Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#902656
felipeswg escreveu:Cara, aconteceu isso comigo tambem há alguns meses.
Terminei com a garota, mas continuamos amigos.
Só que aos poucos ela me bloqueava em alguns posts no face.
Depois me bloqueou no whatsapp, até parar de me seguir no twitter. Começou a falar cada vez menos comigo. Eu descobri que ela tava sofrendo muito atraves das conversas com as amigas dela que são minhas amigas.
O que fiz? Arrumei um cara legal para ela, que sabia que não ia magoa-la ou fazer ela sofrer.
Quando ela começou a namorar com esse cara que eu coloquei na vida dela, ai sim, eu sumi com a conciência tranquila.

Bacana cara. Você ainda se preocupou que ela ficasse bem, embora claramente não era mais problema seu, afinal não somos responsáveis pelo que as outras pessoas sentem se formos sinceros(se deliberadamente as manipulamos, aí é outra história). Parabéns pela sua atitude. As mulheres devem sempre sair melhores após interagir conosco, nunca piores.
Pela escreveu:Com relação ao pior fora que eu já tomei na vida...
Uma vez peguei uma HB sensacional em uma boate que eu fui, tipo 9 com certeza... fiquei todo empolgado e chamei ela para um day2, marquei de buscar ela na sexta a noite, na época eu estava sem carro e aluguei um carro pra sair com ela e não pagar taxi (tenho descontos para aluguel de carro na minha empresa, pago 50 reais a diária de um gol 1.6 por exemplo), combinei tudo certinho, já estava todo arrumado na faculdade e tals, quando eu liguei pra ela pra falar que tava saindo ela não me atendeu... BOLO.
Beleza, desisti, uma semana depois, numa quarta feira, ela me liga, fala que estava internada com infecção de garganta (...não sei como acreditei...) e queria sair comigo no final de semana, aluguei o maldito carro de novo e a filha da puta não me atendeu... foi a coisa mais humilhante que já me aconteceu com relação a mulher hahahahahaha e eu era tão beta que nem pegar outras eu consegui na época...

Putz, que sacanagem! É complicado mesmo, as vezes a gente quer acreditar na boa vontade das pessoas. O ideal seria ter ligado o desconfiômetro (afinal ela ficou com dor de garganta por alguns dias, não em coma) e ter dado uma dura nela, com certeza teria corrido atrás. Mas é difícil fazer isso. Eu tenho um pouco esse problema as vezes, depois que já peguei uma vez, fico mais compreensivo quando as vezes não deveria. Temos que sempre ser racionais e "devolver" o que elas estão nos dando, mas de vez em quando o nice guy aparece la no fundo da minha mente tentando me convencer que se eu for legal ela vai gostar de mim. E claro, não é assim que a banda toca.

M. Officer escreveu:Uma vez em uma festa cheguei em uma HB8, ai chegou o cara que ela tava ficando e falou ''Licença '' e beijou ela na minha frente. Na hora foi frustrante, mas depois ri.

Já aconteceu comigo algumas vezes, as vezes nem de beijar, mas o cara chega e abraça. Teve uma vez que o sujeito chegou e começou a pegar a mulher tão loucamente que passou pra mim um desespero, tipo "eu preciso te provar que ela tá comigo, por favor vá embora, olha só o que eu to fazendo". Tipo dava pra ver claramente que o cara tava se empolgando demais ali do nada.

ANÚNCIOS

AlLuck

Aprendiz

#902841 Clap clap clap!
Esse é um artigo que dá gosto de ler, há quanto tempo eu não vejo um artigo desses no fórum.
Deveria ir para os "Escolhidos pelo staff" ou para a área de novatos para alertar os iniciantes dessa falcatrua dos "Master PUG top 10 motherfucker" que vendem a 'pílula mágica' pra pegar mulher.Parabéns pelo artigo.
Noted

Aprendiz

#906600 Cara, não sei porque você foi banido, mas mesmo assim vou comentar.
Foi um dos melhores, se não o melhor tópico que eu já li sobre rejeição! Com essas palavras você ensina que precisamos lutar por aquilo que queremos e que a rejeição faz parte da vida, a gente tem é que aprender com ela e não ficar se lamentando(a parte do merthyolate que não arde foi foooda hahahahah). É difícil mesmo encarar que, na vida toda, não existem fórmulas mágicas, atalhos sim, mas com vários obstáculos no meio.
Parabéns!!!
Avatar pua

Criador do tópico

felipewsg

PUA EXPERT

#907963 Eu fui banido do fórum por isso fiquei uns tempos sem atualizar a série, mas agora estou de volta e já tem um episódio novo na série.
Conferi aqui o quarto capitulo- nao-leve-serio-elly-t94937.html
Valeu pelo feed galera!!
Avatar pua
foresteagle

Aprendiz

#908098 como previ, mais um post foda! acompanhando até o 10 cap....

sobre o fora engraçado, não tive nenhum, sério mesmo... até pq não pratiquei mto, estou sendo um "pussy", mas aos poucos evoluindo...

mas akeles em que vc sente o coração diminuir no seu peito e faz vc fikar um pouko tonto, já tive alguns... :grump

sou mto dependente do indirect, mas vou mudar pro direct.... pense nun negocio chato é decorar rotinas e outros enlatados, nunca me senti autentico.... vou mudar essa porra....

abrass
eu4992 - MEMBRO EXCLUSIVO
#908161 Excelente artigo. Muito sincero e nos faz refletir sobre várias coisas do universo Pua. Muito bom mesmo este artigo brother. Parabéns.

Quanto a pergunta por você feita, a situação mais engraçada que me ocorreu foi logo no início da minha jornada Pua. Abordei uma garota HB 8,0 em uma parada de ônibus e tudo transcorria normalmente até que resolvi aplicar nela a rotina do anel. Na hora que eu estava desenvolvendo a rotina, eis que chega uma UG, amiga da HB 8,0 que além de cortar toda a nossa conexão ainda por cima levou a HB embora no primeiro ônibus que apareceu alegando que estavam atrasadas para a faculdade. Fiquei frustrado por que tinha tudo pra finalizar com KC e por que seria o meu primeiro grande resultado como Pua praticando o daygame. Porém, esta situação depois me gerou boas risadas, pois, lembrei da UG com cara de poucos amigos (talvez inveja) levando embora a HB 8,0 e que esta batida na trave era prenúncio de vitórias em breve. Eu não estava enganado, evolui na arte e hoje este fato é apenas passado e aprendizado de vida.

Mais uma vez parabéns pelo artigo e continue nos brindando com a sua excepcional série de textos. Valeu!!!
beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#908539
eu4992 escreveu:Porém, esta situação depois me gerou boas risadas, pois, lembrei da UG com cara de poucos amigos (talvez inveja) levando embora a HB 8,0 e que esta batida na trave era prenúncio de vitórias em breve. Eu não estava enganado, evolui na arte e hoje este fato é apenas passado e aprendizado de vida.

UG "amigas" são "ótimas" pra detonar o jogo. Tem até um video de um cara da RSD falando que em um grupo você tem que ganhar a confiança dela também, porque senão ela te sacaneia depois.

Já tive algumas situações deste tipo. Em uma, eu estava com uma equatoriana, já nos kinos, e uma UG do grupo dela (também equatoriana) ficava puxando ela e tirando atenção. Só que essa tinha a maior pinta de lésbica. Uma hora me estressei e mandei pra UG "olha, eu to vendo o que você está tentando fazer" e ela "É, não gosto de você, ela vai ser minha", algo assim. Foi muito doido.

Na outra, eu estava em um grupo de 7 argentinas, socializando, dançando e tal. Então uma delas (a única gorda e feia, que não pegaria em hipótese nenhuma), veio com um papo de dar um beijo em cada uma. Putz, claro que isso não ia funcionar assim, não tinha conforto suficiente com elas. Dei um beijo no rosto de cada só pra não ficar chato, e continuei interagindo. Então do nada ela veio com um papo de pagar drink pra elas pra ganhar beijo. Saco, baranga FDP fudendo meu jogo. Falei pra ela que eu não pago por beijos e ejetei. Enfim podia ter tentado mais alguma coisa, mas percebi que ia ser difícil pegar alguém com aquela figura ali. Coitadas daquelas meninas, a "amiga" provavelmente estava atrapalhando a noite de todas.
Avatar pua
sahusa

Aprendiz

#909346 Fala eLLY, ótimo posto como sempre, só que você me deixou com uma duvida, spray de pimenta na cara é ou não é um falso não, hahahah (brinks).

Respondendo a tua pergunta:
Meu pior fora foi uma "auto-sabotagem", eu estava no interior, numa festa para comemorar o aniversario de um amigo do meu tio, estava com um primo e uma prima, vi duas gatinhas e fiquei com vontade de chegar em uma e meu primo na outra, ai depois de um tempo pensando (morrendo de medo de chegar nelas), pedi para minha prima perguntar se elas ficariam com a gente, a resposta que minha prima trouxe foi que sim. Sabe qual foi a grande merda que eu e meu primo fez? Olhamos um para cara do outro, falamos - tá tarde né velho? Vamos voltar pra casa. E saímos da festa, que grande atitude de homem tivemos, na época eu tinha uns quinze anos mais ou menos, e meu primo uns treze. Morro de rir com essa historia.