Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua
Bira
#912327 Tenho lido muito sobre o assunto ultimamente, principalmente após ler ótimos artigos do blog "Papo de Homem" sobre o filme Clube da Luta e a clássica frase de Tyler Durden no bar: “Somos uma geração de homens criados por mulheres. Fico imaginando se outra mulher é mesmo a resposta que precisamos.” (Se não lestes o livro ou não vistes o filme ainda, FAÇA ISSO)

Pra não dizer que estou plagiando um artigo de um PUG sobre o mesmo assunto, há aqui o link somos-uma-geracao-homens-criados-por-mulheres-t90444.html (Pouco acessado, inclusive)

Partindo do princípio de que todo homem quer se tornar Alfa por mérito próprio e sem depender dos demais, como chegar a isso sem uma guerra por quem lutar ou uma grande depressão pra que possa sobressair? Como dito na história de Clube da Luta: "Nossa grande guerra é a guerra espiritual, nossa grande depressão é a nossa vida". Eu também estou em busca da resposta, infelizmente.

O fato é que o enredo que envolve Clube da Luta - sim, falarei disso até o final do tópico - não trata da vida de homens se tornando alfas, mas de meninos se tornando homens. A realidade do personagem principal do filme é a realidade de qualquer homem em grande parte de sua vida. Um homem que, no início, busca aprovação pelas coisas que possui e não sabe sua real identidade no mundo. Não compreendeu ainda?

Pois bem, poupando um pouco de toda a história por trás da história, somos uma geração de homens criados por mulheres. Até meados do século XIX (1850), pai e filho compartilhavam atividades do campo. O pai ensinava como lidar com as tarefas diárias e, ainda, transmitiam à eles as virtudes de um homem. Havia três pilares principais pelos quais um menino tornava-se homem, nesse período, com uma verdadeira presença masculina: a família, a escola e a igreja. Sobre a família, os pais passaram às mães a responsabilidade de criar os filhos uma vez que foram forçados a deixar o recinto familiar para passar de dez a doze horas trabalhando em linhas de montagem. A escola, que era predominantemente ocupada pela figura do professor rígido que ocupava o cargo até se formar em outra profissão, como advogado ou padre, foi logo dominada pelas mulheres, já que a figura da criança propensa a rebeldia começou a mudar após a saída do pai da convivência familiar. Quanto a religião, percebe-se claramente que a figura de Jesus tornou-se mais afeminada ao passar dos tempos (mesmo sendo ateu, fui católico convicto até meus 15 anos), podendo ser percebido tal fato por certa "fraqueza" que demonstra ao absolver os deslizes pessoais de qualquer um que lhe peça ajuda, afagando a cabeça de crianças e chorando por pecados cometidos.

A falta, portanto, de uma figura paterna em nossos lares fez com que os homens de nossa geração, e até os da geração dos nossos pais - talvez a dos nossos avós, também - não tenham aprendido os valores de um homem de verdade. O que mais se vê hoje são crianças tentando ser homens enquanto seus pais estão muito ocupados com qualquer outra coisa que não seja a família. Talvez nem eles saibam ainda se comportar como homens de verdade. Falta a essas crianças algum ritual, como a festa de debutantes ou a primeira menstruação para as meninas, que lhes permita tornarem-se homens, visto que a simples conversa entre pai e filho não tem a mesma eficácia que outrora. É por isso que, também, constantemente vemos jovens participando de qualquer tipo de confusão que não passam, simplesmente, de uma tentativa de transição pra um mundo adulto.

Ser o macho alfa é mais difícil do que parece.
Avatar pua
Tom Cruise
#912335 É fato que as crianças precisam de referências na sua formação."Quero ser como o papai, como o Seya, como o Huck" . Qual será a referência das crianças hoje em dia criadas com tias, avós, mães, a bicha do Bob Esponja, muitas vezes sem uma presença de um homem? A ausência da figura masculina na vida delas pode está contribuindo para uma sociedade com um número cada vez maior de efeminados, de jovens mimados, de adultos betas. Com a derrocada da sociedade patriarcal, a figura do "macho", do chefe da família, cai por terra. Então não será surpresa se encontrar homens sem comportamento alpha (DE HOMEM) por ai a fora...
Avatar pua
Bira
#912420 Quase 60 visualizações e só uma resposta. Só evidencia o que eu acreditava.
Avatar pua
Pela
#912428
Bira escreveu:Quase 60 visualizações e só uma resposta. Só evidencia o que eu acreditava.


É uma forma de olhar as coisas, mas não concordo, já tem um tempo histórico que o ser humano deixou de "viver da caça" e tem se dedicado ao trabalho em empresas e essa feminização do homem tem se acentuado nas ultimas duas gerações.

Outro mal dos homens criados por mulheres é a necessidade de aprovação, nem que seja um curtir ou um "Parabéns" em um tópico haha

Abraços.
Avatar pua
RGabriel
#912437 Realmente é cada vez mais perceptível a falta da figura masculina na infância dos meninos, visto que a maioria que a maioria tem pais divorciados e moram com as maes que os ensinam a ser carinhosos com as mulheres, cavalheirinhos, quase meninas de tao bonzinhos com o sexo oposto e extremamente dependentes da opinião alheia para sentirem-se bem consigo mesmos.Enquanto os homens das gerações anteriores queriam demonstrar força e determinação os de hj em dia querem demonstrar-se sensiveis, ''fofos'' para elas(vide as fotos com carinhas de tristinhos no face) e atraentes apenas por supostos bens materiais e outos modismos.
Avatar pua
alfamg
#912438 Bira,

Parabéns pelo post. Comento seu artigo em 2 postagens , só para não ficar mensagens tão longas para leitura.

Primeiro :
Pela ordem social vigente e por cultura pós-moderna a educação das crianças mudou drasticamente nas últimas 2 gerações. São cultuadas aquelas que são gentis , limpas , que apresentam bom desempenho escolar , boa convivência no ambiente escolar e familiar . Até penso ser satisfatório qualquer pai e mãe bem intencionado querer isso para os seus filhos. E isso se ajusta até bem no caso das meninas , mas pode ser problemático para os meninos. Por quê? Tira-se muito aquela atitude intrínseca que vem na programação mental de qualquer homem . E isso se manifesta quando este se encontra na fase mais conturbada de suas vidas : a adolescência , em que os hormônios ficam a flor da pele. Como um adolescente com a testosterona nas alturas , e ele não tem a mínima condição de lidar com isso . Aí começam os "desajustes":muito se resume a masturbação para alívio das angústias , sendo que esta prática costuma ser tolerada pelas famílias".
Pensar que as referências masculinas para os homens de gerações anteriores as nossas pode ser bem perigoso. Por quê digo isso? Simples : sempre faltaram homens para criar os filhos e dar-lhe as orientações básicas em muitas famílias pelo mundo. Seja o trabalho ,mortes por guerras , acidentes de toda a ordem , doenças não controladas no passado , etc . E mesmo que a longevidade tenha aumentado , adivinhe quem morre mais cedo: NÓS . E acontece porque adquirimos mais comportamento de risco do que elas : promiscuidade , violência, péssimo estilo de vida e por aí vai.
Espero sua resposta para discutirmos mais .
Avatar pua
alfamg
#912439 Segundo aspecto:

Colocou em seu artigo que Jesus tem se feminizado nos últimos tempos. Entendi assim , se estiver errado , me corrija . Mas discordo: A Igreja Católica é uma das poucas instituições do mundo ocidental ditas masculinas . Tanto que é duramente criticada por isso na mídia , como todos sabem . O livro do Dan Brown " o código da Vinci " descreve isso bem. Até concordo que as feições se tornaram mais delicadas , mas para mim sua imagem é tipicamente masculina .


Grande abraço !

PS : O DavidX resume bem o tema do seu artigo também . É isso.
Avatar pua
[email protected]
#912449 [+1]

Concordo com o que vc disse, menos em termos de religião (vou na mesma do @bossvolcano).

Há de se levar em conta que atualmente lutamos contra um sistema feroz que nos coloca numa maldita Matrix - do bonzinho provedor/romantismo. Contudo, como nós temos este conhecimento do PU, cabe a nós a obrigação de capitanear as próximas gerações (é minha obrigação capitanear os ideais do meu filho).

*em estudos psicológicos foi constatado que crianças tem a tendência para o homossexualismo qdo convivem exclusivamente sua infância com mulheres. Entretanto, tenho um amigo que não tem pai, mas a mãe botou ele pra ser macho mesmo, rs.

Sucesso,

[email protected]
Avatar pua
alfamg
#912675 Mensagem» Seg Set 22, 2014 1:29 pm

[+1]

Concordo com o que vc disse, menos em termos de religião (vou na mesma do @bossvolcano).

Há de se levar em conta que atualmente lutamos contra um sistema feroz que nos coloca numa maldita Matrix - do bonzinho provedor/romantismo. Contudo, como nós temos este conhecimento do PU, cabe a nós a obrigação de capitanear as próximas gerações (é minha obrigação capitanear os ideais do meu filho).

*em estudos psicológicos foi constatado que crianças tem a tendência para o homossexualismo qdo convivem exclusivamente sua infância com mulheres. Entretanto, tenho um amigo que não tem pai, mas a mãe botou ele pra ser macho mesmo, rs.

Sucesso,

[email protected]

Boa colocação. Quanto a ordem mundial que tenta a todo tempo nos arrastar para o consumismo desenfreado , nos ditando o ideal way of life ,constituir a família como são vistas em filmes e novelas , ficaremos nos debatendo como cegos em tiroteio.

Quanto ao que disse sobre capitanear as próximas gerações , gostei do seu termo!
Nós que estamos no fórum e temos o privilégio de acessar esses conhecimentos temos o dever de compartilhar com o maior número possível de pessoas. Sejam amigos , parentes ou nossos filhos.
Valeu cara!
skellter
#912681 Acho uma parcela considerável da galera que achou o pick up foi por falta de uma referência sim, vários livros de PUA começam falando justamente sobre essa falta na vida do autor. Mas conheço várias amigos que cresceram com o pai morando na mesma casa, com irmãos mais velhos e mesmo assim não se tornaram alfa. A análise na minha opinião é real, mas é mais profunda.

Enfim, cabe a reflexão!