O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!

Criador do tópico

Topetecloser

Aprendiz

#1082859 Pessoal fico feliz de ter terminado o Colégio, mas ao mesmo tempo assustado porque eu não sei o que fazer agora, quero uma profissão sólida e que eu possa subir na vida com ela, não sei acredito muito em vender cursos para hotmart, gostaria de uma vida que eu fizesse o meu trabalho saca, tipo eu levantando a hora que quiser e comer a hora que quiser, ter controle sobre tudo isso, moro atualmente com a minha mãe, mas sei que nada dura para sempre um dia vai ficar só eu pra me manter em pé!

Gostaria de alguém que ja passou por isso, ou está na mesma situação que eu me encontro!

Abraços e Feedeemm

A e por qual curso vocês acham que eu deva começar para vender para a hotmart, tem tantos pela internet que eu fico confuso! Me ajudem por favor!

ANÚNCIOS

legendarios123

Veterano - nível 8

#1082866 poxa...
quando vi o título da postagem já pensei: vou ali ajudar o meu irmão
vc não tá sozinho, quando terminei o colégio pensa num cara que pensava: MAS QUE PORRA QUE AGORA VOU FAZER?
eu tomei um pé na bunda da mina no colégio
acabou a porra toda.... nunca mais vi a mina
sem grana e pensando
O QUE VOU FAZER DA VIDA?
hahahaha
vc não esta sozinho meu velho
também estive nessa e posso lhe dizer algumas coisas
Faça aquilo que vc curte fazer!!! ganhe dinheiro fazendo o que vc curte fazer!!!
Tranformar um dos hobbies em maquina de dinheiro é a melhor idéia
assim vc não sofrerá quando tiver que "trabalhar"
se aventure para descobrir o que vc realmente "curte" e o que não "curte"
aproveita que tá novo e ainda tem pra onde voltar, que é a casa dos pais
vive a vida pra vc, não para os outros, as vezes vão dizer que vc deve fazer isso ou aquilo, mas é a visão deles
procure a sua
seja vc mesmo, mas procure evoluir a cada dia, se atualizar, ser o melhor que vc pode ser hoje!!!
abraços
Avatar pua
Shuwer - MEMBRO EXCLUSIVO
#1082867 Legendarios falou tudo irmão

Eu sai do ensino médio com a CERTEZA que queria ser publicitário, e então dei de cara com uma sociedade extremamente machista, feminista, fodaseista opressora
sério mesmo
eu literalmente não posso fazer porra nenhuma que sempre vai ter alguém barrando alguma parte do que eu quero de fato fazer
eu no ensino médio fazia trabalhos que geral chorava de rir, e eu realmente conseguia transformar uma aula chata, em uma puta aula divertida e geral prestava atenção nos meus videos
Lembro de até professores mandando eu fazer videos pra descontrair nas aulas deles, e fazer com que os alunos entendam a materia de outra forma, e isso era foda pra caralho, isso me fez querer ser algo relacionado a marketing, PP...
Mas quando entrei vi que não era esse o caminho
Porém eu reconheço que esse caminho irá abrir e abriu muitos caminhos, e é por isso que eu sigo estudando publicidade
Muita coisa lá é de fato útil pra mim, e eu sei que sou novo, posso errar, posso aprender, acertar e etc...

Então não tenha medo
Descubra o que você gosta, o que não gosta, o que quer fazer
você pode até mesmo fazer um gap year, que é um ano onde você busca se descobrir e estudar para no proximo ano você entrar na area que desejará seguir.

Eu tive a sorte de fazer um intercâmbio e isso abriu minha mente pra caralho, eu juro que fui o único da minha sala a ir no intercâmbio porque meus pais quiseram me levar pra lá (eu nem queria na época), e sou eternamente gratos a ele, hoje eu tenho amigos no Mato Grosso, no RJ, no interior de SP, em todos os Estados que o intercambio reuniu eu fiz amizades fortes, e então eu descobri um grande potencial em comunicação social, por isso continuo Publicidade, quero montar minha empresa e isso irá me ajudar também, quero ir pra psicologia depois, fazer um curso na SBC, ou seja, tem muita coisa que eu sonho, almejo, e são esses sonhos que movem meu presente cada vez mais, a nunca desistir e buscar a felicidade

Abraçoss, Shuwer
Avatar pua
fwardkoff - MEMBRO EXCLUSIVO
#1082871 É totalmente aceitável você estar nesta situação, afinal nem todos terminam o ensino médio e já tem a definição do que querem para a sua vida. É algo muito complicado, pois terminamos o colégio cedo e tomar uma decisão que de certa forma seria para o resto da vida é muiti difícil.

Eu terminei o colégio com 16 para 17 anos e eu realmente não sabia o que fazer da vida, pensava em fazer algum cursinho para vestibular e tentar passar numa federal. Mas a minha mãe veio e me deu um ultimato, dizendo que não ia pagar cursinho e me propôs cursar Direito e trabalhar no escritório dela, eu tive que aceitar pois não havia outro caminho.

Hoje, com 22 anos, estou há menos de 2 meses de me formar e eu tenho a plena convicção de que fiz o curso errado, como eu descobri isso? Ano passado eu fui morar na Austrália para tentar me encontrar na vida e a minha experiência lá me fez amadurecer bastante, quando voltei eu já tinha a certeza de que o Direito não era pra mim e o que eu deveria ter feito era Psicologia ou algo do gênero, pois adoro estudar o comportamente humano e sou um cara que sempre sou buscado por amigos para ajudá-los com problemas pessoais.

Enfim, hoje em dia eu sei que não quero continuar na área jurídica pois não é a minha praia, infelizmente a minha mãe continua a me pressionar a assumir o escritório dela (que por sinal é grande), só que não quero isso para mim. Já entendi que quero algo com mais emoção, busco alguma carreira policial ou então empreender.

Então meu jovem (até pareço um velho hahaha), fica tranquilo e saiba que muitos se encontram nesta sua situação. Se você com essa idade ta preocupado, imagina eu que tenho quase 23 e ainda sinto que to perdido? As coisas naturalmente vão acontecer e com o passar do tempo você vai começar e perceber o que quer da sua vida, o importante é experimentar de tudo até encontrar o que se encaixa melhor com a tua personalidade.

Abraço!
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1082874
fwardkoff escreveu:É totalmente aceitável você estar nesta situação, afinal nem todos terminam o ensino médio e já tem a definição do que querem para a sua vida. É algo muito complicado, pois terminamos o colégio cedo e tomar uma decisão que de certa forma seria para o resto da vida é muiti difícil.

Eu terminei o colégio com 16 para 17 anos e eu realmente não sabia o que fazer da vida, pensava em fazer algum cursinho para vestibular e tentar passar numa federal. Mas a minha mãe veio e me deu um ultimato, dizendo que não ia pagar cursinho e me propôs cursar Direito e trabalhar no escritório dela, eu tive que aceitar pois não havia outro caminho.

Hoje, com 22 anos, estou há menos de 2 meses de me formar e eu tenho a plena convicção de que fiz o curso errado, como eu descobri isso? Ano passado eu fui morar na Austrália para tentar me encontrar na vida e a minha experiência lá me fez amadurecer bastante, quando voltei eu já tinha a certeza de que o Direito não era pra mim e o que eu deveria ter feito era Psicologia ou algo do gênero, pois adoro estudar o comportamente humano e sou um cara que sempre sou buscado por amigos para ajudá-los com problemas pessoais.

Enfim, hoje em dia eu sei que não quero continuar na área jurídica pois não é a minha praia, infelizmente a minha mãe continua a me pressionar a assumir o escritório dela (que por sinal é grande), só que não quero isso para mim. Já entendi que quero algo com mais emoção, busco alguma carreira policial ou então empreender.

Então meu jovem (até pareço um velho hahaha), fica tranquilo e saiba que muitos se encontram nesta sua situação. Se você com essa idade ta preocupado, imagina eu que tenho quase 23 e ainda sinto que to perdido? As coisas naturalmente vão acontecer e com o passar do tempo você vai começar e perceber o que quer da sua vida, o importante é experimentar de tudo até encontrar o que se encaixa melhor com a tua personalidade.

Abraço!


Sei que você não pediu conselho. Mas já serve para ajudar algumas pessoas. Pense que se você já foi tão longe estudando direito, agora está na hora de seguir em diante e ter sua liberdade financeira para quando você ter certeza do quer fazer não precisar passar por perengues. As vezes temos que ser pragmáticos e fazer o que temos mais a mão. Sendo útil você vai achar sempre novos caminhos.

Criador do tópico

Topetecloser

Aprendiz

#1082876 É totalmente aceitável você estar nesta situação, afinal nem todos terminam o ensino médio e já tem a definição do que querem para a sua vida. É algo muito complicado, pois terminamos o colégio cedo e tomar uma decisão que de certa forma seria para o resto da vida é muiti difícil.

Código: Selecionar tudo Aham, pura verdade


Eu terminei o colégio com 16 para 17 anos e eu realmente não sabia o que fazer da vida, pensava em fazer algum cursinho para vestibular e tentar passar numa federal. Mas a minha mãe veio e me deu um ultimato, dizendo que não ia pagar cursinho e me propôs cursar Direito e trabalhar no escritório dela, eu tive que aceitar pois não havia outro caminho.

Código: Selecionar tudo Baah terminou cedao irmao, coisa boa!


Hoje, com 22 anos, estou há menos de 2 meses de me formar e eu tenho a plena convicção de que fiz o curso errado, como eu descobri isso? Ano passado eu fui morar na Austrália para tentar me encontrar na vida e a minha experiência lá me fez amadurecer bastante, quando voltei eu já tinha a certeza de que o Direito não era pra mim e o que eu deveria ter feito era Psicologia ou algo do gênero, pois adoro estudar o comportamente humano e sou um cara que sempre sou buscado por amigos para ajudá-los com problemas pessoais.

Código: Selecionar tudo Eu tbm tenho Psicologia em mente.




o importante é experimentar de tudo até encontrar o que se encaixa melhor com a tua personalidade.

Abraço!

Código: Selecionar tudo Verdade Irmão, valeu pelo toque!

Criador do tópico

Topetecloser

Aprendiz

#1082877
legendarios123 escreveu:poxa...
quando vi o título da postagem já pensei: vou ali ajudar o meu irmão
vc não tá sozinho, quando terminei o colégio pensa num cara que pensava: MAS QUE PORRA QUE AGORA VOU FAZER?
eu tomei um pé na bunda da mina no colégio
acabou a porra toda.... nunca mais vi a mina
sem grana e pensando
O QUE VOU FAZER DA VIDA?
hahahaha
vc não esta sozinho meu velho
também estive nessa e posso lhe dizer algumas coisas
Faça aquilo que vc curte fazer!!! ganhe dinheiro fazendo o que vc curte fazer!!!
Tranformar um dos hobbies em maquina de dinheiro é a melhor idéia
assim vc não sofrerá quando tiver que "trabalhar"
se aventure para descobrir o que vc realmente "curte" e o que não "curte"
aproveita que tá novo e ainda tem pra onde voltar, que é a casa dos pais
vive a vida pra vc, não para os outros, as vezes vão dizer que vc deve fazer isso ou aquilo, mas é a visão deles
procure a sua
seja vc mesmo, mas procure evoluir a cada dia, se atualizar, ser o melhor que vc pode ser hoje!!!
abraços


Valeuu pela a atenção e pelo tempo irmão, e os conselhos de coração mesmo!

Abração

Criador do tópico

Topetecloser

Aprendiz

#1082878
Shuwer escreveu:Legendarios falou tudo irmão

Eu sai do ensino médio com a CERTEZA que queria ser publicitário, e então dei de cara com uma sociedade extremamente machista, feminista, fodaseista opressora
sério mesmo
eu literalmente não posso fazer porra nenhuma que sempre vai ter alguém barrando alguma parte do que eu quero de fato fazer
eu no ensino médio fazia trabalhos que geral chorava de rir

Código: Selecionar tudo hahaha que da hora mano!

Então não tenha medo
Descubra o que você gosta, o que não gosta, o que quer fazer
você pode até mesmo fazer um gap year, que é um ano onde você busca se descobrir e estudar para no proximo ano você entrar na area que desejará seguir.

Código: Selecionar tudo Pode creee isso seria muito util mesmo!

Eu tive a sorte de fazer um intercâmbio e isso abriu minha mente

Código: Selecionar tudo Baah que massa cara, isso seria uma boa pra mim tbm!


Valeuu meu brother tmj! Abração
Avatar pua
PicchuMozão

Aprendiz

#1082880 Eu também me vi assim quando terminei, Meu pai desempregado e minha mãe sustentando a casa como custureira era foda menos de 1 salário mínimo, sem objetivos, tentava conseguir um trampo tava difícil, pensava até me jogar no tráfico já que era menor de idade não dá nada, via a mulekada fazendo 2k por semana era muita tentação. Eu tinha 16 hoje tenho 18 anos.
Com 17 comecei a trabalhar em um comercio no centro, que estou até hoje.
Se eu fosse você tentaria conseguir um trabalho, você vai se desenvolver MUITO pessoalmente, você é novo, não tem muito conhecimento do mundo. Eu entrei timido, outras pessoas nem ouviam minha voz de tão baixo que falava, tinha muita vergonha. Hoje interajo com qualquer um, sei conversar por horas sem deixar a conversa desinteressante. Você conhece muitas pessoas, faz muitos amigos, sempre conheço pessoas novas e de diversas partes do mundo, outro dia conheci uma australiana filha de pai brasileiro que veio visitar a familia paterna, uma nova amiga. Você aprende muito sobre empreendedorismo, empresarios que você conhece e te ensinam, de observar o que as pessoas mais consomem. Fora o $$$ que você junta. Mas claro você tem que sempre buscar melhorar sua pessoa.
Você ainda vai aprender e fazer muita coisa, vai descobrir o que gosta e o que não gosta, não esquente tanto a cabeça, eu pensaria em varias ideias empreendedoras depois juntaria um dinheiro pra tornalas reais, ou se quiser continuar estudando, só não se estresse tanto mais pra fente você vai ver que não é pra tanto se preocupar assim.

Criador do tópico

Topetecloser

Aprendiz

#1082898
PicchuMozão escreveu:Eu também me vi assim quando terminei, Meu pai desempregado e minha mãe sustentando a casa como custureira era foda menos de 1 salário mínimo, sem objetivos, tentava conseguir um trampo tava difícil, pensava até me jogar no tráfico já que era menor de idade não dá nada, via a mulekada fazendo 2k por semana era muita tentação. Eu tinha 16 hoje tenho 18 anos.
Com 17 comecei a trabalhar em um comercio no centro, que estou até hoje.
Se eu fosse você tentaria conseguir um trabalho, você vai se desenvolver MUITO pessoalmente, você é novo, não tem muito conhecimento do mundo. Eu entrei timido, outras pessoas nem ouviam minha voz de tão baixo que falava, tinha muita vergonha. Hoje interajo com qualquer um, sei conversar por horas sem deixar a conversa desinteressante. Você conhece muitas pessoas, faz muitos amigos, sempre conheço pessoas novas e de diversas partes do mundo, outro dia conheci uma australiana filha de pai brasileiro que veio visitar a familia paterna, uma nova amiga. Você aprende muito sobre empreendedorismo, empresarios que você conhece e te ensinam, de observar o que as pessoas mais consomem. Fora o $$$ que você junta. Mas claro você tem que sempre buscar melhorar sua pessoa.
Você ainda vai aprender e fazer muita coisa, vai descobrir o que gosta e o que não gosta, não esquente tanto a cabeça, eu pensaria em varias ideias empreendedoras depois juntaria um dinheiro pra tornalas reais, ou se quiser continuar estudando, só não se estresse tanto mais pra fente você vai ver que não é pra tanto se preocupar assim.


Valeu brother, depois que li o seu ponto de vista, me senti mais leve, tipo saiu uma carga das minhas costas! Abração e tamo junto Game On