Depoimentos de mudança com o PUABASE.
Conte nos nessa área um pouco da sua evolução atingida com os conhecimentos adquiridos no PUABASE. Adoraremos ler a evolução de um membro da nossa irmandade.

O primeiro é fazer você refletir sobre o seu desenvolvimento e o segundo é conhecer um pouco mais a evolução dos outros membros.
Avatar pua
avila - MEMBRO EXCLUSIVO
#980866 Parabéns pelas atitudes cara, isso que é tomar responsabilidade por sua vida e decidir mudar.
Hj percebo mais que nunca o quanto isso é essencial, trabalhar para mudar em todas as áreas importantes na nossa vida.
Serve de exemplo pra muitos.

Abraço.
jogador 10

Aprendiz

#980870 Parabens mano...muita gente termina e fica na bad milhoes de anos...voce soube dar a volta por cima e já está numa atividade intensa...é isso aí.


abraço
newlife

Veterano - nível 3

#981878
Márcio escreveu:Fala Galera! Esse é meu primeiro post aqui. O motivo não é que eu não tenha coisas pra postar, mas fico sem tempo e acabo esquecendo mesmo haha Com esse novo método de uso do PUA, vou ter de arranjar tempo pra postar! Vou falar brevemente minha história e revelar o quanto minha vida já mudou. Agradeço demais ao PUA!

Seguinte, na adolescência fui um natural. Não sabia o que tava fazendo, mas nunca tive problemas com mulheres. Na vdd, eu não tava nem aí pra elas. Vivia minha vida, e talvez por isso elas vinham atrás de mim. Comecei a namorar com 14 anos, e com 15 anos já tava na minha segunda namorada. Com essa, o buraco foi mais fundo. Namorei 5 anos. Terminamos há uns 6 meses, ou 7, por aí. Nesse intervalo de 5 anos, minha vida se destruiu. Ela passou a ser minha vida, virei um cachorrinho por ela. Ela se declarava horrores por mim, deixei de me cuidar, caí na rotina, não falava com outras mulheres. Enfim, tudo o que não se deve fazer, eu fiz. No fim, ela começou a sentir atração por um cara da sala dela da faculdade (detalhe 1), e me traiu com ele (detalhe 2). O Detalhe 3 é que ela me contou tudo isso. Cara, quando eu soube, fiquei sem chão, puto da vida. Terminei com ela na mesma hora? Claro que não! Betei ainda mais. Disse que a perdoava, que podíamos tentar de novo, afinal, eram 5 anos! Me humilhei.

No mesmo tempo em que tava me humilhando, tava no Google procurando "como reconquistar a namorada". Foi aí que conheci o PUABASE! Caralho, outro mundo, outra visão. Tudo o que eu tava precisando. Dois dias depois, terminei com ela e sumi do mapa. Não exclui do Face, nem bloqueei no whats, nem nada. Nem fiquei postando fotos de o "quanto tava feliz sem ela". Afinal, eu não tava feliz mesmo, então não tinha porquê eu postar. Coloquei num papel o que eu tinha que mudar na minha vida, e dividi isso em 3 áreas que acabam se misturando: profisional, pessoal e social.

1. Profissional:
- Comecei a me dedicar mais na faculdade
- Participei de mais eventos, o que me fez conhecer pessoas novas
- Me aproximei de professores, fiz estágios
- Comecei me enxergar não como um estudante, mas como um profissional

2. Pessoal
- Comecei a procurar hobbies (não tinha nenhum a não ser jogos). Pratiquei skate, desenho, origami, futebol, natação. Fui fazendo tudo que era novo, mesmo que não gostasse. Passei a ver mais filmes e séries, que isso dá um puta assunto com as mulheres.
- Me matriculei na academia. Julgo essa atitude como essencial, cuidar do corpo é sempre uma boa escolha. Cara, além de fazer sentir melhor com mundo, aumenta demais a autoestima, libera hormônios que melhoram absurdamente teu estado interior. Julgo essa a mais importante e melhor atitude que tem de ser feita quando se está em uma situação dessa.
- Comecei a me vestir melhor, adotando um estilo compatível com minha identidade. Não adianta querer ser o rockeiro ou o playboy e não saber se vestir, não saber o que é a música ou o estilo. Não fica compatível. Em outras palavras, pegue sua identidade e adicione nela um estilo. Jamais estabeleça um estilo e tente colocar nele uma identidade. Vai dar merda.

3. Social
Essa aqui foi a que mais tive que melhorar. Não gostava de interagir, achava desperdício de tempo e paciência. Comecei aos poucos com os membros da minha própria família. Comecei a falar mais e conversar com a minha própria mãe, o que antes eu falava só Oi e tchau. Depois expandi isso pros meus irmãos e depois pros primos, tias e avós. Tirei vários domingos pra ir na casa do meu avô só pra ficar a tarde toda conversando com ele. Isso não só foi bom pra ele, como foi pra mim também. Aprendi a conversar coisas banais. Porra, sabe aquela coisa desnecessária que você acha que ninguém vai querer saber por ser tão inútil? Pois é, essas são as melhores pra se conversar. Não vai mudar em nada tua vida, nem teu pensamento, mas é bom pra caralho pra conversar e rir.
Depois dos familiares, comecei a me desenvolver socialmente com os amigos. Não tinha muitos, e em 6 meses já fiz mais amigos que durante os 5 anos que tava namorando. Me aproximei demais com as pessoas da turma da faculdade, principalmente as meninas. Não com intenção de sagear ou conseguir KC ou FC, mas simplesmente com a intenção de interagir, conversar, aumentar meu valor social. E isso tá me rendendo uma porrada de pontos com as amigas delas, que eu jamais conheceria se não interagisse.


Enfim, minha vida mudou pra caralho. Vou colocar algumas coisas aí embaixo que eu percebi ou já ouvi depois que terminei além de algumas táticas que uso.

- "Nossa, você é muito estiloso e divertido" - Uma HB 9,5 falou.
- "Hm... você tá cheiroso". Algumas HB dizem isso. "Minha mãe sempre diz que quando você não é bonito, tem q ser no mínimo cheiroso" - Respondo, geralmente, assim.

- "Casa comigo?" - HB 8 disse. "Assim, direto? Calma lá, primeiro tenho que te amar. Não vou casar pra me separar" - Eu respondi assim.
- Teve uma HB amiga da faculdade que veio me beijar na bochecha pra cumprimentar. Onde eu moro, é só um beijo em uma das bochechas mesmo. Não tem dois, um de cada lado, como em outras cidades. Quando ela beijou, eu disse: "Você beijou errado. Pra você é do outro lado da bochecha. Esse lado aqui é pra outra". Ela riu na hora e achou bem inusitado, ao mesmo tempo que ficou curiosa demais pra saber quem era a outra. Ficou um 1 mês me atentando pra saber, e até hoje me pergunta de vez em quando.
- Antes, eu entrava na sala e não falava com ninguém. Chegava e ia direto procurar algum lugar pra sentar. Hoje eu chego, e tem uma fila de meninas pra eu cumprimentar. É muito engraçado, porque eu vou de uma em uma, como se fosse uma esteira de produção. Na última, eu sempre brinco: "Espera aí, deixa eu molhar minha boca, que já ressecou com tudo isso de beijo". Nisso, passo a língua entre os lábios e cumprimento com o beijo. Gera uma puta tensão. Os cara da sala até me zoam, às vezes, dizendo: "Caralho, me dá o número dessa tua macumbeira aí, que também quero".
- "Teu abraço é o melhor. Me sinto tão protegida" - Umas meninas já falaram isso, inclusive, minha ex sempre dizia isso. "Como amiga, não é? Não quero te proteger de outra forma" - Geralmente falo algo assim, tentanto eu mesmo colocar elas na friendzone, e acaba que elas que tentam às vezes sairem.

Enfim, pessoal, aí vocês me perguntam, e tua ex? Foda-se minha ex, eu respondo. Ela vive curtindo minhas postagens no Face, eu vivo encontrando ela nos lugares que vou e nas rodas de amigo, falo com ela numa boa, como se nada tivesse acontecido. Porém, sou indiferente a tudo.Claro que bate umas recaídas de vez em quando, que curo saindo com alguma HB. E quer saber? Tô bem melhor assim. Não pretendo voltar, nem tentar reconquistar. E o motivo que me fez conhecer o PUAbase (reconquistar minha namorada), me mostrou que a vida é muito mais que isso. A vida é você, cara. Viva-a.

E pra alguém que tava fodido, até que tô fodendo bem hahaha
Espero que esse relato ajude alguém :ae


"E pra alguém que tava fodido, até que tô fodendo bem hahaha " kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rialtoaqui,cara. Muito top! Parabéns :)
Avatar pua
Liber

Aprendiz

#981897 Parabéns pela evolução, meu camarada.

Fizeste certo ao investires no teu desenvolvimento pessoal. O que conseguiste e amadureceste te acompanhará pra vida toda.

Esse tipo de investimento é o que se deve fazer ao término de um namoro. Ficar correndo atrás de ex é inútil e humilhante.

Abraço.
Denilson R

Aprendiz

#981908 Essa é a chave para superar um término. Ser novamente o centro da sua vida, ser um SER inteiro e nada de "metade" de alguém.
Esse forum é um Santo Graal, aprendemos muito com os guias e principalemnte lendo os relatos da galera.

Uma coisa é fato, Término de namoro por conta de traição.... NUNCA, NUNCA MESMO deve ser reatado, salve quando existiu chumbo trocado :legal .
Don Inácio

Aprendiz

#981932 Parabéns cara, haha continue assim. Evoluindo como ser humano, aprendendo a se superar e ver qui a qualquer momento da vida podemos mudar !

Depois me passa o numero da macuba eim kkk :rolf :yaaah :yaaah :yaaah
Avatar pua
G15

Veterano - nível 3

#981937 Puts, que relato foda, mano!

No meu caso, eu terminei há apenas 2 meses. Mas eu já conhecia a comunidade, adivinha a primeira coisa que eu fiz depois de terminar? PUA.

O mais importante é ser feliz consigo mesmo, não precisar de ninguém para fazê-lo!

O seu relato me motiva, muito legal! Parabéns!