RYseU6H6YkU&feature=player_embedded[/youtube]


Outro ponto interessante é que quando se estimula a imaginação das pessoas, promovendo mistério ou até mesmo aparentando-se de uma forma enigmática, concentra-se a atenção do público os deixando curiosos e especulativos.

Kurt Lewin, um outro autor muito estudado pela psicologia, fez um experimento que mostrou como o pensamento do grupo pode ser estabelecido de acordo com o pensamento de seus lideres. Um líder pode deixar o grupo mais arrogante e agressivo como pode promover um ambiente pacífico e ordenado.

VIDEO | PUA | BASE

Dá mesma forma que percebemos como isso é trágico, ficamos mais críticos e mais sensíveis em perceber o nosso papel no grupo. Diminui, mesmo que minimamente, nossa condição de manipulado e ficamos mais a par sobre nossas interações sociais e as dinâmicas de um grupo.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Flyboy

Aprendiz

#566001 Símbolos e mensagens subliminares entram no subconsciente sem serem questionados.
Um simbolo pode ser só um simbolo na mente consciente. Mas o subconsciente sempre sabe o real significado.

Lavagem cerebral e magia funcionam se aproveitando disso. Por que vocês acham que o ocultismo é cheio de símbolos malucos e sem sentido? São símbolos que representam desejos e sentenças...são criados para passar direto pela mente racional e ir no fundo do subconsciente.

O momento ideal pra lançar o símbolo no subconsciente, é em algum momento de pico emocional e êxtase, ou de apaziguamento (quando você está quase dormindo...). São momentos de "branco", em que você fica anestesiado (existem ocultistas que utilizam masturbação, e durante o orgasmo, mentalizam o simbolo.