Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.

Criador do tópico

mooka - MEMBRO EXCLUSIVO
#956773 Fala Puazada, beleza?

Bom, eu estou passando pela situação que descrevi no título neste exato momento da minha vida, já venho alguns dias sofrendo pela mulher que eu mais amei e "betei" inclusive.

Decidi escrever pra mim mesmo, pra vê se consigo infiar na cabeça algumas coisas importantes nessa fase de desapego, porém, depois de escrever pensei "Porquê não compartilhar com os amigos que podem estar passando pela mesma coisa?"

Aqui, já considero que vocês terminaram o relacionamento de vocês e que você não acreditam mais em chances de volta, já fez o que podia fazer e não adiantou, então agora só resta enfrentar a realidade, tomar postura alfa e esquecer esta mulher!
Vamos as dicas...


1º Nunca tente advinhar ou descobrir o que ela pode estar fazendo.
É muito normal que tentamos descobrir a qualquer custo (já vi pessoas fazerem loucuras) o que a pessoa amada está fazendo. E aqui reside um dos maiores erros. Nada de ficar visualizando o "Visto por ultimo hoje" no WPP, nada de ficar fuchicando redes sociais afim de encontrar algo ou descobrir como a outra pessoa tá. Eu já chequei a loucura de parar o carro alguns metros de distância de onde minha ex namorada morava e ficar lá por horas até vê pra onde ela estava indo e com quem estava indo, ou pedir amigos incomum para vigiá-la e me passar informações.

Na maioria das vezes você vai descobrir coisas que não gostaria, e isso só vai te prender mais e te fazer sofrer ainda mais ao invés de te libertar.

Você vai ficar se remoendo pensando o porquê de tudo isto e nunca vai chegar a uma causa. LEMBRE-SE SEMPRE: Não há como descobrir o que realmente a outra pessoa está sentindo, se ela está bem ou não sem você, por mais que ela demonstre a você que está bem, ela pode estar mentindo (ou não). então pare de ficar tentando advinhar. O tempo mostrará a você se o término será definitivo ou não, mas não cabe a você agora ficar sofrendo e esperando a pessoa amada.

(muitas vezes nem o próprio tempo, já vi mulheres casando com outros caras sendo que tinham na mão o que realmente amavam, e nem mesmo sabem explicar o motivo)


2º Não fique alimentando esperanças:
Essa é muito relacionada a dica anterior, sempre que vier na cabeça que vocês ainda podem ficar juntos, tente bloquear este pensamento e dizer com consciência pra você: Isto não pode mais acontecer e eu tenho que esquecê-la!
Repita isso quantas vezes forem necessárias até que, uma hora ou outra isto vai entrar na sua cabeça. A pior coisa do mundo é viver sob esperanças de um passado voltar a ser presente, quando, não sabemos quais são as intenções da outra pessoa.



3º Saia, se divirta, volte a fazer coisas que gostava antes de iniciar o namoro:
É muito comum após iniciarmos um relacionamento, nos abdicarmos de algumas coisas que gostamos afim de ter mais tempo para se dedicar a nova namorada. Você ainda se lembra dessas coisas? Se sim, volte a fazê-las!

Eu nunca larguei a academia, mas antes de namorar, gostava muito e levava treinos e dieta muito a sério. Depois que comecei a namorar larguei isso um pouco de lado para que fosse possível fazer outras coisas com ela.

Agora estou retornando esta vida de atleta e estou me sentindo muito bem, ja comeco a pensar que não é tão ruim assim voltar a ser solteiro e ser feliz sozinho. Faça isto você também!



4º Invista em você mesmo:
Meta a cara nos estudos, dedique-se a sua carreira profissional, leia bastante, invista na sua aparência física, invista em uma academia, Cresca!

Isto o tornará mais auto-confiante e com auto-estima elevada. O que o tornará automaticamente atraente aos olhos de outras mulheres. E ao contrário do que alguns dizem, não há problema nenhum em usar a "raiva" da sua EX
como motivação, só não caia na bobagem e fazer tudo pensando em reconquistá-la.




5º Conheça outras mulheres:
Logo após o termino é muito comum passar uns dias sem vontade de conhecer mulher nenhuma. Parece que a sua amada era única e especial e que nenhuma mulher irá substituí-la. Calma marujo! Muita paciência, tente se abrir conscientemente
e mesmo que contra sua própria vontade conhecer outras mulheres. Isto te ajudará a se tornar "disponível na pista" novamente, e até mesmo achar um "novo amor"




6º Aprenda com seus erros, e não os cometa novamente:
Aqui é um exercício de reflexão, não fique tentando encontrar os erros dela, foque-se apenas no seu, os internalize e os corrija-o para que em um próximo relaciomento, você não os cometa mais.

Eu betei muito, e não tenho duvidas de que essa foi uma das principais razões pra levar o pé na bunda que tomei. Nessas horas é ótimo casar a teoria do que lemos aqui com a prática. Mulheres são realmente "diabinhas" não merecem serem tratadas da forma que somos condicionados pela sociedade a tratá-las. Não se engane ao ver uma namorada dando todo carinho e amor a um namorado beta, aquilo é passageiro e logo não se sustentará.

6.1: Leia este livro
Essa é mais um complemento da anterior, LEIA URGENTEMENTE "Como lidar com as mulheres" de Nessahan alita, e sinta a dor do arrependimento de não ter lido este livro antes ou até mesmo durante o seu relacionamento, aposto
como vocês fariam muitas coisas diferentes e que, por isso, o seu relacionamento também tomaria rumos diferentes, rumos melhores...




7º Leia este artigo até entrar tudo na sua cabeça
Não pensem que é simples pra mim vir aqui e escrever tudo isto, também to sofrendo assim como vocês leitores, mas leia, leia, leia e leia este artigo 500 milhões de vezes todos os dias de manhã até passar todo o sofrimento.
Eu eu vou fazer questão de atualizá-lo com novas dicas na medida que eu for pensando e chegando a conclusões aqui com meus botões.




8º Essa é óbvio
Essa é tão óbvia que nem precisava ser dita, nada de ficar escutando músicas de corno ou músicas que vocês ouviam juntos, que o fazem lembrar de momentos juntos e etc... Nada de ir a locais que costumavam ir juntos, enfim, nada de fazer nada que possa lembrar vocês juntos (pelo menos até passar toda essa fase)

No mais, força meus amigos! Este momento ruim passará e em breve você estará bem novamente.

Espero que tenham gostado, internalizem!


Um forte abraço!

ANÚNCIOS

Avatar pua
DrigoJaeger

Aprendiz

#956955 Caro mooka,
Puxa uma cadeira e senta aí, bora tomar um cerveja e bater um papo uhauHAuuHA
(Já começo com um dica para complementar o teu tópico: Conversar e desabafar com algum chegado, isso "desenvenena" a alma (lê-se coração partido)).

Também estou passando por um término e já estou naquela fase que a "dor da perda" está transpassando. A dor ainda está lá, mas já estou me acostumando e a sentindo menos.

Acredito que fiz o mesmo que você, "betei".
Com o desenrolar do relacionamento, comecei ficar MUITO apegado, e minhas atitudes começaram a mudar e perder a imposição. Criei uma paixão sutil e desenfreada.
A deixei tomar controle sobre mim, me calando inúmeras vezes para simplesmente agrada-la ou deixa-la com razão. Não que ela não a tivesse, mas deixei de expressar minha opinião e dar rumo ao relacionamento. O medo de fazer algo errado e, consequentemente, perde-la, era constante. Logo, deixava de falar ou fazer muita coisa, as quais poderiam ter ajudado a manter o relacionamento até hoje. E por aí inúmeras besteiras que cometi por uma pessoa que acabei me apaixonando antes do hora e mais do que deveria.

Mas o maior erro que cometi, e que acho que ainda todos cometemos, não está exatamente nas atitudes durante o relacionamento, mas na mentalidade em que entramos em um relacionamento.
Acredito que todas as minhas atitudes não foram tomadas isoladamente, pois muita coisa sabia que não era coerente comigo mesmo e mesmo assim o fiz. No final, eu pensei: "Que porra é essa que estou fazendo?".
Comecei a perceber, portanto, que minhas atitudes estavam vindo de um lugar só: Da concepção que tinha criado sobre a HB e a expectativa que eu mesmo criei sobre ela (Sim, duas palavras para explicar o surgimento de tudo). Todo o resto, oriundo da cegueira emocional e ânsia de acertar tudo, veio como consequência de toda expectativa que criei.

É aí, portanto, a importância de sempre dedicarmos à nossa estabilidade emocional acima de tudo, acima de qualquer relacionamento. Quando nós estamos bem e seguros de nós mesmos, tudo (ou quase tudo) vai bem.

Não é a primeira vez que passo por isso, mas essa foi a mais forte pois queria, por tudo, que desse certo. Mas de todas as outras vezes, sobrevivi até chegar aqui. Então meus caros, vai passar!

Concordo demais contigo sobre a dor do arrependimento de não ter lido antes o livro do Alita. Claro que não levei à ferro e fogo, mas deu para tirar muita coisa legal sobre a concepção criada por ele. Realmente o livro é bem legal de se ler e absorver um "PONTO DE VISTA". Dá para ficar mais frio e mais calculista, ameniza o sentimento de "ninguém me ama, ninguém me quer" rsrsrs.

Concordo com todos os seus tópicos. Era algo que estava pensando e você conseguiu colocar pra fora muita coisa que temos que enxergar nos primeiros momentos.

Na primeira semana do término, saí com uma amiga que trouxe outra com ela. Era, no mínimo, a loira de olhos verdes mais linda que já vi na vida. Para o resumo da ópera, a perdi por entre meus dedos, pelo fato de ainda estar "encanado". Daí a importância de estarmos sóbrios e frios o tempo todo.

Mas e aí, como é que tu tá mooka?
Melhoras e sucesso

Sobre músicas:
Slayer - Angel of Death
Slayer - Bloodline
The Verve - Bittersweet Symphony
Rammstein/Hammerfall/O Rappa e aí vai.

A não ser que queiram escutar Jorge e Mateus e se afogar nas próprias lágrimas kkkkkkk

abrç
Jäger
Avatar pua
extremofilo

Veterano - nível 9

#965425 e aí guerreiros ?
passo por isso também. A minha terminou porque não estava se sentindo bem e hoje, um mês após o termino, ela está ótima, até falei isso a ela. Enfim, ela diz que ainda me ama que talvez voltemos, mas por ter tentado de tudo, vou seguir em frente. Era a mulher da minha vida, com quem eu queria ter filhos e tudo, mas não deu. foram 8 meses e agora a vejo todos os dias, estudamos na mesma facul e a mesma anda muito com um amigo dela.
li alita no pegar ela mas deixei de lado depois, mas no mais é isso aí :ajoelhar